LEWIS HAMILTON É POLE EM MONZA E SE IGUALA A SENNA E FANGIO

hamilo f1

Foto: Reprodução/Facebook Mercedes AMG Petronas – oficial

Final de semana do GP de Monza  na F1, 14° etapa da temporada. A formação do grid de largada aconteceu na manhã deste sábado, (3). A Mercedes que começou dominando o final de semana  e a dupla Hamilton e Rosberg mostrou logo de cara a que veio.

Antes mesmo do treino terminar o Q1, Ocon da MRT/Manor já ficou de fora com problemas no carro. Além do jovem francês, que partirá de último, Magnussen em 21°, Palmer em 20°, Ericsson em 19°, Nasr em 18° e Kvyat em 17° , foram os eliminados na primeira parte do treino em Monza.

Na disputa do Q2, mais uma vez a dupla Hamilton/Rosberg assumiram as primeiras colocações, com o inglês a frente. Logo atrás, os carros da Ferrari, RBR e Williams. Na segunda rodada de voltas rápidas, o brasileiro Felipe Massa marcando uma volta ruim, 1m22s967, e acabou na 11° colocação com apenas 0.016 de desvantagem para Pérez, da Force Índia.

Além do brasileiro da Williams em 11°, Grosjean em 12° (mais com uma penalização), Alonso em 13°, Werhlein em 14°, Button em 15° e Sainz em 16° acabaram eliminados na segunda parte do treino.

O Q3, mais uma vez sem surpresas, Lewis Hamilton #44, da Mercedes anotou o tempo de 1m21s135 e marcou a sua 56° pole position da carreira, atingindo a marca de Ayrton Senna e Juan Manuel Fangio. Nico Rosberg parte de segundo e Sebastian Vettel em terceiro.  O top-10 é completo por Raikkonen, Bottas, Ricciardo, Verstappen, Pérez, Hulkenberg e Gutiérrez.

A largada para a disputa das 53 voltas do GP da Itália acontece às 9 horas da manhã, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

 

Anúncios

Dupla pole brasileira no WEC

wec audi 8

Foto: Reprodução / Facebook FIA WEC – oficial

Neste final de semana acontece a etapa do México do WEC, o Mundial de Endurance. Na categoria LMP1, o trio composto por Lucas Di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis com o Audi #8 anotou o tempo de 1m25s069 e superou o trio da Porsche #2, Neel Jani, Romain Dumas e Marc Lieb, por apenas 0.042, (1m25s111). Na terceira posição ficou o outro carro da Audi com o tempo de 1m25s350. Essa foi a primeira pole position do brasileiro Di Grassi no WEC, categoria a qual ele disputa desde 2012.

Mas não foi apenas na LMP1 que tem brasileiro na pole. Na disputa da LMP2, o trio Bruno Senna, Ricardo González e Filipe Albuquerque marcou o tempo de 1m35s485 a bordo do Ligier Nissan JS P2 #43. Em segundo lugar ficou o trio Gustavo Menezes Nicolas Lapierre e Stéphane Richelmi com o Alpine Nissan A460 #36 com o tempo de 1m35s819.

Existem mais dois pilotos brasileiros na LMP2, Bruno Junqueira que parte em sexto lugar e Pipo Derani que parte é 10° lugar na categoria.

A largada para a disputa das 6 Horas do México acontece na tarde deste sábado, (3), às 15:30 da tarde, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

ROSBERG É O POLE NO GP DA BÉLGICA

Nico Rosberg_DR

Foto: Getty Images

O treino classificatório para o GP da Bélgica, realizado na manhã deste sábado, ocorreu sem nenhum problema. Com o tempo firme e a temperatura muito alta no circuito de Spa-Francorchamps, a pole position foi decidida nos segundos finais. Mas, como não poderia deixar de ser, a Mercedes teve o carro mais rápido da qualificação. Pela 28ª vez na carreira, Nico Rosberg larga na primeira posição. A melhor volta do alemão aconteceu em 1min46s744. Esta foi a sexta pole de Rosberg nesta temporada, e sua 28º na categoria máxima do automobilismo mundial.

