SANTOS VENCE O FLUMINENSE E SE APROXIMA DO ATLÉTICO MINEIRO

Com pouco mais de 5 mil pessoas na Vila Belmiro, Santos e Fluminense fizeram um jogo bastante disputado. Com as duas equipes próximas na tabela a partida recebeu um teor de decisão. Copete e Ricardo Oliveira marcaram para o Santos; Wellington Silva descontou para o tricolor carioca.

O bom resultado deixou o Peixe na 4ª posição com 51 pontos, dois a menos do que o Atlético Mineiro, que hoje seria o último clube a garantir vaga direta na fase de grupos da Taça Libertadores, além disso, o resultado faz o Santos abrir oito pontos em relação ao Grêmio, primeiro time fora do grupo dos seis que vão disputar a competição continental.

O técnico Dorival Júnior ainda não garante o Santos na disputa da Libertadores em 2017. “Acho que não (estamos mais perto da Libertadores). É muito cedo para falar. Teremos nove rodadas ainda. Muita coisa vai acontecer e não podemos dar bobeira. No Brasileiro, não se pode dar bobeira”.

O treinador ainda elogiou a postura do time diante do Fluminense. “Acho que fomos uma equipe corajosa, que buscou o gol a todo instante, mesmo sabendo que tínhamos um contra-ataque deles muito forte. O contra-ataque do Fluminense é mortal e ofensivo. São duas equipes que se conheciam, se respeitaram, mas que foram agressivas na busca pelo gol. O jogo ficou muito franco em determinado momento, poderia ter acontecido tanto de um lado quanto do outro”. Disse o comandante santista em entrevista coletiva.

Agora, o Peixe enfrenta o Benfica no próximo sábado, em um amistoso realizado para comemorar os 100 anos da Vila Belmiro. No Brasileirão, o Santos volta a atuar na próxima quinta feira (13) quando enfrenta o São Paulo no Pacaembu.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS DERROTA O INTERNACIONAL E LEVA VANTAGEM PARA O SUL

Pouco mais de 6 mil torcedores foram até a Vila Belmiro e presenciaram a vitória do Peixe por 2 a 1 sobre o Internacional, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. Copete e Rodrigão marcaram para o Santos, Seijas descontou para o Inter, no dia 19/10 acontece o jogo da volta no Beira Rio. O resultado deixa a disputa em aberto; o Santos joga por um empate e o Internacional precisa de uma vitória simples para se classificar para a semifinal da Copa do Brasil.

O técnico Dorival Júnior falou da importância do resultado na Copa do Brasil. “É um jogo de mata-mata em que as melhores equipes da Copa do Brasil estão na briga. Saímos daqui com uma vitória. Se poderia ser com uma vantagem maior, pouco importa. Ganhamos de um grande time, fizemos um belo resultado. Podem ter certeza”.

O treinador santista ainda comentou sobre o baixo público presente nas arquibancadas da Vila Belmiro. “Poderíamos ter tido um público bem melhor. Um público que tomasse a Vila e fizesse uma pressão maior do que nós vimos”. Disse o comandante santista em entrevista coletiva.

Agora o Peixe volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro, onde a equipe está na 4ª posição com 45 pontos conquistados. Neste fim de semana, o Santos recebe o Atlético Paranaense. Vale lembrar, que o Furação está a apenas três pontos do Santos e briga com Fluminense e Corinthians para entrar no G4 da competição. Para esta partida, o treinador Dorival Júnior tem uma boa dor de cabeça para montar a equipe. Com a lesão de Vitor Bueno, na derrota para o Sport no último final de semana, o técnico deu oportunidade para o argentino Vecchio jogar diante do Internacional pela Copa do Brasil. Mesmo improvisado, o atacante fez um bom jogo e recebeu elogios do treinador. Porém, para o jogo de sábado o meia Jean Mota volta a ser uma opção, já que na copa nacional o atleta não pôde atuar por já ter atuado pela equipe do Fortaleza. Os dois aparecem como favoritos à vaga de Vitor Bueno. A partida acontece sábado às 16h00 na Vila Belmiro.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS VACILA E PERDE NA ILHA DO RETIRO

Em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe foi até a Ilha do Retiro, encarar o Sport e acabou saindo derrotado por 1 a 0. A partida foi bastante aberta e ambas as equipes tiveram chances para marcar. O atacante Rogério aos 10 minutos da primeira etapa fez o gol que garantiu os três pontos ao Sport e acabou com a série de três vitórias seguidas do Peixe.

