Bird vence e Piquet Jr é campeão da primeira temporada da Fórmula E

Nelson Piquet Jr é campeão da primeira temporada da Fórmula E. O brasileiro contou muito com a sua competência, sorte e acima de tudo a ajuda de Bruno Senna que segurou Sébastien Buemi na corrida de domingo em Londres.

A vitória da segunda etapa britânica ficou com Sam Bird após Stéphane Sarrazin sofrer uma punição o final da disputa, Jerome d’Ambrosio em segundo e Loic Duval em terceiro, esse chegou se arrastando no final da disputa, pois se tivesse mais uma volta não marcaria pontos. Bruno Senna mostrou toda a sua capacidade e conquistou o seu melhor resultados na temporada, quarto lugar para o brasileiro que passou muitas dificuldades ao longo deste ano.

A quinta colocação ficou co Sébastien Buemi que começou bem a disputa e vinha no pelotão da frente mais uma rodada do suíço na 16° volta mudou tudo. Em sexto ficou Lucas Di Grassi, o brasileiro da Audi não foi bem no treino de classificação e precisava de um milagre na corrida para sair com o título, no final o terceiro lugar no campeonato para Di Grassi.

Nelson Piquet Jr terminou na sétima posição. Depois de largar no final do pelotão o piloto da equipe China ganhou quatro posições na largada, soube administrar os momentos da corrida e acima de tudo conservou seu equipamento. Piquet Jr terminou a disputa na conta para ser campeão. Com a grande corrida de Senna que segurou Buemi, e como segurou.

O título da Nelson Piquet Jr coloca novamente o Brasil em evidencia no mundo do automobilismo. Fazia 11 anos que o último brasileiro conquistou o título de uma categoria e acontece com Tony Kanaan em 2004. Esperamos que Piquet Jr inspire os compatriotas em busca de títulos.

Confira a classificação final do e-Prix de Londres:

POS NO DRIVER TEAM LAPS TIME GAP KPH BEST ON LAP
01 2 Sam Bird (FL) Virgin Racing 29 45:48.792 1:26.790 24
02 7 Jerome d’Ambrosio Dragon Racing 29 45:55.765 +6.973s 1:28.155 18
03 6 Loic Duval Dragon Racing 29 45:58.222 +9.430s 1:28.052 28
04 21 Bruno Senna Mahindra Racing 29 45:58.939 +10.147s 1:27.912 26
05 9 Sébastien Buemi e.dams-Renault 29 45:59.481 +10.689s 1:27.839 12
06 11 Lucas di Grassi Audi Sport ABT 29 45:59.996 +11.204s 1:28.316 26
07 99 Nelson Piquet NEXTEV TCR 29 46:00.353 +11.561s 1:26.847 27
08 77 Salvador Duran Amlin Aguri 29 46:01.194 +12.402s 1:28.362 25
09 88 Oliver Turvey NEXTEV TCR 29 46:02.934 +14.142s 1:27.463 17
10 8 Nicolas Prost e.dams-Renault 29 46:03.327 +14.535s 1:28.287 22
11 66 Daniel Abt Audi Sport ABT 29 46:11.962 +23.170s 1:28.310 23
12 28 Simona de Silvestro Andretti 29 46:13.402 +24.610s 1:28.520 27
13 5 Karun Chandhok Mahindra Racing 29 46:20.293 +31.501s 1:29.234 22
14 18 Alex Fontana Trulli 29 46:27.215 +38.423s 1:30.112 22
15 30 Stephane Sarrazin (P) * Venturi 29 46:37.472 +48.680s 1:27.752 27
16 27 Jean-Eric Vergne Andretti 28 44:45.507 +1 lap 1:27.139 28
17 23 Nick Heidfeld Venturi 23 40:28.478 +6 laps 1:27.609 23
18 3 Fabio Leimer Virgin Racing 17 27:17.360 +12 laps 1:29.862 17
19 10 Jarno Trulli Trulli 14 22:17.848 +15 laps 1:30.377 4
20 55 Sakon Yamamoto Amlin Aguri 6 9:21.340 +23 laps 1:30.843 4

Campeonato 

Nelson Piquet Jr foi campeão ao somar 144 pontos e conquistar duas vitórias e ter apenas um abandono enquanto Sébastien Buemi somou 143 pontos com três vitórias  mas somou dois abandonos. Lucas Di Grasssi terminou em terceiro ao conquistar uma vitória e somou 133 pontos.