Em segundo ficou Max Verstappen. Guiando em casa, o piloto até que tentou, mas não conseguiu bater o tempo do rival da Mercedes. Em terceiro larga Kimi Raikkonen, que entrou na pista apenas uma vez no Q1 e conseguiu um bom tempo.

A novidade da corrida do domingo será a posição de largada de Lewis Hamilton e Fernando Alonso. Pelo fato dos dois campeões do mundo terem trocado de motor, eles foram punidos com a perda de 30 e 35 posições e largam em último. A dupla até entrou na pista durante o Q1, mas Hamilton completou sua volta apenas para não largar dos boxes. Já Alonso teve problemas na McLaren e não conseguiu completar sua volta mais rápida. A outra punição foi para Esteban Gutierrez. O piloto da Haas, que completou o 13º tempo deste sábado, larga em 18º, já que foi punido com a perda de cinco posições por conta de uma manobra arriscada durante os treinos livres.

Outro ponto positivo da sessão deste sábado foi o ritmo imposto pela Force India. A equipe andou rápido durante todo o treino classificatório. Ficou na frente dos carros da Red Bull e da Ferrari durante o Q1 e o Q2. Porém, na hora do ”vamos ver”, a equipe indiana foi bem, mas não como nas duas primeiras partes, ficando atrás das duas rivais.

O outro ponto positivo foi o ritmo da Williams ao longo do treino. Como não havia andado rápido durante os treinos livres, a expectativa era a de que a equipe não fosse bem no qualificatório. Porém, logo no Q1, Felipe Massa foi o piloto mais rápido e continuou andando bem ao longo do treino. Porém, por conta de uma falha cometida no Q3, o brasileiro conseguiu apenas o 10º melhor tempo.

O treino deste sábado foi muito bom para Nico Rosberg. Além de largar da pole position pela 28ª vez na carreira, o vice-líder do campeonato verá Lewis Hamilton, .seu principal concorrente ao título, que largará da última posição, por possuir uma punição que lhe custou nada menos que 55 posições.

O Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 acontece neste domingo (28), a partir das 9h, pelo horário de Brasília.

Confira o grid completo:

  1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 1m 46.744s
  2. Max Verstappen HOL Red Bull-TAG 1m 46.893s
  3. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 46.910s
  4. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 47.108s
  5. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG 1m 47.216s
  6. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 1m 47.4072
  7. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 47.543s
  8. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 47.612s
  9.  Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 48.114s
  10. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 48.263s
  11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 48.316s
  12. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 48.485s
  13. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 48.598s*
  14. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 48.888s
  15. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 49.038s
  16. Pascal Wehrlein ALE Manor-Mercedes 1m 49.320s
  17. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 48.949s
  18. Esteban Ocon FRA Manor-Mercedes 1m 49.050s
  19. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari 1m 49.058s
  20. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 49.071s*
  21. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 1m 50.033s*
  22. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda Sem tempo*

*punidos

Por Luiz Morelo para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

David Muffato é pole em Interlagos

muffato

Foto: Matheus Furlan /Templo dos Esportes/Jogo em Pauta

Na tarde deste sábado (30), foi realizada a formação do grid de largada para a etapa de São Paulo da Fórmula Truck. Em Interlagos, os caminhões mais rápidos do mundo mostraram do que são capazes e a pole position ficou com o MAN #35 de David Muffato que anotou o tempo de 2min03s272, essa foi a segunda pole do piloto na categoria.

A segunda colocação é de Wellington Cirino com o Mercedes #60 com o tempo de 2min03s293 e o terceiro posto foi marcado por Felipe Giaffone com o Volkswagen #4 com tempo de 2min03s334.

