Palmeiras perde a primeira em casa, mas segue líder

O Palmeiras conheceu sua primeira derrota no Allianz Parque neste domingo (24), diante de 39 mil torcedores no campeonato Brasileiro, o placar foi de 1 x 0 para o Atlético- MG, ainda assim, o time alviverde continua na liderança da competição com 32 pontos, dois a mais que o arqui-rival Corinthians com 30 pontos. O Gol do Galo foi marcado na segunda etapa por Leandro Donizete.

O Atlético Mineiro soube marcar e se defender na maior parte do jogo, o técnico Marcelo Oliveira que já conhecia parte do elenco palmeirense mostrou com o time mineiro boa postura e firmeza nas jogadas rápidas do time alviverde, principalmente no segundo tempo; o técnico do Atlético conseguiu no comando do Galo romper a invencibilidade palmeirense em casa na competição.

O comandante palmeirense tenta manter postura tática do time, mesmo com ausências de Gabriel Jesus, Fernando Prass nas Olimpíadas e Moisés que saiu contundido na partida contra o Santos. O Técnico palmeirense não esconde a falta em campo dos ausentes no time.

Cuca registrou a saída de Thiago Santos, o fato motivador para a derrota palmeirense

“Não tivemos criatividade, chute de média distância para fazer o gol, ou um cruzamento de bola rápida… Foi um dia em que a gente estranhou. Senti no jogo muito a perda do Thiago Santos, que estava ambientado com o jogo e um minuto depois que saiu tomamos o gol. Não deu tempo para o Matheus (Sales) entrar e se ambientar com o jogo”, declarou o técnico na coletiva, reconhecendo a dificuldade dos duelos no Brasileirão.

A próxima partida do Palmeiras será contra o Botafogo, no dia 01 de agosto (segunda-feira), às 20h, fora de casa, pela décima sétima rodada do Brasileirão. Antes o Palmeiras faz um jogo-treino na próxima quarta (27) contra a Seleção do Iraque.

Por Arthur Dafs para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Anúncios

Corinthians vence em Minas Gerais e abre 11 pontos de vantagem

Foto: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / facebook.com/corinthians

Foto: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / facebook.com/corinthians

Muitos consideravam que a partida entre Atlético-MG x Corinthians válida pela 33° rodada do Brasileirão de 2015 era uma decisão antecipada, que ali o campeonato poderia tomar outro rumo a não ser o dos paulistas seguirem para o título. Bem, tudo não passou de especulação e jogando de forma única e segura a equipe do técnico Tite mostrou o porque é líder.

A partida começou equilibrada, forte na marcação e com o apoio de sua torcida, o Galo foi para cima, chegou até criar algumas oportunidades, mas nada de forma espetacular, da mesma foram que o Timão que mostrou um frieza incrível no seus sistema defensivo.

O primeiro tempo terminou em 0 x 0, mas o que se viu no segundo tempo foram os visitantes mostrarem um futebol de alta qualidade e abrirem o placar com Malcom, ampliarem com Love e fecharem a conta com Lucca que havia entrado minutos antes no lugar da promessa corinthiana.

Atordoado, o Atlético já não sabia mais o que fazer, a diferença saltou de 8 para 11 pontos e restando 15 para a disputa do campeonato é inevitável afirmar que os paulistas tem uma mão e quatro dedos na taça. Ao Galo resta jogar para manter o vice campeonato, pois o Grêmio venceu no final de semana e se aproxima de forma perigosa dos mineiros.