1° Nelson Piquet Jr 144 pontos

2° Sébastien Buemi 143 pontos

3° Lucas Di Grassi 133 pontos

4° Jerome d’Ambrosio 113 pontos

10° Bruno Senna 40 pontos

O quarto lugar de Senna foi o melhor dele na temporada. Ao todo foram três abandonos e mais quatro corridas fora da zona de pontuação.

A Fórmula E mais terminou uma temporada e já se prepara para a próxima, no dia 10 de julho a organização da categoria ira confirmar o calendário da próxima temporada e se prepara para a primeira sessão de testes da categoria em Donington Park na Inglaterra.

A primeira temporada da Fórmula E foi um extremo sucesso de publico, de disputa, de organização e a expectativa para a sequencia da categoria e muito grande. Esperamos que melhore a cada corrida que se passa.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Anúncios

Buemi vence primeira corrida em Londres e em embola disputa da Fórmula E

Foto: fhttp://fiaformulae.com/en/gallery

Foto: fhttp://fiaformulae.com/en/gallery

Neste sábado foi realizada a primeira disputa do final de semana da Fórmula E em Londres. Em um traçado muito estreito ondulado a largada foi com o safety car o atrapalhou muito a disputa e as primeiras voltas foram de adaptação.

Quando os pilotos efetivamente aceleraram, Piquet e Di Grassi protagonizaram uma bela disputa com o primeiro buscando a ultrapassagem, mas em uma manobra que vai gerar muita discissão isso porque Di Grassi manteve a sua trajetória e chegou até mesmo a jogar de leve o carro para cima do adversário. Com isso Piquet Jr acabou por perder a quarta colocação para Vergne.

Na sétima volta a classificação dos cinco primeiros era a seguinte, Buemi, d’Ambrosio, Di Grassi, Vergne e Piquet Jr, mas duas voltas mais tarde, Vergne fez uma grande manobra para cima do brasileiro e assumiu o terceiro posto deixando mais uma vez a disputa entre Di Grassi e Piquet Jr em aberto.

Foto: fhttp://fiaformulae.com/en/gallery

Foto: fhttp://fiaformulae.com/en/gallery

Muitas disputas foram acontecendo e mesmo após as paradas nos boxes todos voltaram nas mesmas posições com Buemi, d’Ambrosio, Vergne, Di Grassi e Piquet Jr  nas cinco primeiras posições. Quem se deu mal após a parada foi Abt da Audi que foi ultrapassado pode diversos adversários e acabou indo de encontro a barreira de proteção e com isso o safety car entrou na pista para a remoção do carro do alemão.

Faltando sete voltas para o final muita pressão de Di Grassi sobre Vergne e de Piquet Jr sobre Di Grassi com isso Buemi disparou na ponta da disputa.

As voltas se passando e Piquet Jr acabou ficando um pouco para trás com relação a Di Grassi que por sua vez fez a melhor volta da disputa e foi para cima de Vergne e Piquet Jr passou a sofrer pressão de Bird, mas foi assim que a corrida terminou, Buemi em primeiro conquistando a sua terceira vitória na temporada, d’Ambrosio em segundo, Vergne em terceiro, Di Grassi em quarto e Piquet Jr em quinto.