Confira o grid de largada para a Fórmula Truck em São Paulo:

1) David Muffato (MAN TGX), 2min03s272
2) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 2min03s293
3) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 2min03s334
4) Djalma Fogaça (DF Racing Fans), 2min03s365
5) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), 2min03s702
6) Leandro Totti (Clay Truck Racing), 2min03s838
7) André Marques (RM Competições-MAN), 2min03s869
8) Régis Boessio (Boessio Competições), 2min04s013
9) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), 2min04s834
10) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), 2min05s203
11) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), 2min05s890
12) Joel Mendes Júnior (Fábio Fogaça Motorsports), 2min05s999
13) Valmir Hisgué Benavides (DF Racing Fans), 2min06s198
14) Alex Fabiano (ABF Azulim Indy Truck Racing), 2min06s301
15) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), 2min07s309
16) Rogério Castro (ABF Racing Team), 2min07s479
17) Ronaldo Kastropil ( ABF Motorsport), 2min07s965
18) Pedro Muffato (Muffatão Racing), 2min09s753
19) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), 2min30s978
20) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), sem tempo
21) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), sem tempo

Beto Monteiro e Luiz Lopes que se classificaram 15° e 1° respectivamente tiveram seus tempos excluídos pois os caminhões da Iveco (que ambos  guiam), apresentaram fumaça demais segundo os comissários de prova.

A largada para a disputa da sexta etapa da temporada está marcada para às 14 horas, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Hamilton é pole em casa!

hamilton divulgação canada

Foto: Divulgação

A F1 está no lendário circuito de Silverstone neste final de semana para a realização da 10° etapa da temporada de 2016 da F1.

A pole position ficou com Lewis Hamilton da Mercedes que anotou o tempo de 1m29s287 para garantir a posição de honra, mas acontece que o inglês tinha marcado 1m29s339, o que já lhe daria a pole, mas sua volta foi excluída pelo falo do carro #44 ter ultrapassado os limites da pista britânica.

Hamilton só conquistou o primeiro lugar nos minutos finais da classificação. Rosberg ficou com o segundo lugar com o tempo de 1m29s606 e em terceiro posto ficou Max Vertappen com o tempo de 1m30s313.

O brasileiro Felipe Massa da Williams parte do 12° posto com o tempo de 1m32s002 após ser eliminado no Q2 enquanto Felipe Nasr da Sauber parte apenas do 21° posto com o tempo de 1m33s544.

Quem não foi para a pista e largará ao lado do brasileiro é o sueco Marcus Ericsson que bateu forte na realização do terceiro treino livre e não teve condições de disputa a formação do grid.

Confira o grid de largada:

1 – Lewis Hamilton – Mercedes – 1:29.287s
2 – Nico Rosberg – Mercedes – 1:29.606s
3 – Max Verstappen – Red Bull/Tag Heuer – 1:30.313s
4 – Daniel Ricciardo – Red Bull/Tag Heuer – 1:30.618s
5 – Kimi Raikkonen – Ferrari – 1:30.881s
6 – Sebastian Vettel – Ferrari – 1:31.480s*
7 – Valtteri Bottas – Williams/Mercedes – 1:31.557s
8 – Nico Hulkenberg – Force India/Mercedes – 1:31.920s
9 – Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso/Ferrari – 1:31.989s
10 – Fernando Alonso – McLaren/Honda – 1:32.343
11 – Sérgio Perez – Force India/Mercedes – 1:31.875s
12 – Felipe Massa – Williams/Mercedes – 1:32.002s
13 – Romain Grosjean – Haas/Ferrari – 1:32.050s
14 – Esteban Gutierrez – Haas/Ferrari – 1:32.241s
15 – Daniil Kvyat – Toro Rosso/Ferrari – 1:32.306s
16 – Kevin Magnussen – Renault – 1:37.060s
17 – Jenson Button – McLaren/Honda – 1:32.788s
18 – Jolyon Palmer – Renault – 1:32.905s
19 – Rio Haryanto – Manor/Mercedes – 1:33.098s
20 – Pascal Wehrlein – Manor/Mercedes – 1:33.151s
21 – Felipe Nasr – Sauber/Ferrari – 1:33.544s
22 – Marcus Ericsson – Sauber/Ferrari – sem tempo

*Sebastian Vettel da Ferrari #5 perderá cinco posições por troca de câmbio.