Confira os resultados da 33° rodada:

São Paulo 3 x 0 Sport

Avaí 1 x 1 Cruzeiro

Ponte Preta 1 x 0 Joinville

Coritiba 1 x 1 Figueirense

Santos 2 x 1 Palmeiras

Chapecoense 0 x 0 Atlético-PR

Grêmio 2 x 0 Flamengo

Atlético-MG 0 x 3 Corinthians

Vasco da Gama 0 x 1 Fluminense

Goiás 2 x 1 Internacional

Classificação

P J V E D GP GC SG %
1 Corinthians 73 33 22 7 4 61 25 36 73
2 Atlético-MG 62 33 19 5 9 56 39 17 62
3 Grêmio 59 33 17 8 8 47 29 18 59
4 Santos 53 33 15 8 10 54 38 16 53
5 São Paulo 53 33 15 8 10 43 35 8 53
6 Internacional 50 33 14 8 11 34 36 -2 50
7 Ponte Preta 50 33 13 11 9 40 35 5 50
8 Sport 49 33 12 13 8 49 35 14 49
9 Palmeiras 48 33 14 6 13 54 42 12 48
10 Cruzeiro 45 33 12 9 12 35 31 4 45
11 Flamengo 44 33 14 2 17 39 46 -7 44
12 Fluminense 43 33 13 4 16 34 42 -8 43
13 Atlético-PR 43 33 12 7 14 34 39 -5 43
14 Chapecoense 40 33 10 10 13 29 36 -7 40
15 Figueirense 36 33 9 9 15 32 46 -14 36
16 Avaí 35 33 9 8 16 32 53 -21 35
17 Goiás 34 33 9 7 17 32 38 -6 34
18 Coritiba 34 33 8 10 15 24 39 -15 34
19 Joinville 30 33 7 9 17 24 39 -15 30
20 Vasco 30 33 7 9 17 22 52 -30 30

A próxima rodada do nacional acontece nos dias 7 e 8 de novembro e dependendo da combinação de resultados o Corinthians pode confirmar matematicamente a conquista do hexa campeonato nacional sobre o Coritiba.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Corinthians segue na ponta isolada do Campeonato Brasileirão

Foto:  Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / corinthians.com.br

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / corinthians.com.br

O Corinthians segue isolado na liderança isolada do Campeonato Brasileiro da Série A. O clube paulista enfrentou o Flamengo no último final de semana na Arena Corinthians e venceu por 1 x 0, gol de Vagner Love. A partida ficou marcada pelo reencontro de Guerrero com a equipe paulista.

Apesar de todo o história do peruano na equipe, a torcida chegou a vaiar o jogador que marcou história na equipe. A partida em si foi equilibrada em seu meio campo, mas com  o Corinthians tomando as atitudes do ataque de forma mais organizada do que os cariocas, que tiveram as oportunidades na partida mas acabaram esbarrando na falta de pontaria.

Com mais esse triunfo o Timão segue com oito pontos de vantagem sobre o Atlético-MG que neste final de semana venceu a Ponte Preta por 2 x 1 em Minas Gerias. Na próxima rodada paulistas e mineiros se enfrentam em Minas Gerias, em uma final antecipada do campeonato.

 

Confira os resultados da 32° rodada:

Fluminense 0 x 1 Atlético-PR

Figueirense 0 x 0 Santos

Internacional 1 x 0 Joinville

Palmeiras 0 x 2 Sport

Corinthians 1 x 0 Flamengo

Coritiba 1 x 2 São Paulo

Vasco da Gama 0 x 0 Grêmio

Chapecoense 0 x 0 Avaí

Goiás 0 x 1 Cruzeiro

Atlético-MG 2 x 1 Ponte Preta

Classificação

P J V E D GP GC SG %
1 Corinthians 70 32 21 7 4 58 25 33 72
2 Atlético-MG 62 32 19 5 8 56 36 20 64
3 Grêmio 56 32 16 8 8 45 29 16 58
4 Santos 50 32 14 8 10 52 37 15 52
5 São Paulo 50 32 14 8 10 40 35 5 52
6 Internacional 50 32 14 8 10 33 34 -1 52
7 Sport 49 32 12 13 7 49 32 17 51
8 Palmeiras 48 32 14 6 12 53 40 13 50
9 Ponte Preta 47 32 12 11 9 39 35 4 48
10 Flamengo 44 32 14 2 16 39 44 -5 45
11 Cruzeiro 44 32 12 8 12 34 30 4 45
12 Atlético-PR 42 32 12 6 14 34 39 -5 43
13 Fluminense 40 32 12 4 16 33 42 -9 41
14 Chapecoense 39 32 10 9 13 29 36 -7 40
15 Figueirense 35 32 9 8 15 31 45 -14 36
16 Avaí 34 32 9 7 16 31 52 -21 35
17 Coritiba 33 32 8 9 15 23 38 -15 34
18 Goiás 31 32 8 7 17 30 37 -7 32
19 Joinville 30 32 7 9 16 24 38 -14 31
20 Vasco 30 32 7 9 16 22 51 -29 31