Confira a classificação final do e-Prix de Londres:

POS NO DRIVER TEAM LAPS TIME GAP KPH BEST ON LAP
01 9 Sébastien Buemi (P) e.dams-Renault 29 47:54.784 1:28.804 12
02 7 Jerome d’Ambrosio Dragon Racing 29 47:55.723 +0.939s 1:29.339 25
03 27 Jean-Eric Vergne Andretti 29 47:56.451 +1.667s 1:29.218 26
04 11 Lucas di Grassi (FL) Audi Sport ABT 29 47:57.193 +2.409s 1:28.229 25
05 99 Nelson Piquet NEXTEV TCR 29 48:02.154 +7.370s 1:29.379 23
06 2 Sam Bird Virgin Racing 29 48:02.546 +7.762s 1:29.364 27
07 8 Nicolas Prost e.dams-Renault 29 48:03.337 +8.553s 1:29.342 23
08 6 Loic Duval Dragon Racing 29 48:04.291 +9.507s 1:29.379 28
09 88 Oliver Turvey NEXTEV TCR 29 48:04.816 +10.032s 1:29.501 25
10 30 Stephane Sarrazin Venturi 29 48:06.861 +12.077s 1:29.409 25
11 28 Simona de Silvestro Andretti 29 48:10.730 +15.946s 1:29.709 27
12 5 Karun Chandhok Mahindra Racing 29 48:30.379 +35.595s 1:29.791 28
13 23 Nick Heidfeld Venturi 29 48:35.818 +41.034s 1:29.611 16
14 3 Fabio Leimer Virgin Racing 29 48:37.481 +42.697s 1:30.103 12
15 10 Jarno Trulli Trulli 29 48:38.057 +43.273s 1:30.250 21
16 21 Bruno Senna Mahindra Racing 29 48:43.207 +48.423s 1:28.512 29
17 77 Salvador Duran * Amlin Aguri 29 48:56.771 +1:01.987 1:29.554 25
18 18 Alex Fontana Trulli 25 44:17.490 +4 laps 1:30.643 22
19 66 Daniel Abt Audi Sport ABT 15 24:42.414 +14 laps 1:30.065 9
20 55 Sakon Yamamoto Amlin Aguri 15 26:43.034 +14 laps 1:31.222 8

Campeonato

Nelson Piquet Jr 138 pontos;

Sébantien Buemi 133 pontos;

Lucas Di Grassi 125 pontos;

Bruno Senna com 28 pontos.

A última etapa da Fórmula E acontece neste domingo, 28, em Londres,  coma formação do grid de largada às oito horas da manhã e a largada para a decisão do campeonato às 12 horas, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Golden State Warriors é campeão da temporada 2014/2015 da NBA

Foto: Getty Images/globoesporte.globo.com

Foto: Getty Images/globoesporte.globo.com

O melhor time da temporada regular, com o jogador mais valioso, MVP, com um grupo unido. Podemos resumir assim o Golden State Warriors que na noite desta terça feira, 16, conquistou o título da temporada 2014/2015 da NBA.

Na sexta partida da série, a equipe comandada por Curry foi superior ao Cleveland Cavaliers desde o seu inicio. Postura de quem entrou para ganhar. O primeiro quarto terminou 28 x 15 a favor do Warriors que levou o troco na parte seguinte quando os Cavs marcaram 28 x 17.

Após o  descanso novo show dos visitantes que com 28 x 18 abriram uma importante vantagem para a parte decisiva da partida. O Cleveland comandado por James só tinha uma alternativa, atacar e foi o que fez no quarto quarto, mas o Golden State também e mesmo com o placar do quarto marcando 36 x 32 a favor do Cavaliers a partida terminou em 105 x 97 a favor do Golden State Warriors que fechou a série em 4 -2 e conquistou o título da liga, fato que não acontecia desde 1975.

James foio cestinha da partida com 32 pontos e 18 rebotes, mas Curry e Iguodala com 25 pontos cada foram os grandes destaques do jogo, ainda mais com o segundo sendo eleito o MVP das finais.

O brasileiro Leandrinho Barbosa #19 entrou na partida e anotou cinco pontos, e tornou-se o segundo brasileiro a conquistar a liga norte-americana de basquete, o primeiro foi Spliter na temporada passada com o San Antonio Spurs.