A largada para as 52 volta do GP da Inglaterra está marcada para às 9 horas da manhã, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Power é pole na Indy

indy power

Foto: Chris Owens/IndyCar

Depois de muita disputa e um ótimo desempenho da equipe Ganassi, Will Power da Penske foi que marcou a pole em Road America, na disputa da 10°etapa da Fórmula Indy.

O piloto do carro #12 marcou o tempo de 1m42s211 e superou Scott Dixon e Tony Kanaan, sendo que o primeiro marcou o tempo de 1m42s376 e o brasileiro com o tempo de 1m42s728.

Pagenaud e Castroneves veem logo em seguida (quarto em quinto lugares) com suas respectivas Penske. Rahal é o sexto, Chilton o sétimo, Hunter-Reay em oitavo, Daly em nono e completando o Top 10, Muñoz da Andretti.

A largada para às 50 voltas em Road America está marcada para às 14:15 da tarde deste domingo (26), horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Barrichello é pole em Tarumã

bar stock 1A equipe Full Time não poderia estar mais feliz neste final de semana com a sua dupla de pilotos anotando a primeira fila para a disputa deste final de semana da Stock Car.

Barrichello e Khodair travaram uma bela batalha e o campeão de 2014 levou apenas 0.055 de vantagem para o japonês voador e  vai largar na posição de honra no Rio Grande do Sul.

O piloto do carro #111 marcou o tempo de 1m08s632 contra o tempo de 1m08s687 do carro #18. Na segunda fila a dupla da equipe Cimed Racing com Marcos Gomes em terceiro e Felipe Fraga em quarto lugar.

Confira o grid de largada da etapa de Tarumã da Stock Car:

1-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1min08s632
2-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – 1min08s687
3-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1min08s699
4-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1min08s737
5-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 1min08s898
6-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1min08s908
7-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1min08s984
8 -) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – 1min08s992
9-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – 1min09s135
10-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – 1min09s164
11-) 66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) – 1min09s185
12-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – 1min09s193
13-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 1min09s200
14-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 1min09s206
15-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – 1min09s251
16-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 1min09s317
17-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – 1min09s346
18-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1min09s362
19-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – 1min09s404
20-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – 1min09s429
21-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – 1min09s448
22-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – 1min09s518
23-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – 1min09s530
24-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – 1min09s623
25-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 1min09s658
26-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – 1min09s967
27-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – 1min10s071
28-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – 1min10s219

A largada para a primeira disputa está marcada para às 14 horas e a segunda está marcada para ás 15:10, ambas horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por: Matheus Furlan

Nico Rosberg confirma 25ª pole de sua carreira!

rosberg

Foto: .facebook.com/nicorosberg

Nico Rosberg teve o privilégio de anotar a primeira pole position da história do Circuito de Baku, palco do GP da Europa deste domingo, válido pela 8ª etapa da temporada 2016. O alemão da Mercedes anotou 1m42s758 na apertada, veloz e traiçoeira pista montada nas ruas da bela capital do Azerbaijão, país situado entre o Leste Europeu e o Sudoeste Asiático. Lewis Hamilton cometeu um erro bobo, bateu no Q3 e largará em 10º. Sergio Pérez, da Force India, foi um dos destaques da sessão. Fez o segundo tempo, mas largará em sétimo porque trocou o câmbio em razão de uma batida no treino livre da manhã. Quem ganha uma posição com isso é Felipe Massa, que havia feito o sexto tempo. O brasileiro largará na 5ª colocação.