A 33° rodada acontece no final de semana com todos os olhos voltados para esse duelo entre Atlético-MG x Corinthians.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Galo e Raposa já tem data para enfrentar o Shakhtar Donetsk

Parece que o futebol brasileiro voltou a abrir os olhos. Alguns anos atrás muitos questionavam o porque os clubes nacionais não voltavam a fazer amistosos contra as equipes europeias, agora isso está voltando a se tornar realidade.

Foto: skysports.com

Foto: skysports.com

Após Corinthians e Fluminense praticamente confirmarem que vão pra os Estados Unidos disputar um torneio, foi a vez dos rivais mineiros acertarem as datas para enfrentar o Shakhtar Donetsk da Ucrânia no mês de janeiro e o melhor as partidas serão realizadas no Brasil.

O Atlético Mineiro será o primeiro a enfrentar os ucranianos, a partida acontecerá no dia 21 de janeiro na Arena Independência já o Cruzeiro enfrenta o Shakhtar no dia 25 de janeiro no Mané Garricha em Brasília, uma vez que o gramado do  Mineirão passa por reformas.

O clube ucraniano é um dos clubes se não for o clube mais brasileiro da Europa com 13 atletas em seu elenco, Bernard, Dentinho, Douglas Costa, Alex Teixeira, Taison e Wellington Nem são alguns dos nomes que compõe a equipe europeia que ainda deve enfrentar o Internacional e o Flamengo em sua passagem pelo nosso país.

Esta mais do que passando da hora do futebol brasileiro voltar a fazer excursões e enfrentar as equipes do mundo a fim de voltar a evoluir o futebol do Brasil que ficou para trás nas últimas temporadas.

Siga nossa página no Twitter: https://twitter.com/esportetemplo

por: Matheus Furlan

Atlético-MG vence partida de ida e abre boa vantagem sobre o Cruzeiro

A primeira partida da grande decisão da Copa do Brasil foi disputada nessa quarta-feira. no estádio Independência, e terminou com vitória do Atlético Mineiro pelo placar de 2 x 0. Uma vantagem boa, mas perigosa pelo histórico. O Galo já reverteu esse placar em duas oportunidades neste ano, será que a equipe irá provar do próprio veneno? Brincadeiras à parte, é fato que a vantagem do alvinegro é muito boa, porque obriga o Cruzeiro a vencer por três gols de diferença para levantar a taça (o placar de 2 x 0 leva a decisão para os pênaltis).

 

O resultado foi extremamente justo pelo que foi apresentado em campo. O Galo mostrou determinação e vontade de vencer desde o início e encontrava grande facilidade ao atacar pelo lado direito, porque Samudio, lateral-esquerdo da Raposa, deixou evidente a falta de ritmo de jogo. Com o veloz Marcos Rocha aproveitando os espaços, o Atlético abriu o placar com o talismã Luan, que fez seu quarto com de cabeça no ano e o quinto na Copa do Brasil. A jogada foi muito bem armada, mas o jogador do Galo estava em posição irregular (coisa de centímetros). Sorte dos alvinegros que a arbitragem não viu e deixou a bola rolar.

Quem estava se destacando bastante era Dátolo, que dava grande trabalho a Fábio. O argentino precisou chutar três vezes no gol para a bola entrar. A terceira foi na segunda etapa, quando Marcos Rocha cobrou um lateral, o centroavante Carlos ajeitou e Dátolo bateu, fazendo 2 x 0.