Foto: Getty Images/globoesporte.globo.com

Foto: Getty Images/globoesporte.globo.com

O título do Golden State é mais do que merecido, pois uma equipe e formada por grandes jogadores e foi isso que os Warriors se mostraram, uma grande equipe.

A NBA entra agora em seu período de descanso e ai que começa a agitação nos bastidores para as contratações, lembrando que o contrato de Leandrinho se encerra no final desta temporada e o brasileiro que está a 12 anos na NBA busca sua renovação.

Parabéns ao Golden State Warriors, campeão merecido da NBA!

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Com inicio equilibrado, Golden State faz valer fator casa e vence a terceira

Foto: facebook.com/warriors/photos

Foto: facebook.com/warriors/photos

A quinta partida da final 2014/2015 da NBA foi bem equilibrada. Jogando em casa do Golden State Warriors contou com o grande apoio de sua torcida e conquistou uma importante vitória.

Com os dois primeiros quartos bem equilibrados, tanto Warriors quanto o Cavaliers tiveram que usar de todas as suas armas para não ficarem para trás no placar, tanto que o primeiro quarto terminou empatado em 22 x 22 e o segundo quarto terminou com Warriors na frente pela diferença mínima, 29 x 28.

O terceiro quarto foi um pouco mais solto, as defesas ficaram mais vulneráveis e desta foram o placar deslanchou. Os Cavs chegaram a abrir seis pontos de vantagem mas o Golden State se recuperou e venceu a terceira parte do jogo por 22 x 17 e levou seis pontos de vantagem para o quarto finais.

No minutos finais do jogo, Curry e James deram show nos arremessos de três pontos, era arremesso e cesta de uma lado era arremesso e cesta do outro, mas o Golden State contava com Green e o brasileiro Leandrinho inspirados e desta forma a equipe da casa voltou a abrir boa vantagem no placar e fechou o quarto quarto 31 x 24 e a partida em 104 x 91, fazendo assim 3 -2 na série.

Leandrinho #19 do Golden State saiu do banco de reservas para anotar 13 pontos, Curry #30 foi o cestinha da equipe com 37 tentos anotados, mas o grande nome do jogo foi James #23 do Cavaliers que mais uma vez anotou um triplo duplo de 40 pontos, 14 rebotes e 11 assistências.

A sexta partida da série acontece no dia 16 de junho em Cleveland e lá o Golden State pode sagrar-se campeão.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Com jogo coletivo, Warriors vencem fora de casa e empatam a série

Foto:  Jason Miller/Getty Images/heavy.com

Foto: Jason Miller/Getty Images/heavy.com

Na noite desta quinta feira, 11, foi disputada a quarta partida das finais da NBA. Com o apoio de sua torcida o Cleveland Cavaliers poderia chegar a 3 -1 no placar geral da final, mas não foi isso o que aconteceu. Longe de ser aquela equipe que venceu a partida anterior, o Cleveland até que começou bem, mas aos poucos o Golden State Warriors foi envolvendo a equipe da casa na sua forma de jogar e tomou a frente no placar, o resultado da primeira parcial ficou em 31 x 24 a favor os visitantes.

O segundo quarto foi bem disputado, mas com belas jogadas o Golden State chegou a abrir 10 pontos de vantagem no placar. O Cavaliers buscava de qualquer forma se aproximar no placar, mas com um jogo bem variado e com uma boa atuação de Iguodala #9 e Green #23, o Warriors anotou 23 x 18 no segundo quarto e foi para o intervalo com 11 pontos de vantagem.

O descanso serviu para o Cleveland colocar a cabeça no lugar e com James #23 e com Mozgov #20 inspirado a equipe se acertou e na garra e na vontade marcou 28 x 22 no terceiro quarto e conseguiu reduzir uma diferença que chegou a ser de 15 pontos para apenas cinco.