O resultado ruim, deixa o Santos na 4ª colocação com 45 pontos. Agora, porém, a diferença para o Fluminense, 5º colocado, caiu para apenas dois pontos.

O técnico Dorival Júnior elogiou a postura da equipe santista. “Tivemos um jogo desgastante e hoje, mesmo com todas as dificuldades, tentamos o gol a todo custo. A equipe não se omitiu”.

O comandante do Peixe ainda falou da maratona de jogos no ano. “Jogar numa quarta e estar em campo novamente em dois dias e meio, fica impossível alcançar um rendimento de alto nível”.

O treinador preferiu não comentar as atuações da arbitragem com medo de uma punição vinda do STJD. Vale lembrar que Dorival foi suspenso por conta de reclamações ao árbitro Rodrigo Batista Raposo na partida entre Internacional x Santos. “Não, não quero falar de arbitragem. Está terrível, você fala uma coisa e é penalizado. Vamos continuar vendo isso, erros e acertos. Muitos erros decisivos, que influenciam resultados. Mas prefiro ficar por aí.” Disse o treinador santista em entrevista coletiva.

O meio campista Lucas Lima também falou sobre o rendimento da equipe contra o Sport. “Tivemos muitas chances, entramos abaixo do normal. Lutamos, mesmo com a expulsão, continuamos tentando. Estamos no G-4, temos muito a conquistar ainda”. Falou o atleta na saída do gramado.

Agora o Peixe volta suas atenções para a partida deste meio de semana pelas quartas de final da Copa do Brasil, onde o Santos enfrentará o Internacional. Para o jogo o técnico Dorival Júnior pode ter dois desfalques, Vítor Bueno que saiu machucado no duelo diante do Sport e o zagueiro Gustavo Henrique que sofreu uma entorse no joelho. Vecchio e David Braz devem ser os substitutos imediatos. A partida acontece nesta quarta feira (28) as 19h30 na Vila Belmiro.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS EMPATA COM O VASCO E GARANTE VAGA NAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL

Mesmo jogando em São Januário e com o apoio da torcida, o Vasco não conseguiu manter um bom ritmo na partida e acabou ficando apenas no empate contra o Santos. Bom para o Peixe, que com o resultado de 2 a 2 garantiu a classificação para a próxima fase da Copa Do Brasil. Copete e Rodrigo (contra) fizeram os gols do Peixe, já pelo lado do clube Cruzmaltino Nenê e Éderson marcaram.

O sorteio para sabermos os confrontos das quartas de final da competição acontece nesta sexta feira as 9h00 da manhã. Corinthians e Palmeiras são por enquanto os outros paulistas já classificados. O São Paulo enfrenta o Juventude nesta quinta feira buscando a classificação.

Lucas Lima falou sobre a reclamação dos jogadores vascaínos.“Não sei do que estão reclamando. Em alguns lances, foram muito maldosos, mas quem decide isso é a arbitragem. Desde o começo do jogo ele (árbitro) deixou o jogo seguir. Não têm do que reclamar. Sofremos por culpa do nosso time mesmo. Tínhamos de ter matado a partida antes. Agora é descansar”. Disse o meio campista do Santos na saída do gramado.

Dorival Júnior elogiou a postura da equipe diante do Vasco. “Tivemos equilíbrio, troca de passes. Criamos com a bola no chão. Fomos infelizes em alguns momentos em que poderíamos ter aproveitado melhor, tanto na puxada do contra-ataque como para colocar o companheiro na cara do gol”. Disse o treinador em entrevista coletiva.