Q1

Nico Rosberg e Lewis Hamilton foram os mais velozes na primeira parte do treino classificatório, mostrando a soberania da Mercedes. Na sequência apareceu Sergio Pérez, da Force India, provando a força dos motores alemães. Felipe Massa se classificou com folga com a Williams, em 13º. Já Felipe Nasr surpreendeu ao levar a limitada Sauber ao Q2. Por apenas um décimo, o jovem brasileiro abocanhou a 16ª e última vaga para a segunda parte da sessão. Seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson, ralou o carro no muro por duas vezes, foi somente o 20º e acabou eliminado. Outro que se deu mal foi Jenson Button. O inglês da McLaren teve problemas no câmbio, e amargou apenas o 19º tempo. Também saíram as duplas da Renault, Kevin Magnussen e Jolyon Palmer, e da Manor, Rio Haryanto e Pascal Wehrlein. O Q1 foi marcado para algumas escapadas, como as de Hamilton, Button e de Romain Grosjean (Haas)
Eliminados no Q1:

Rio Haryanto (Manor)

Pascal Wehrlein (Manor)

Jenson Button (McLaren)

Marcus Ericsson (Sauber)

Kevin Magnussen (Renault)

Jolyon Palmer (Renault)

Q2

Por pouco Hamilton não sai da briga pela pole position. Sempre abusado, o britânico fritou pneus e saiu da pista durante a segunda parte do qualifying e se encontrava na décima posição a minutos do fim do Q2. Já com cronômetro zerado, o tricampeão anotou o segundo melhor tempo, atrás apenas de Rosberg, e conseguiu a vaga no Q3. Pérez, novamente, foi o melhor depois das Mercedes, enquanto seu companheiro de Force India, Hulkenberg, acabou eliminado. Avançaram também Ricciardo, Verstappen, Vettel, Bottas, Raikkonen e Kvyat. Felipe Massa ficou com a décima e última vaga. Já Nasr não pôde fazer muita coisa e ficou em 16º. Também caíram foram: Grosjean, Hulkenberg, Sainz, Alonso e Gutiérrez.

Eliminados no Q2:

Romain Grosjean (Haas)

Nico Hulkenberg (Force India)

Carlos Sainz Jr. (STR)

Fernando Alonso (McLaren)

Esteban Gutiérrez (Haas)

Felipe Nasr (Sauber)

Q3

Voando baixo, Pérez fez a volta mais rápida no começo do Q3, 1m43s515m seguido pelas Ferrari de Vettel e Raikkonen. Rosberg e Hamilton, por sua vez, não haviam forçado o ritmo ainda, e apareciam com os últimos tempos. O inglês, fritou pneus e saiu da pista mais uma vez. Verstappen abortou a primeira volta após quase se chocar com Bottas, enquanto Massa deixou para sair nos boxes somente na parte final do treino. Com sua primeira volta rápida, o brasileiro da Williams subiu para a 4ª psoição.

Nos minutos finais, Hamilton, flertando com o limite durante toda a sessão, cometeu um erro bobo: bateu com a roda dianteira na saída da curva do Castelo e quebrou a suspensão dianteira da Mercedes. Simultaneamente, Rosberg anotava 1m42s758 e pulava para a primeira posição.

O treino foi paralisado sob bandeira vermelha a 2 minutos do fim para a retirada do carro do britânico. Com isso, os pilotos ainda tinham tempo para sair dos boxes e abrir mais uma volta rápida. O alemão, da Mercedes, porém, confiando em seu tempo, permaneceu nos boxes e ficou torcendo para que ninguém batesse sua marca. E ninguém conseguiu. Entre as mudanças no último segundo, destaque apenas para Ricciardo, que fez o terceiro tempo.

A largada para o GP da Europa, em Baju, no Azerbaijão, será às 10h (horário de Brasília) deste domingo.

Confira o resultado da classificação do GP da Europa

  1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 1m 42.758s
  2. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 1m 43.515s*PUNIDO
  3. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG Heuer 1m 43.966s
  4. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 43.966s
  5. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 44.269s
  6. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 44.483s
  7. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari 1m 44.717s
  8. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 45.246s
  9. Max Verstappen HOL Red Bull-TAG Heuer 1m 45.570s
  10. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 2m 01.954s
  11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 44.755s
  12. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 44.824s
  13. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 45.000s
  14. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 1m 45.270s
  15. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 45.349s
  16. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 46.048s
  17. Rio Haryanto INA MRT-Mercedes 1m 45.665s
  18. Pascal Wehrlein ALE MRT-Mercedes 1m 45.750s
  19. Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 45.804s
  20. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 46.231s
  21. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 46.348s
  22. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 46.394s

Por Luiz Máximo para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Muñoz marca pole no Texas

indu munoz

Foto: Chris Owens/IndyCar

Pela primeira vez na carreira, Carlos Muñoz marcou uma pole position na Fórmula Indy. O piloto do carro #26 ainda foi mais além. Quebrou um grande tabu, voltou a colocar a equipe Andretti na posição de honra, fato que não acontecia desde Long Beach em 2014.