Vendo o que aconteceu na terceira parte do jogo, o Golden State voltou a carga e a variar as jogadas. Boas infiltrações e arremessos certeiros não deixaram o Cavaliers se impor na partida, pelo contrario, o 27 x 12 a favor dos visitantes mostrou uma determinação muito grande na equipe de Curry.

O placar final da partida ficou em 103 x 82 para o Warriors que empatou a série em 2 -2. O cestinha do jogo foi Mozgov #20 do Cavs com um duplo duplo de 28 pontos e 10 rebotes, no Warriors o destaque ficou por conta de Iguodala #9 e Curry #30, ambos com 20 pontos cada.

A quinta partida da série muda de sede e quem jogará em casa agora é o Golden State no dia 14 de junho.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Cleveland vence e passa a frente

Foto: timesunion.com

Foto: timesunion.com

A terceira partida da série final da NBA foi disputada esta terça feira, 9, em Cleveland. A partida começou bem equilibrada mas sempre com os donos da casa no comando do placar, James e Dellavedova comandavam a equipe que neutralizava bem as investidas do Warriors.

Os dois primeiros quartos terminaram 24 x 20 e 20 x 17 respectivamente a favor do Cavs que voltou para o terceiro quarto impossível. Grandes jogadas e acertado na defesa a equipe da casa acertou a mão e chegou a abrir 20 pontos de vantagem no placar. Vendo tudo que estava acontecendo o Golden State resolveu jogar um pouco e Curry e o brasileiro Leandrinho Barbosa, o Golden diminuiu o prejuízo em 10 pontos e o final o terceiro quarto ficou em 28 x 18, o Cavaliers entrou no quarto quarto com 17 pontos de vantagem

Indo para o tudo ou nada, o Warriors foi para cima, os arremessos de três de Curry começaram a cair juntamente com a diferença no placar. Os donos da casa motivados pela sua torcida se manteve calmo e administrou bem o placar, correu alguns riscos, mas fez o que precisava.

 

O Golden anotou  36 x 24 no quarto quarto mas não foi o suficiente para a virada e a partida terminou 96 x 91 a favor do Cleveland Cavaliers anotando assim 2 – 1 na série.

O cestinha do jogo foi James #23 do Cavs com um duplo duplo de 40 pontos e 12 rebotes, no Golden State, Curry #30 marcou 27 pontos.

A quarta partida da série acontece dia 11 de junho em Cleveland.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

James sobra em quadra e Cavs empatam a série

Foto: Getty Images / globoesporte.globo.com

Foto: Getty Images / globoesporte.globo.com

A segunda partida a grande final da NBA 2014/2015 aconteceu neste domingo. Jogando em casa o Golden State não se mostrou, desde o inicio da partida, com o mesmo impeto que na primeira disputa da série.

O primeiro quarto já logo de cara evidenciou o equilíbrio do jogo, 20 x 20, e LeBron James já começava a mostrar toda a sua força. A segunda parte do jogo foi um pouco mais aberta com ambas as equipes buscando mais o ataque, e com Thompson sendo o melhor em quadra pelos Warriors, Curry estava apagado.  O placar de 27 x 25 no final da segunda parte deixou os visitantes a frente na ida para o descanso.

Parecia que não era NBA. O terceiro quarto foi de tanto estudo que a pontuação ficou longe de ser aquela que os fãs estão acostumados, 15 x 14 a favor do Cavaliers. Na parte decisiva do jogo os visitantes conseguiram abrir uma boa vantagem, mas acabou por não sustentar a vantagem e o Golden State encostou no placar, ficaram em 87 x 87, James teve a oportunidade de terminar o jogo ali, a menos de sete segundos para o término da partida, mas errou o arremesso e a disputa foi para a prorrogação.

No tempo extra, muito equilibrio, mas o Cavs se mostraram mais concentrados, abriram cinco pontos de vantagem nos segundos inciais,  o Warriors correu atrás do prejuízo, diminuiu a diferença, mas após o erro no arremesso de Curry, James pegou o rebote e sofreu falta, converteu os dois arremesso de lance livre e fechou o jogo em 95 x 93 a favor dos Cavs empatando a série em 1 – 1.