Agora o Santos volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro. Na 4º posição o Peixe pode até chegar ao terceiro lugar na próxima rodada. Para o jogo de sábado contra o Sport fora de casa, o Santos pode ficar sem duas peças importantes, o zagueiro Gustavo Henrique e o técnico Dorival Júnior foram suspensos pelo STJD por duas partidas por reclamações ao árbitro da partida entre Internacional x Santos. O Peixe ainda pode recorrer da decisão. Sport e Santos se enfrentam as 18h30 na Ilha do Retiro.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS DERROTA O SANTA CRUZ E VOLTA A SONHAR COM O TÍTULO

Em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos recebeu o Santa Cruz no Pacaembu e venceu por 3 a 2. Com o apoio da torcida, o Peixe começou com tudo e abriu o placar logo aos cinco minutos com Copete. Depois do gol marcado a partida ficou sem grandes emoções, a chance mais perigosa foi de Danny Morais em bola parada já próximo ao final da primeira etapa.

Por conta da forte chuva houve uma queda de energia no estádio do Pacaembu antes do início da segunda etapa.

Diferente da primeira parte do jogo, os times voltaram em outro ritmo e a partida ficou bastante animada. Keno empatou para o Santa Cruz, após o gol a energia voltou a cair. Mesmo com a parada forçada, as equipes continuaram a fazer um jogo de muita movimentação. Jean Mota fez o segundo para o Santos, aos 41 minutos o atacante Keno empatou a partida, mas não teve muito tempo para comemorar, um minuto depois Vitor Bueno acertou belo chute, decretando a vitória santista por 3 a 2.

A vitória deixou o Peixe com 45 pontos na 4ª posição a apenas seis pontos de diferença para o líder Palmeiras. Agora o Peixe tem quatro pontos à frente do Corinthians que está na 5º colocação.

Dorival Júnior elogiou a equipe que conseguiu vitória importante no Brasileirão. “A equipe não perdeu a vontade de ganhar. Isso foi importante. Foi um dia em que as coisas não aconteciam de maneira natural, porém não desistimos de maneira nenhuma. Fomos atrás do resultado a todo o momento, enfrentando um adversário que jogou uma grande partida. Uma equipe muito bem posicionada, trabalhada. O Santos fez um grande resultado, em uma noite em que as coisas não aconteceram como gostaríamos.” Disse o treinador em entrevista coletiva.

O técnico santista falou sobre a expectativa do Peixe no campeonato. “Temos consciência do que podemos fazer no campeonato. Tivemos uma oscilação, estamos buscando uma recuperação. A equipe tem mostrado a todo o momento o poder de conseguir se recuperar na competição. Prefiro que caminhemos como estamos, sem muito alarde, porém uma equipe que pode se tornar perigosa em um momento importante do campeonato.” Comentou o comandante do Santos.

Dorival falou também sobre o jogo da Copa do Brasil contra o Vasco nesta quarta feira. “Não podemos abrir mão e em nenhum momento abriremos. Tem uma importância muito grande para nós. Teremos um compromisso dificílimo, o Vasco jogou sexta-feira, descansou 48 horas já. Nós fizemos hoje uma partida complicada, que exigiu o máximo da nossa equipe. Com certeza teremos muitos problemas na quarta, espero que estejamos prontos para um grande momento.”

O Peixe enfrenta o Vasco em São Januário, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro jogo o Santos venceu o time carioca por 3 a 1. Agora pode perder até por 1 a 0, ainda assim se classifica para as quartas de final da competição. A partida acontece nesta quarta feira as 21h45 no Rio de Janeiro.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS VENCE O BOTAFOGO E ENTRA NO G4 DO BRASILEIRÃO

Em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, Botafogo e Santos se enfrentaram em um jogo onde os dois times tinham objetivos parecidos. O Botafogo que vinha de três vitórias seguidas buscava se aproximar do G4 do brasileirão, o Peixe embalado pela vitória de virada no clássico de domingo, precisava vencer para entrar no grupo dos quatro primeiros colocados.