Do outro lado, o trio Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian não jogou bem e prejudicou o desemprenho de Marcelo Moreno, que tentou passar de Victor de jogos os jeitos, mas não conseguiu.

A partida de volta acontecerá apenas daqui duas semanas, no dia 26/11, às 22h, no Mineirão. Mesmo sabendo que a torcida é quase inteira favorável, o Cruzeiro sabe que terá de suar muito dentro de campo para reverter a situação.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Mineiros na final da Copa do Brasil

Estão definidas equipes finalistas da Copa do Brasil 2014. O Cruzeiro se garantiu na grande final da competição nacional após empatar com o Santos jogando na Vila Belmiro pelo placar de 3 x 3 depois de ter vencido a partida de ida por 1 x 0. O placar foi aberto por Robinho logo no inicio da partida, a Raposa não demorou a empatar com Marcelo Moreno aos 8 minutos da primeira etapa. O Peixe voltou a ficar na frente do placar após cobrança de pênalti de Gabriel, Santos 2 x 1.

 

Após o intervalo o santistas voltaram determinados a marcar mais um gol e conseguiram com Rildo aos 13 minutos da segunda etapa, a partir daí o panorama da partida mudou e o Cruzeiro foi para cima do adversário e de tanto tentar diminuiu com Willian aos 35 minutos da segunda etapa, mas a Raposa não parou por ai e aos 50 minutos novamente Willian empatou a partida e selou de vez a classificação mineira para a final.

Galo repete virada 

Foi um replay, na partida de ida o Flamengo venceu  a partida de ida por 2 x 0, como o Corinthians nas quartas de finais, assim como o clube paulista o Flamengo abriu o placar diante do Galo e ampliou a vantagem que já era grande. A partida estava nervosas como já era de se esperar. O Atlético Mineiro não desistiu em nenhum momento e da mesma forma que contra o Corinthians o Galo foi para a virada. Ainda no primeiro tempo Carlos empatou aos 41 minutos.

 

Na segunda etapa o Atlético jogava solto e aos 11 minutos Maicosuel virou o jogo, Galo 2 x 1. A torcida gritando e incentivando e o mineiros chegaram ao 3 x 1 através do argentino Dátolo. O gol incendiou a partida e não demorou muito para que Luan desse números finais a partida, Atlético-MG 4 x 1 Flamengo e vaga garantida na final da competição nacional.

Finais

Na manhã desta quinta feira, 6, a CBF definiu os mandos de campo para as partidas finais da Copa do Brasil 2014. O jogo de ida será realizado do estádio Independência com mando do Atlético-MG no dia 12 de novembro.

A partida de volta acontece no dia 26 de novembro no estádio do Mineirão com mando do Cruzeiro. O que ainda não foi definido é a quantidade de torcida visitante que haverá em cada partida.

O Cruzeiro tenta o seu quinto título da competição nacional e se isolar como o maior vencedor da competição já o Atlético-MG tenta o título inédito, na verdade esta é a primeira vez que o o Galo chega a final da competição. Esta será a segunda vez que dois clubes de um mesmo estado fazem a final, antes dos mineiros o duelo carioca entre Flamengo x Vasco da Gama em 2006 que deu o título aos rubro-negros foi a única final estadual.

Mais do que merecida a final entre os dois clubes de Belo Horizonte, que atualmente vem apresentando o melhor futebol do país.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Galo goleia Corinthians e segue na Copa do Brasil

Justa e merecida, assim pode ser descrita a classificação do Galo para a semifinal da Copa do Brasil.

O Atlético Mineiro conseguiu o que muitos julgavam impossível, mas sinceramente o gol do Corinthians logo no começo do jogo me deu a sensação de que os paulistas cairiam fora da competição, porque foi evidente que o Timão deu a vida no começo para conseguir o gol, aos 4 minutos, com Guerrero. Depois disso, o Timão achou que o jogo estava resolvido e recuou muito, como sempre, ou seja, só tinha um time em campo, o Galo, que fez apenas 4 gols. Digo apenas, porque o Mineirão poderia ter sido palco de outro 7 x 1, mas os mineiros desperdiçaram muitas chances.