O colombiano de 24 anos anotou o tempo de 48.246 e  superou Scott Dixon por apenas 0.051. Na terceira posição ficou o brasileiro Helio Castronves marcou o tempo de 48.334, exatamente o mesmo tempo do japonês Takuma Sato, que pelo fato de ter marcado o tempo após o desempenho do brasileiro parte do quarto lugar.

O líder da temporada, Simon Pagenaud parte do sexto lugar enquanto Tony Kanaan que foi muito bem durante os treinos livres larga do oitavo lugar com o tempo de 48.434.

A largada para a disputa da Firestone Texas 600 está marcada para às 22 horas da noite, horário de Brasília, deste sábado (11).

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Cacá Bueno é pole em Goiânia

stock car

Foto: Duda Bairros/Vicar

Com muito equilíbrio, a Stock Car realizou neste sábado a formação do grid de largada para a etapa da Goiânia da categoria.

Com 23 carros dentro da mesma casa de segundo, Cacá Bueno que teve problemas em um dos treinos e foi para a pista no último grupo da classificação, marcou o tempo de 1m23s818 e superou Rubens Barrichello em apenas 0s098.

Marcos Gomes, atual campeão parte do terceiro lugar com Daniel Serra em quarto lugar. Confira o grid de largada da Stock Car em Goiânia:

1-) Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 1min23s818
2-) Rubens Barrichello (Medley Full Time) – a 1min23s916 (0s098)
3-) Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1min23s941 (0s123)
4-) Daniel Serra (Red Bull Racing) – 1min23s989 (0s171)
5-) Ricardo Maurício (Eurofarma-RC) – 1min24s187 (0s369)
6-) Allam Khodair (Full Time Texaco) – 1min24s200 (0s382)
7-) Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1min24s223 (0s405)
8- ) Diego Nunes (União Química Racing) – 1min24s233 (0s415)
9-) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1min24s257 (0s439)
10-) Valdeno Brito (TMG Racing) – 1min24s257 (0s439)
11-) Rafael Suzuki (Geolab Racing) – 1min24s274 (0s456)
12-) Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 1min24s300 (0s482)
13-) Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1min24s337 (0s519)
14-) Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1min24s407 (0s589)
15-) Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 1min24s443 (0s625)
16-) Sérgio Jimenez (Cavaleiro Sports) – 1min24s520 (0s702)
17-) Felipe Guimarães (Full Time Pro-GP) – 1min24s526 (0s708)
18-) Bia Figueiredo (União Química Racing) – 1min24s532 (0s714)
19-) Denis Navarro (Geolab Racing) – 1min24s585 (0s767)
20-) Átila Abreu (Shell Racing) – 1min24s609 (0s791)
21-) Felipe Lapenna (Hot Car) – 1min24s634 (0s816)
22-) Guga Lima (TMG Racing) – 1min24s651 (0s833)
23-) Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – 1min24s701 (0s883)
24-) Julio Campos (Axalta C2 Team) – 1min24s921 (1s103)
25-) Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – 1min24s974 (1s156)
26-) Raphael Abbate (Hot Car) – 1min25s022 (1s204)
27-) Lucas Foresti (Full Time ProGP) – 1min26s500 (2s682)
28-) Max Wilson (Eurofarma-RC) – 1min36s150 (12s332)

A largada para primeira corrida do final de semana está marcada para às 13 horas e a largada para a segunda disputa de domingo está marcada para às 14:10, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por: Matheus Furlan