No começo da partida Zeca fez o gol que garantiu os três pontos para o Santos. O Botafogo embalado pelos seus torcedores tentou empatar a partida, mas não conseguiu. O resultado deixa o Santos na 3ª posição no campeonato com 42 pontos.

O lateral Victor Ferraz falou sobre o espírito dos jogadores santistas na vitória diante do Botafogo. “Só tenho que glorificar Jesus pela boa vitória. Teríamos que ser um time de guerreiros para ganhar aqui. O campo não estava bom. Às vezes vamos sofrer pressão, mas é assim. O Zeca mereceu o gol, é um guerreiro.” Disse o jogador do alvinegro da Vila Belmiro.

Dorival Júnior comentou o desempenho da equipe santista. “Tem momentos que tem que valorizar, mesmo fugindo às características da equipe. São jogos com outra conotação. Essa partida de hoje foi brigada. Botafogo é vibrante, agressivo, assim foi o Santos também. Soubemos nos defender. Aprendemos a sofrer. Grande resultado. Tenho que reconhecer mais do que criticar.” Falou o técnico santista.

Agora o Peixe se concentra para receber o Santa Cruz domingo as 18h30 no Estádio do Pacaembu. Neste Campeonato Brasileiro o Peixe já atuou no local da partida do próximo domingo, na oportunidade o Santos derrotou o Botafogo por 3 a 0.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS VENCE CLÁSSICO DE VIRADA E ENCOSTA NO G4

Em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe sofreu, mas conseguiu bater o rival Corinthians na Vila Belmiro fazendo com que a diferença entre os dois seja agora de apenas um ponto. Sem poder utilizar três jogadores que jogaram na partida contra o Internacional no meio de semana, o técnico Dorival Júnior mandou a campo Daniel Guedes, Jean Mota e Rodrigão nas vagas de Victor Ferraz, Lucas Lima e Ricardo Oliveira.

Após a vitória o treinador Dorival Júnior comentou sobre o resultado no clássico, ainda sem esquecer a arbitragem polêmica da partida contra o Internacional. “Vitória é importante em todos os sentidos. É um clássico histórico e dos mais disputados. Brigamos por posição direta com o Corinthians. Uma derrota nos distanciaria depois do resultado de quarta-feira, que não considero uma derrota. Foi uma situação que tem que ficar viva na nossa memória. A arbitragem nos tirou possibilidade de estar melhor na competição. Precisávamos de recuperação e o time se entregou de corpo e alma.” Disse o comandante santista em entrevista coletiva.

Renato também falou sobre a paciência da equipe durante a partida. “Aqui é um grupo e todos vão ter oportunidades. Todos treinam e aproveitam as chances. É vitória do grupo, que perdeu três jogadores fundamentais (Victor Ferraz, Ricardo Oliveira e Lucas Lima, suspensos). Sofremos o gol e mantivemos a tranquilidade. Tivemos paciência e não fomos de uma vez porque poderíamos tomar o segundo. Essa foi a tônica do jogo. Fomos eficientes e fizemos o que sabemos. Comentou o autor do gol da vitória santista sobre o Corinthians por 2 a 1.

A Partida

Com a mesma disposição tática dos últimos jogos a primeira etapa não foi nada boa para os mandantes. Sem Lucas Lima, o meio campo santista não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol. O primeiro tempo foi todo do Corinthians, primeiro Fagner arriscou chute e a bola passou perto da trave de Vanderlei, depois Rodriguinho teve ótima chance, mas desperdiçou. Aos 36 minutos Marlone tabelou com Rodriguinho e abriu o placar para os Alvinegros do Pq. São Jorge, 1 a 0. Depois do gol Rodriguinho e Marlone tiveram mais duas chances de gol , mas Vanderlei salvou o Santos.