O nome do jogo foi o meia Guilherme, que marcou os três primeiros gols, contando o primeiro, em que ele cruzou e a bola não pegou em Luan. O talismã do Atlético saiu comemorando muito e o tento foi dado para ele, mas é fato que nem o cabelo do jogador pegou na redonda. No segundo, Guilherme aproveitou uma bola na estrada da área, bateu e contou com um desvio, que tirou todas as chances de Cássio defender. Já no terceiro, o atleta mostrou toda a sua categoria após pegar um rebote e bater no canto.

 

Para fechar o caixão corintiano, o experiente zagueiro Edcarlos marcou de cabeça, meio sem querer, é verdade, mas a bola entrou, premiando o único time que realmente esteve em campo.

Com esse resultado, o Galo quebrou um grande tabu de jamais ter eliminado o Corinthians de competições mata-mata. Ao todo eram 6 confrontos, todos com vantagem dos paulistas, mas isso acabou e o Galo está na semifinal da Copa do Brasil, fase em que enfrentará o Flamengo, que passou pelo América de Natal.

Do outro lado da tabela o Cruzeiro sofreu, mas passou do ABC e agora espera o adversário da semi, que sairá hoje à noite, após a partida entre Santos e Botafogo, às 21h30, no Pacaembu. O time de Robinho, que está suspenso e não atua hoje, venceu na ida por 3 x 2 e tem a vantagem de qualquer empate, além de dois reveses, 1 x 0 e 2 x 1, por conta do gol fora de casa e, obviamente, de qualquer vitória.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Timão vence Galo na Copa do Brasil

A partida de ida entre Corinthians x Atlético-MG válida pela quartas de final da Copa do Brasil aconteceu na noite desta quarta feira na Arena Corinthians, em São Paulo.

Os visitantes começaram melhor a partida dando trabalho a defesa paulista. Fagner falhou r Tardelli cruzou livre para Guilherme que finalizou muito bem, mas o zagueiro Gil salvou encima da linha do gol corinthiano. O lance de perigo do Galo acordou o Corinthians que começou a utilizar mais o atacante Guerrero que apareceu bem na partida  e aos 24 minutos da etapa inicial, aproveitando cruzamento da direita executado por Renato Augusto, o peruano se antecipou a defesa e de cabeça abriu o placar, Timão 1 x 0.

O jogo ganhou em emoção com o Atlético indo para cima dos donos da casa, mas Petros e Malcom tiveram boas oportunidades de ampliar mas não conseguiram.

 

O segundo tempo começou da mesma forma, com ataques para ambos os lado e aos 34 minutos da segunda etapa o Galo teve mais uma grande chance com Dátolo que acertou a trave de Cássio, mas dois minutos depois O Timão ampliou. Levantamento de Bruno Henrique, Guerrero desviou de cabela e Luciano que entrou no segundo desviou para as redes do Galo, após saída grotesca de Victor na tentativa de cortar o cruzamento.

No minutos finais, o Corinthians se segurou e conquistou um belo resultado para a partida de volta da Copa do Brasil que acontece no dia 15 de outubro em Minas Gerais.

Confira os resultados dos jogos de ida das quartas de final da Copa do Brasil:

Botafogo 2 x 3 Santos

Cruzeiro 1 x 0 ABC-RN

América-RN 0 x 1 Flamengo

Corinthians 2 x 0 Atlético-MG

A paridas de volta do caminho mais curto para a Libertadores da América 2015 acontecem nos dias 15 e 16 de outubro, e vamos ver se as equipe que conquistaram a vantagem nas partidas de ida iram se confirmar na próxima fase da competição nacional.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Timão vence e volta ao G4

Na noite desta quinta feira, o Corinthians recebeu o Atlético-MG na Arena Corinthians e conquistou a vitória por 1 x 0, gol de Petros aos 13 minutos da etapa inicial. O jogo foi bem movimentado em especial na primeira etapa com o Galo criando mais oportunidades do que os donos da casa.