James  foi nome da noite, com um triplo-duplo, o camisa #23 marcou 39 pontos, 16 rebotes e 11 assistências. No Warriors, Thompson #11 foi o destaque com 34 pontos anotados. O brasileiro Leandrinho jogou por seis minutos e marcou cinco pontos a favor do Golden State.

Agora a série muda de sede e as duas próximas partidas acontecem em Cleveland, nos dias 9 e 11 de junho respectivamente. Será que o Golden State terá força para segurar o Cavaliers em casa?

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Barcelona é (penta)campeão da Liga dos Campeões

Foto: Reuters / globoesporte.globo.com

Foto: Reuters / globoesporte.globo.com

Neste final de semana o Barcelona sagrou-se pela quinta vez campeão da Liga dos Campeões da Europa(91-92, 05-06, 08-09, 10-11 e 14-15). Diante da Juventus da Itália, a equipe espanhola mais uma vez se mostrou firme e determinada, tanto que abriu o placar aos três minutos da primeira etapa com Rakitic.

A partida ganhou outros ares após o gol, sempre com os espanhóis tentando ficar com a posse de bola. Após o descanso a situação mudou, os italianos se acertaram e com boa velocidade passaram a assustar, até que Morata empatou a partida, 1 x 1. O empate animou a Juventus que foi para cima e acabou por dar o contra ataque e em uma destas investidas, Suárez no rebote de Buffon colocou novamente o Barcelona na frente 2 x 1.

A partida ficou nervosa, muitas reclamações e discussões. Neymar teve um gol anulado de forma correta, mas o brasileiro não desistiu e aos 50 minutos de jogo marcou o seu tento, 3 x 1 Barcelona e vitória sacramentada. O gol de Neymar fez com o brasileiro chegasse a artilharia da competição ao lado de Messi e CR7.

A disputa final marcou a despedida de Xavi da equipe do Barcelona que em 17 anos no clube conquistou 26 troféus, uma marca impressionante.

Com a conquista do título europeu, o Barcelona se garante na disputa do Mundial de Clubes no final do ano enquanto a Juventus amarga o seu sexto vice campeonato da Liga.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Piquet Jr vence com Di Grassi é 2° em Moscou

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

Na manhã deste sábado foi realizada a nona etapa da Fórmula E em Moscou na Rússia. Na pole Vergne não conseguiu segurar Piquet que partiu do segundo posto e assumiu a ponta logo na primeira curva. Com um circuito travado e poucos pontos de ultrapassagens as maioria das colocações se mantiveram e desta forma Di Grassi  ficou encaixotado atrás de Vergne.

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

As voltas foram se passando e os primeiros foram se mantendo enquanto na metade do pelotão muitas disputas mais ainda poucas ultrapassagens. Emoção mesmo foi a disputa entre Trulli e Felix da Costa na disputa pela 10° colocação com o experiente italiano na frente.

Na 14° volta Trulli levou um chega para lá de Felix da Costa e o italiano passou direto na curva, mas utilizando do traçado auxiliar o experiente voltou a frente do português. Enquanto isso Bruno Senna que mais uma vez não conseguiu um bom desempenho rodou e tocou no muro.

Na 18° voltas começaram as paradas e Piquet Jr foi o primeiro a fazer a troca de carro enquanto os adversários ficaram na pista. Na 19° volta,  muitas paradas e com um bom trabalho Di Grassi voltou a frente de Vergne. E com isso os primeiros colocados ficaram com Piquet em 1°, Di Grassi em 2°, Vergne em 3°, Buemi em 4° e Heidfield em 5°.

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

Foto: fiaformulae.com/en/gallery

Com poucas movimentações em ultrapassagens os primeiros se mantiveram, apenas Di Grassi que começava a diminuir a diferença para Piquet. Na volta 32, Di Grassi seguia firme na perseguição a Piquet e com uma diferença pequena com menos de 1.7 segundos.