Na segunda etapa tudo mudou, com a saída de Thiago Maia para a entrada de Vecchio o Peixe encurralou o Corinthians. Em confusão dentro da área Vilson empurrou Luis Felipe e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Vitor Bueno bateu e em empatou a partida. Percebendo o bom momento do time no jogo, o técnico santista promoveu mais duas mudanças, Daniel Guedes e Vitor Bueno deram lugar a Caju e Walterson. Aos 40 minutos do segundo tempo o volante Renato subiu mais alto que a defesa corintiana e tocou de cabeça para virar o jogo, 2 a 1. O Timão ainda tentou reagir, mas já era tarde.

O resultado ajudou muito o Santos na briga pelo G4. O time que vinha de três derrotas seguidas agora está na 5º posição com 39 pontos, o Corinthians 4º colocado tem 40 pontos ganhos.

Na próxima quarta-feira (14) o Santos vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo. O clube carioca vem de três vitórias consecutivas e já figura na parte de cima da tabela. O Santos briga para entrar no G4 do Brasileirão. A equipe santista deve ter o retorno de Victor Ferraz, Lucas Lima e Ricardo Oliveira, mas não vai poder contar com o atacante colombiano Copete que tomou o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians. No confronto entre as duas equipes no primeiro turno o Santos venceu o Fogão por 3 a 0 no estádio do Pacaembu. A partida acontece as 19h30 no estádio Luso-Brasileiro.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS PERDE EM CASA PARA O FIGUEIRENSE NO ADEUS DE GABRIEL

gabriel santos

Foto; Reprodução/Facebook Santos Futebol Clube – oficial

Em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe teve a chance de voltar ao G4, mas vacilou e acabou derrotado pelo Figueirense por 1 a 0.

Mesmo com muita festa para Gabriel, o técnico Dorival Júnior deixou o atacante no banco de reservas e mandou a campo Copete para fazer dupla de ataque com Ricardo Oliveira.

Na primeira etapa o Santos comandou o ritmo do jogo, com mais de 65% de posse de bola durante todo o tempo, o Peixe acabou tendo dificuldades para ultrapassar a forte retranca montada pelo técnico Tuca Guimarães. Ricardo Oliveira teve a melhor chance santista e acertou a trave.

Precisando de mais poderio ofensivo Dorival colocou Gabriel na vaga de Copete, mas quem balançou as redes foi o Figueirense. No primeiro minuto da segunda etapa Jefferson invadiu a área santista e foi derrubado por Thiago Maia, o árbitro da partida Bruno de Araújo marcou pênalti. Na cobrança, Rafael Moura bateu e abriu o placar da partida. Após o gol o Santos foi com tudo para cima do Figueirense, Dorival fez mais duas alterações; tirou o zagueiro David Braz e colocou o meia Jean Mota e substituiu o meio campista Vitor Bueno para a entrada do atacante Vecchio. Com todas as mudanças o Peixe criou alguns lances de perigo, mas o goleiro Gatito Fernández fez grandes defesas e segurou o placar de 1 a 0 para os visitantes.

Para o Peixe era a chance de entrar no G4 e chegar mais próximo da liderança, com o resultado o Santos termina a rodada na 5º colocação com 36 pontos.

Fazendo sua despedida do Peixe, Gabriel agradeceu o apoio do agora ex-time. “O Santos me tirou de São Bernardo, onde tinha pouca condição, e me deu tudo. Agora, é meu momento de retribuir. Ir agora foi uma decisão totalmente minha. Agora, é uma nova etapa. Vou para um clube muito grande. Gostei da conversa deles, do treinador, dos jogadores. Vou para ajudar o Inter. Aprendi muita coisa aqui no Santos, não só como jogador, mas como pessoa. Aqui é minha casa. São 10 anos aqui”. Disse o atleta formado nas categorias de base do Peixe.

Perguntado sobre o peso de jogar pela Inter de Milão-ITA, o atacante se mostrou bastante confiante. “Gosto de pressão, de desafio. E esse é mais um. O Campeonato Italiano é muito forte. Tem varias equipes boas. Estou muito preparado para ir para a Europa. Vou com minha família e meus amigos. Tem grandes brasileiros também na Itália. É um desafio novo que estou muito ansioso”. Destacou o atacante em sua última coletiva com a camisa santista.

Agora o Peixe só volta a jogar no dia 08 de Setembro, quando enfrenta o Internacional no Beira Rio em Porto Alegre. O Inter está a 14 jogos sem vencer, já o Santos vem de duas derrotas; Coritiba e Figueirense. No histórico de confrontos existe um equilíbrio, em 59 partidas pelo Campeonato Brasileiro o Santos tem 23 triunfos, contra 21 vitórias do Internacional e 15 empates. No primeiro turno o Inter derrotou o Santos dentro da Vila Belmiro por 1 a 0 gol marcado por Aylon.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

NO COUTO PEREIRA, SANTOS VACILA E PERDE PARA O CORITIBA

026

Foto: Site Oficial – Coritiba Foot Ball Club

O Santos foi a Curitiba, e no estádio Couto Pereira, enfrentou o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro. O Peixe não foi páreo para a equipe da casa, e acabou derrotada por 2 a 1.

A partida iniciou muito equilibrada, ambos os times criaram muitas chances de gol, mas acabavam errando o último passe. Pelo lado do Coxa, os lances mais perigosos foram protagonizados pelo atacante Kleber. No Santos, as jogadas de ataque foram lideradas por Lucas Lima, que voltou de lesão, também por Ricardo Oliveira, mas ambos foram parados pelo goleiro Wilson.

Na segunda etapa, o jogo ficou mais corrido e o Santos foi ao ataque com Vitor Bueno. O meio campista chutou, a bola desviou em Juninho, quase surpreendendo Wilson. O lance animou os jogadores do Santos, que chegou ao gol com Ricardo Oliveira, aproveitando recuo mal sucedido do volante João Paulo. Depois do gol, o Santos continuou pressionando, mas o Coritiba respondia à altura, deixando a a partida equilibrada. Por conta disso, o Coxa empatou aos 27 minutos, em jogada de Kleber aproveitando rebote do goleiro Vanderlei. Depois do empate, o Coritiba se animou, atuando no campo de ataque, criando mais oportunidades.

Em um dos ataques, Evandro recebeu de Iago e acertou a trave de Vanderlei. No fim da partida, em outra jogada perigosa, Iago acertou um lindo chute decretando a virada do Coxa no Couto Pereira. O Santos ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas a partida acabou com resultado positivo para o time da casa.

A derrota deixou o Santos mais distante da liderança do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro praiano está na 4° posição, com 36 pontos, mas essa classificação ainda pode mudar, já que o Corinthians receberá o Vitória em Itaquera nesta segunda feira; e em caso de triunfo, o alvinegro pode pular para a 3° posição, tirando a 4 posição do Santos.

O técnico Dorival Júnior comentou sobre o desempenho da equipe na derrota fora de casa. “Não pode acontecer o que aconteceu ao longo da partida. Tínhamos o jogo bem administrado, trabalhando a bola depois do primeiro gol, criando oportunidades, mas passamos a ter dificuldades. O Coritiba começou a pressionar, entrando no nosso campo, tirando saída de bola, e complicando a transição. A partir desse momento, eles prevaleceram e tiveram méritos. Os últimos minutos foram decisivos na definição do resultado”; disse Dorival Júnior após a partida.

Na próxima rodada, o Santos enfrentará o Figueirense. Nesta partida, o técnico Dorival Júnior contará com a volta dos três jogadores que foram campeões olímpicos pelo Brasil. Zeca, Thiago Maia e Gabriel voltam ao time. Além disso, a expectativa é que Thiago Maia seja escalado como titular, já que nas últimas três partidas da seleção olímpica, o volante começou no banco de reservas, enquanto Gabriel e Zeca foram titulares do técnico Rogério Micale. A partida contra o Figueirense será disputada na Vila Belmiro, no próximo domingo às 11hs.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Em BH, Santos perde o jogo e a liderança do Brasileiro

foto oficial

Foto: Site Oficial América-MG

O Santos foi a Belo Horizonte, e jogando fora de casa contra o lanterna da competição, América Mineiro, não conseguiu ter um bom desempenho e acabou derrotado pelo placar de 1 a 0.

Nesta partida, o técnico Dorival Júnior contou com a volta de Lucas Lima ao meio de campo santista. O treinador ainda tinha a esperança de contar com Ricardo Oliveira, mas o jogador sentiu uma indisposição minutos antes do confronto contra o Coelho, e não foi relacionado. Rodrigão entrou em seu lugar.

O jogo foi disputado sob um calor fortíssimo, com uma temperatura próxima aos 30°C. As duas equipes fizeram um primeiro tempo sem muita inspiração, com poucas chances de gol. Na melhor oportunidade da primeira etapa, Rodrigão finalizou, mas o goleiro do América, João Ricardo, fez a defesa.

Na segunda etapa, o jogo foi mais movimentado. Os times criaram boas chances, mas não conseguiram balançar as redes. Aos 32 minutos, aconteceu o lance que, para muitos, foi determinante para o resultado final. O atacante do América, Victor Rangel, recebeu passe e partiu em direção ao gol santista, ainda fora da área, foi derrubado por Vanderlei, e tocou a mão na bola. O árbitro da partida, Pablo dos Santos Alves, com ajuda do árbitro assistente, Luís Filipe Gonçalves Correa, assinalou a infração, porém foi até o árbitro assistente para determinar a penalização ao goleiro Vanderlei, que acabou expulso do jogo.

Com isso, Dorival Júnior tirou Vitor Bueno para a entrada do goleiro Vladimir. Daí para frente apenas o América atacou. O time mineiro criou alguns lances de perigo, chegando ao gol da vitória aos 45 minutos após assistência de Victor Rangel, Juninho balançou as redes marcando 1 a 0 para o América Mineiro.

O resultado tirou a chance de título santista no primeiro turno do Brasileirão. Além disso, o Santos pode ficar fora do G4, já que Corinthians e Atlético Mineiro ainda vão realizar suas partidas nesta segunda feira. O Grêmio, que também poderia ultrapassar o Santos, teve sua partida contra o Botafogo remarcada para o dia 4 de Setembro. O Santos é o 3° colocado, com 33 pontos ganhos.

O técnico Dorival Júnior reclamou bastante da expulsão do goleiro Vanderlei. “A expulsão do Vanderlei mudou completamente o panorama do jogo. A partir dali, o América-MG ganhou campo, ganharam duas oportunidades e em uma delas, foi feliz. Nós tivermos quatro oportunidades, mas não fomos felizes”; disse o treinador santista

Dorival ainda falou sobre o desempenho do Santos na partida. “Entramos para vencer, é muito difícil jogar nas condições que foram apresentadas na partida. Foram 90 minutos com um sol que há muito tempo não víamos. Isso exigiu muito das duas equipes, o jogo ficou moroso e poucas oportunidades foram criadas. O América-MG foi feliz quando ficou com um jogador a mais, e fez o resultado. Procuramos o jogo a todo instante, não foi dentro do padrão que vínhamos tendo, mas isso acontece”; explicou o técnico do Santos.

Na próxima rodada, o Santos receberá o Atlético Mineiro na Vila Belmiro. O jogo é de suma importância para ambos os times, já que os dois brigam na parte de cima da tabela. O Santos não vai poder contar com dois titulares, além de Vanderlei suspenso por expulsão, o meio campista Lucas Lima tomou o terceiro cartão amarelo, e também vai desfalcar a equipe santista.

Com isso, o Santos deverá jogar sem seis titulares absolutos; Zeca, Thiago Maia e Gabriel, que servem à Seleção Olímpica. Vanderlei e Lucas Lima suspensos; além de Ricardo Oliveira que ainda é dúvida. No histórico de confrontos entre os dois times, o Galo leva vantagem. São 25 vitórias contra 19 triunfos do Santos e 17 empates. No primeiro turno, o Atlético bateu o Santos por 1 a 0. A partida acontecerá no próximo domingo, às 16:00, no Estádio Urbano Caldeira.

Por Daneil Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)