O Atlético-MG teve diversas oportunidades mas o Corinthians também começou a aparecer no jogo até que após jogada pela esquerda, Romero cruzou para a entrada da área e Petros com um chute rasteiro anotou o tento do Timão. O Atlético-MG chegou a reclamar impedimento no lance mas a arbitragem nada marcou. Após o gol acendeu o time mineiro que foi para cima e voltou a criar novas oportunidades mas não conseguiu passar pelo goleiro Cássio.

 

No segundo tempo o jogo ficou mais truncado com o Corinthians esperando os contra ataques para tentar fazer o segundo gol e Atlético com  a posse de bola continuou buscando se infiltrar na defesa paulista, mas não conseguiu e o Timão conquistou mais três pontos na tabela, acumulando 36 pontos e voltando ao G4, na terceira posição atrás do São Paulo com 39 e do líder Cruzeiro que depois de sair perdendo do Bahia, conseguiu a vitória por 2 x 1 e voltou a somar sete pontos de vantagem sobre o segundo colocado. A Raposa soma 46 pontos.

Corinthians 1 x 0 Atlético-MG

Cruzeiro 2 x 1 Bahia

O Atlético-MG perdeu a oportunidade de se aproximar ainda mais do G4 e ficou estacionado com 30 pontos e agora ocupa a oitava colocação, já o Bahia que foi derrotado pelo líder esta em uma situação complicadíssima, atualmente o Tricolor Baiano ocupa a lanterna do nacional com 17 pontos em 20 jogos.

A 21° rodada do Brasileirão começa já neste sábado e as disputas pelo G4 e para fugir do Z4 estão cada vez maiores.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Galo sofre, mas é campeão da Recopa Sul-Americana

O Atlético Mineiro se sagrou campeão da Recopa após uma partida dramática, que terminou com o placar de 4 x 3. Falando assim nem parece tão dramático não é? Mas foi, até porque a partida só terminou após 120 minutos.

Foto crédito: AP/globoesporte.com

Foto crédito: AP/globoesporte.com

O jogo começou com festa, com gol de Diego Tardelli de pênalti, aos 6 minutos, o centésimo dele com a camisa do Galo, entrando para a história do clube.

O Mineirão, lotado com 54.786 pagantes, ainda comemorava, quando, aos 8, Ayala empatou a partida. A Arena ficou calada de vez, quando, aos 25 minutos, Santiago Silva, mais conhecido como “El Tanque”, virou o placar.

Ainda na primeira etapa, aos 37 minutos, Maicosuel fez o favor de acalmar a torcida, fazendo seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Se na primeira etapa a partida foi eletrizante, na segunda ela foi tensa. Isso porque os argentinos massacraram os brasileiros e tiveram ótimas oportunidades, mas paravam em Victor. A única que passou foi aos 48 minutos, com Acosta, que levou a partida para a prorrogação. Seriam mais 30 minutos de sofrimento, mas o amuleto da sorte, Luan, que entrou na segunda etapa do tempo normal, no lugar de Ronaldinho Gaúcho, fez uma jogada pela esquerda e cruzou, a bola caprichosamente desviou em Gómez e parou no fundo da rede. Isso, aos 12 minutos do primeiro tempo.

 

A situação era confortável e tudo realmente virou festa quando, aos 6 da etapa final, Ayala foi desviar para o goleiro Marchesín e acabou encobrindo-o, fazendo um golaço contra, que deu o primeiro título da Recopa ao Atlético Mineiro.

Um título merecido, principalmente pelo que o Galo fez fora de casa, pressionando o adversário, sem medo de ir para cima.

Enquanto as oitavas de final da Copa do Brasil não chegam, o Atlético focará no Campeonato Brasileiro. Domingo, às 16h, a equipe tem um confronto duríssimo, contra o Sport, na Ilha do Retiro.

por: Rodrigo Bitar 

adaptação: Matheus Furlan