Mas sem conseguir a ultrapassagem,  Di Grassi  acabou por terminar na segunda colocação com Piquet em primeiro. Na terceira posição, Buemi conseguiu a ultrapassagem de forma polemica sobre Vergne e terminou em terceiro. Confira a classificação final do e-Prix de Moscou:

POS NO DRIVER TEAM LAPS TIME GAP KPH BEST ON LAP
01 99 Nelson Piquet NEXTEV TCR 35 43:18.867     1:11.942 6
02 11 Lucas di Grassi Audi Sport ABT 35 43:20.879 +2.012s   1:11.957 27
03 9 Sébastien Buemi (FL) e.dams-Renault 35 43:29.917 +11.050s   1:11.679 32
04 23 Nick Heidfeld Venturi 35 43:30.415 +11.548s 1:11.924 25
05 27 Jean-Eric Vergne Andretti 35 43:31.283 +12.416s 1:11.622 29
06 66 Daniel Abt Audi Sport ABT 35 43:44.493 +25.626s 1:12.895 22
07 77 Salvador Duran Amlin Aguri 35 43:47.827 +28.960s 1:12.863 23
08 55 Antonio Felix da Costa Amlin Aguri 35 43:49.396 +30.529s 1:12.327 31
09 8 Nicolas Prost e.dams-Renault 35 43:50.423 +31.556s 1:12.751 23
10 28 Justin Wilson Andretti 35 44:05.187 +46.320s 1:13.039 21
11 6 Loic Duval Dragon Racing 35 44:08.630 +49.763s 1:12.280 25
12 7 Jerome d’Ambrosio Dragon Racing 35 44:10.341 +51.474s 1:12.296 20
13 5 Karun Chandhok Mahindra Racing 35 44:11.360 +52.493s 1:12.870 23
14 3 Jaime Alguersuari Virgin Racing 35 44:14.677 +55.810s 1:12.707 34
15 30 Stephane Sarrazin Venturi 35 44:15.582 +56.715s 1:11.829 31
16 21 Bruno Senna Mahindra Racing 34 43:38.559 +1 lap 1:12.741 30
17 18 Vitantonio Liuzzi Trulli 34 43:39.264 +1 lap 1:12.871 22
18 10 Jarno Trulli Trulli 32 40:22.293 +3 laps 1:13.204 20
19 88 Antonio Garcia NEXTEV TCR 32 44:03.985 +3 laps 1:12.419 20
20 2 Sam Bird Virgin Racing 24 30:41.516 +3 laps 1:12.419 21

Piquet chega a sua segunda vitória na temporada e consolida a liderança do campeonato, confira:

1° Nelson Piquet Jr 128 pontos

Sébastien Buemi 118 pontos

3° Lucas Di Grassi 111 pontos

Nicolas Prost 80 pontos

12° Bruno Senna 28 pontos

A última parada da Fórmula E na temporada 2014/2015 acontece nos dias 27 e 28 de junho, uma rodada dupla, no Reino Unido, serão 60 pontos em jogo nas duas corridas e o título do campeonato em aberto.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Vergne é pole em Moscou

Neste sábado a Fórmula E desembarca em Moscou para a nona etapa da temporada e na formação do grid de largada, Jean-Eric Vergne ficou com a pole position com o tempo de 1.09.429, em segundo lugar ficou Nelson Piquet Jr com o tempo de 1.09.449 e em terceiro Lucas Di Grassi com o tempo de 1.09.685.

Os dois brasileiros que vem trocando farpas nas últimas semanas e estão na luta direta pelo título da categoria vão dividir a primeira curva, e ai, será que eles vão pensar no campeonato ou nas brigas?

Confira o grid de largada para o e-Prix de Moscou:

Foto: acebook.com/fiaformulae/photos/

Foto: acebook.com/fiaformulae/photos/

A largada para a disputa acontece às 10 horas da manhã deste sábado, 6.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan