CORINTHIANS PERDE PARA FLUMINENSE EM DIA DE PIOR PÚBLICO DA ARENA

Para alguns revanche, para outros mais um jogo entre paulistas e cariocas. A partida deste domingo, (25), entre Corinthians x Fluminense teve ares bem diferentes dos costumeiros para o duelo.

Depois da partida da Copa do Brasil que culminou com a eliminação da equipe carioca da competição nacional, o duelo na Arena Corinthians ficou com cheiro de revanche e foi bem por esse caminho que o Fluminense conquistou a vitória no último lance da partida. Cobrança de falta da direita e depois do bate rebate dentro da área, a bola sobrou para Cícero colocar no fundo da rede, Flu 1 x 0, aos 49 minutos da segunda etapa.

Não podemos deixar de falar que da mesma forma que no duelo da Copa do Brasil, os  vistantes foram superiores, criaram boas oportunidades, mas acabaram esbarrando na falta de pontaria ou nas defesas do goleiro Walter.

Dentro das possibilidades, Marlone, Rodriguinho, Fagner em cobrança de falta e Romero em uma tentativa de bicicleta também fizeram o bom goleiro Julio César trabalhar, mas nada que pudesse realmente tirar o sono da pouca mais feliz torcida carioca em São Paulo.

Com o resultado o Fluminense chega a quinta colocação no Brasileiro com 43 pontos enquanto o Corinthians agora é o sétimo com 41.

O duelo também marcou um recorde negativo, o pior publico da história da Arena Corinthians. Ao todo 18.838 torcedores estiveram presentes para assistir a partida, lembrando que o setor norte do estádio estava interditado em virtude de uma punição do STJD após os confrontos entre a torcida organizada corinthiana e a polícia militar.

O time do Parque São Jorge volta a campo na próxima quarta feira, (28), diante do Cruzeiro, em partida válida pelas quartas de finais da Copa do Brasil.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Anúncios

SANTOS VENCE O BOTAFOGO E ENTRA NO G4 DO BRASILEIRÃO

Em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, Botafogo e Santos se enfrentaram em um jogo onde os dois times tinham objetivos parecidos. O Botafogo que vinha de três vitórias seguidas buscava se aproximar do G4 do brasileirão, o Peixe embalado pela vitória de virada no clássico de domingo, precisava vencer para entrar no grupo dos quatro primeiros colocados.

No começo da partida Zeca fez o gol que garantiu os três pontos para o Santos. O Botafogo embalado pelos seus torcedores tentou empatar a partida, mas não conseguiu. O resultado deixa o Santos na 3ª posição no campeonato com 42 pontos.

O lateral Victor Ferraz falou sobre o espírito dos jogadores santistas na vitória diante do Botafogo. “Só tenho que glorificar Jesus pela boa vitória. Teríamos que ser um time de guerreiros para ganhar aqui. O campo não estava bom. Às vezes vamos sofrer pressão, mas é assim. O Zeca mereceu o gol, é um guerreiro.” Disse o jogador do alvinegro da Vila Belmiro.

Dorival Júnior comentou o desempenho da equipe santista. “Tem momentos que tem que valorizar, mesmo fugindo às características da equipe. São jogos com outra conotação. Essa partida de hoje foi brigada. Botafogo é vibrante, agressivo, assim foi o Santos também. Soubemos nos defender. Aprendemos a sofrer. Grande resultado. Tenho que reconhecer mais do que criticar.” Falou o técnico santista.

Agora o Peixe se concentra para receber o Santa Cruz domingo as 18h30 no Estádio do Pacaembu. Neste Campeonato Brasileiro o Peixe já atuou no local da partida do próximo domingo, na oportunidade o Santos derrotou o Botafogo por 3 a 0.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

SANTOS PERDE EM CASA PARA O FIGUEIRENSE NO ADEUS DE GABRIEL

gabriel santos

Foto; Reprodução/Facebook Santos Futebol Clube – oficial

Em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe teve a chance de voltar ao G4, mas vacilou e acabou derrotado pelo Figueirense por 1 a 0.

Mesmo com muita festa para Gabriel, o técnico Dorival Júnior deixou o atacante no banco de reservas e mandou a campo Copete para fazer dupla de ataque com Ricardo Oliveira.

Na primeira etapa o Santos comandou o ritmo do jogo, com mais de 65% de posse de bola durante todo o tempo, o Peixe acabou tendo dificuldades para ultrapassar a forte retranca montada pelo técnico Tuca Guimarães. Ricardo Oliveira teve a melhor chance santista e acertou a trave.

Precisando de mais poderio ofensivo Dorival colocou Gabriel na vaga de Copete, mas quem balançou as redes foi o Figueirense. No primeiro minuto da segunda etapa Jefferson invadiu a área santista e foi derrubado por Thiago Maia, o árbitro da partida Bruno de Araújo marcou pênalti. Na cobrança, Rafael Moura bateu e abriu o placar da partida. Após o gol o Santos foi com tudo para cima do Figueirense, Dorival fez mais duas alterações; tirou o zagueiro David Braz e colocou o meia Jean Mota e substituiu o meio campista Vitor Bueno para a entrada do atacante Vecchio. Com todas as mudanças o Peixe criou alguns lances de perigo, mas o goleiro Gatito Fernández fez grandes defesas e segurou o placar de 1 a 0 para os visitantes.

Para o Peixe era a chance de entrar no G4 e chegar mais próximo da liderança, com o resultado o Santos termina a rodada na 5º colocação com 36 pontos.

Fazendo sua despedida do Peixe, Gabriel agradeceu o apoio do agora ex-time. “O Santos me tirou de São Bernardo, onde tinha pouca condição, e me deu tudo. Agora, é meu momento de retribuir. Ir agora foi uma decisão totalmente minha. Agora, é uma nova etapa. Vou para um clube muito grande. Gostei da conversa deles, do treinador, dos jogadores. Vou para ajudar o Inter. Aprendi muita coisa aqui no Santos, não só como jogador, mas como pessoa. Aqui é minha casa. São 10 anos aqui”. Disse o atleta formado nas categorias de base do Peixe.

Perguntado sobre o peso de jogar pela Inter de Milão-ITA, o atacante se mostrou bastante confiante. “Gosto de pressão, de desafio. E esse é mais um. O Campeonato Italiano é muito forte. Tem varias equipes boas. Estou muito preparado para ir para a Europa. Vou com minha família e meus amigos. Tem grandes brasileiros também na Itália. É um desafio novo que estou muito ansioso”. Destacou o atacante em sua última coletiva com a camisa santista.

Agora o Peixe só volta a jogar no dia 08 de Setembro, quando enfrenta o Internacional no Beira Rio em Porto Alegre. O Inter está a 14 jogos sem vencer, já o Santos vem de duas derrotas; Coritiba e Figueirense. No histórico de confrontos existe um equilíbrio, em 59 partidas pelo Campeonato Brasileiro o Santos tem 23 triunfos, contra 21 vitórias do Internacional e 15 empates. No primeiro turno o Inter derrotou o Santos dentro da Vila Belmiro por 1 a 0 gol marcado por Aylon.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

NO COUTO PEREIRA, SANTOS VACILA E PERDE PARA O CORITIBA

026

Foto: Site Oficial – Coritiba Foot Ball Club

O Santos foi a Curitiba, e no estádio Couto Pereira, enfrentou o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro. O Peixe não foi páreo para a equipe da casa, e acabou derrotada por 2 a 1.

A partida iniciou muito equilibrada, ambos os times criaram muitas chances de gol, mas acabavam errando o último passe. Pelo lado do Coxa, os lances mais perigosos foram protagonizados pelo atacante Kleber. No Santos, as jogadas de ataque foram lideradas por Lucas Lima, que voltou de lesão, também por Ricardo Oliveira, mas ambos foram parados pelo goleiro Wilson.

Na segunda etapa, o jogo ficou mais corrido e o Santos foi ao ataque com Vitor Bueno. O meio campista chutou, a bola desviou em Juninho, quase surpreendendo Wilson. O lance animou os jogadores do Santos, que chegou ao gol com Ricardo Oliveira, aproveitando recuo mal sucedido do volante João Paulo. Depois do gol, o Santos continuou pressionando, mas o Coritiba respondia à altura, deixando a a partida equilibrada. Por conta disso, o Coxa empatou aos 27 minutos, em jogada de Kleber aproveitando rebote do goleiro Vanderlei. Depois do empate, o Coritiba se animou, atuando no campo de ataque, criando mais oportunidades.

Em um dos ataques, Evandro recebeu de Iago e acertou a trave de Vanderlei. No fim da partida, em outra jogada perigosa, Iago acertou um lindo chute decretando a virada do Coxa no Couto Pereira. O Santos ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas a partida acabou com resultado positivo para o time da casa.

A derrota deixou o Santos mais distante da liderança do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro praiano está na 4° posição, com 36 pontos, mas essa classificação ainda pode mudar, já que o Corinthians receberá o Vitória em Itaquera nesta segunda feira; e em caso de triunfo, o alvinegro pode pular para a 3° posição, tirando a 4 posição do Santos.

O técnico Dorival Júnior comentou sobre o desempenho da equipe na derrota fora de casa. “Não pode acontecer o que aconteceu ao longo da partida. Tínhamos o jogo bem administrado, trabalhando a bola depois do primeiro gol, criando oportunidades, mas passamos a ter dificuldades. O Coritiba começou a pressionar, entrando no nosso campo, tirando saída de bola, e complicando a transição. A partir desse momento, eles prevaleceram e tiveram méritos. Os últimos minutos foram decisivos na definição do resultado”; disse Dorival Júnior após a partida.

Na próxima rodada, o Santos enfrentará o Figueirense. Nesta partida, o técnico Dorival Júnior contará com a volta dos três jogadores que foram campeões olímpicos pelo Brasil. Zeca, Thiago Maia e Gabriel voltam ao time. Além disso, a expectativa é que Thiago Maia seja escalado como titular, já que nas últimas três partidas da seleção olímpica, o volante começou no banco de reservas, enquanto Gabriel e Zeca foram titulares do técnico Rogério Micale. A partida contra o Figueirense será disputada na Vila Belmiro, no próximo domingo às 11hs.

Por Daniel Diomkinas para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Corinthians vence Flamengo e divide a liderança com Palmeiras

Depois de um primeiro tempo instável, o time de Cristóvão Borges envolveu completamente a equipe de Zé Ricardo, no segundo tempo da partida disputada na Arena Corinthians, válida pelo Campeonato Brasileiro.  O Corinthians goleou o Flamengo por 4 a 0, e está na cola do Palmeiras em busca da primeira posição do Campeonato Brasileiro.

 

Foi a terceira vitória seguida do Corinthians pelo Brasileirão.  O resultado começou a ser desenhado aos 14 minutos da segunda etapa.  Marquinhos Gabriel bateu escanteio da esquerda, e Bruno Henrique cabeceou para o meio da área, a zaga rubro-negra afastou mal e Romero ficou com a sobra para marcar 1 a 0.

Aos 32 minutos da segunda etapa, o Corinthians ampliou o placar.  Guilherme recebeu a bola de Romero, e definiu da entrada da área, sem chances para Alex Muralha. Dois minutos mais tarde foi a vez de Rildo deixar sua marca. O ex-ponte-pretano voltava de contusão e deixou o seu. Com um belo voleio de dentro da área, Rildo marcou 3 a 0 para o Timão. Aos 43 minutos do tempo final ainda houve tempo do Corinthians marcar mais um.  Rodriguinho lançou Romero tocar na saída de Alex Muralha e dar números finais ao jogo.

Agora, na próxima rodada do Brasileirão, o Corinthians enfrentará a Chapecoense no sábado, na Arena Condá, em Chapecó; enquanto o Flamengo buscará a reabilitação no dia seguinte, contra o Atlético-MG, em Brasília, no estádio Mané Garrincha.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 X 0 FLAMENGO
Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 3 de julho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Nadine S. Camara Bastos (Fifa-SC)
Público: 32.577 pagantes (total de 32.960)
Renda: R$ 2.025.123,50
Cartões amarelos: Guilherme e Pedro Henrique (Corinthians); Ederson, Márcio Araújo e Guerrero (Flamengo)
Gols: CORINTHIANS: Romero, aos 14 e aos 43, e Guilherme, aos 32, e Rildo, aos 34 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto (Rildo) e Marquinhos Gabriel (Maycon); Luciano (Guilherme)
Técnico: Cristóvão Borges

FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Everton); Marcelo Cirino (Thiago Santos) e Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Por Ivan Marconato para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Palmeiras vence Figueirense e mantém a liderança em casa

O Palmeiras enfrentou o Figueirense nesta quinta-feira (30), em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O Verdão manteve 100% de aproveitamento em casa, pois goleou o Figueirense pelo placar de 4 a 0, que lhe garantiu uma campanha de sete jogos ,20 gols marcados, e apenas quatro tomados.

 Esta foi a terceira vez em que o Palmeiras faz quatro gols jogando em seus domínios. Além da goleada aplicada no Figueirense, o Palmeiras havia feito também 4X0, diante do Atlético Paranaense na estreia do campeonato e 4X3 contra o Grêmio, em jogo válido pela quinta rodada.

 

O time de Palestra foi superior durante todo o jogo. O Alviverde atacava constantemente o adversário. Logo aos sete minutos de jogo, o volante Moises abriu o marcador, após aproveitar o cruzamento de Roger Guedes, de cabeça marcou 1 a 0 para o Verdão.

Após o gol, o Figueirense se retraiu, salvo em uma única chance em que o atacante Dudu obrigou o goleiro do Palmeiras e da Seleção Brasileira, Fernando Prass, a fazer uma bela defesa.
O segundo gol do Palmeirense nasceu mais uma vez em numa jogada de Roger Guedes. Ele avançou pela direita, após receber de Tchê Tchê, articulou um belo passe para Dudu ampliar o placar. A goleada verde foi concluída na segunda etapa. Gabriel Jesus, que também foi convocado para a Seleção Olímpica, fez mais dois tentos para o Palmeiras. O primeiro aos dez minutos, de cabeça, e o quarto do Palmeiras aos 45 minutos. Com mais esses dois gols, Gabriel Jesus se isola na artilharia do Brasileirão. O jovem jogador do Palmeiras marcou oito gols. Gabriel comentou após a partida qual foi o seu gol mais bonito.

“Com certeza foi o de cabeça. Eu falei antes do jogo para o Zé cruzar na minha cabeça, porque eu iria fazer um gol. Hoje fui feliz. É complicado disputar a artilharia do Campeonato Brasileiro, fico muito feliz de marcar gols”; afirmou o atacante. A torcida palmeirense mais uma vez compareceu em grande número ao Allianz Parque. Com público de  32.834 torcedores acompanharam a vitória do líder do campeonato Brasileiro, que chegou aos 25 pontos na classificação.

Após a partida, Cuca afirmou em entrevista coletiva que atribui a boa fase aos jogadores: “Não adianta ter planos, se não houver execução. Ás vezes o time não joga bem, terá que se entender isso. O Cruzeiro foi melhor do que nós, colocamos o rabo entre as pernas e viemos embora. Temos que sempre buscar o equilíbrio em um campeonato que exige a regularidade”; explicou Cuca.

Na próxima segunda-feira, dia 4 de julho, às 20:00hs, o Palmeiras retorna a campo diante do Sport. O jogo será em Recife, no estádio da Ilha do Retiro. Já o último adversário palmeirense – Figueirense receberá o Atlético Mineiro, no próximo domingo (3), às 19h no Estádio Orlando Scarpelli, na cidade de Florianópolis.

Por Erivaldo de Mello para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Grêmio luta para vencer o Santos em Porto Alegre

O Santos foi a Porto Alegre enfrentar o Grêmio em sua Arena, em jogo válido pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da luta, o alvinegro praiano acabou perdendo a partida por 3 a 2, deixando escapar pontos preciosos na briga pelas quatro primeiras colocações do campeonato.

Jogando em casa, o tricolor gaúcho começou com tudo. Logo aos dois minutos, Giuliano abriu o placar. No decorrer da primeira etapa, o Santos equilibrou as ações do jogo; e em boa parte do tempo teve mais posse de bola do que a equipe da casa. No fim do primeiro tempo, o Grêmio chegou ao segundo gol. Douglas aproveitou rebote do goleiro Wanderlei e fez o segundo do Grêmio.

 

Com dois a zero no placar, esperava-se que o segundo tempo fosse morno sem grandes emoções, mas aconteceu justamente o contrário. Com o placar desfavorável, a estrela do técnico Dorival Junior brilhou, pois ele mandou a campo o atacante Copete, que foi contratado junto ao Atlético Nacional. Logo aos 19 minutos, o colombiano aproveitou confusão na área gremista e fez o dele. Depois deste gol, o Santos comandou a partida completamente, e chegou ao empate com Zeca aos 37 minutos da segunda etapa. Entretanto, no finalzinho do segundo tempo, quando o placar parecida definido, após erro na saída de bola da defesa do Santos, o lateral-esquerdo Marcelo Hermes entrou na área, e fez 3 a 2 para o Grêmio.

Mesmo com o resultado, Dorival Junior gostou do desempenho da equipe ‘’ Chegamos ao empate e queríamos a vitória. Fomos para cima, nos abrimos, e infelizmente fomos penalizados no fim. Não tenho o que lamentar, mas, sim, enaltecer o que foi feito em campo. A reação depois de um 2 a 0, buscando o gol a todo o momento’’; disse Dorival Junior. O atacante colombiano Copete recebeu elogios após marcar logo na estreia com a camisa do Peixe ‘’ O Copete fez uma bela estreia, foi muito bem, fico feliz por esse momento inicial. Que ele mantenha tudo isso, e que seja mais um jogador confirmando suas características, para que a equipe ganhe mais uma peça importante para a temporada’’; afirmou o técnico do Santos.  Com o resultado, o Santos fica na 5° posição com 19 pontos. O Peixe volta a campo no próximo domingo quando recebe a Chapecoense na Vila Belmiro às 16h horário de Brasília.

Por Daniel Diomkinas Matos para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Palmeiras goleia Atlético-PR na estreia do Brasileirão

Nem o mais otimista dos palmeirenses esperava por essa. Depois de ser eliminado na semifinal do Paulistão, perdendo para o Santos, e tendo 19 dias exclusivos para treinamento, o Palmeiras voltou a campo na tarde desde sábado (14), e goleou o Atlético Paranaense, por 4 a 0 no Allianz Parque.  O Palmeiras foi superior durante toda a partida, e o esquema armado pelo técnico Cuca, não deu chances ao Atlético, que tinha Paulo Autuori no banco de reservas.

Cleiton Xavier teve importância fundamental na vitória do Palmeiras. O meia palmeirense participou de 3 dos quatro gols marcados pelo Verdão.  No primeiro deles, aos 19 minutos da primeira etapa, Xavier cruzou da esquerda, e o meia-atacante Roger Guedes dividiu com Thiago Heleno para empurrar para as redes. Desta forma, com a vantagem de um gol, o Palmeiras levaria o resultado para a segunda etapa.

E assim que segundo tempo começou, o Palmeiras marcaria o segundo gol.  A um minuto do tempo final, Gabriel Jesus ampliou.  O jovem atacante aproveitou cruzamento da esquerda feito por Cleiton Xavier, e aliado ao cochilo da zaga atleticana, empurrou para as redes.   Seis minutos depois, foi a vez de Thiago Martins deixar sua marca. Cleiton Xavier, de novo, cobrou escanteio no primeiro pau, e de cabeça, o zagueiro palmeirense não deu chances ao goleiro Weverton, marcando o terceiro do Palmeiras. Aos 41 minutos da segunda etapa, Gabriel Jesus recebeu lançamento na faixa central do campo, avançou pelo meio, e com os zagueiros do Furacão parados, deu números finais ao jogo.

Pouco mais de 33 mil palmeirenses saíram felizes do Allianz Parque após a vitória alviverde, que marcou a estreia do lateral direito Tche Tche, contratado junto ao Grêmio Osasco Audax.  Ele, revezando de função com o volante Jean, executou várias jogadas de ataque alternando subidas pelo meio campo e pela lateral. Jogadas treinadas durante a Inter temporada que o Palmeiras teve desde a eliminação no Paulistão.

Agora, o Palmeiras volta a campo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro dentro de uma semana. O Verdão vai a Campinas, enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, no próximo sábado, 21 de Maio às 16 horas. Já o Atlético PR receberá o xará Atlético Mineiro, no domingo, 22 de Maio, às 11 da manhã.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 x 0 ATLÉTICO-PR

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 14/05/2016 (sábado)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ)

Público presente: 33.629

Renda: R$ 2.078.159,34

Cartões amarelos: Lucas Barrios (Palmeiras); Paulo André, Walter, Léo, Nikão (Atlético-PR)

Cartão vermelho: Léo (Atlético-PR)

Gols: Roger Guedes, aos 19min do primeiro tempo; Gabriel Jesus, a 1min, Thiago Martins, aos 7min, Gabriel Jesus, aos 41min do segundo tempo

PALMEIRAS

Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Matheus Sales, Jean, Róger Guedes (Rafael Marques), Cleiton Xavier (Moisés) e Gabriel Jesus; Barrios (Alecsandro). Técnico: Cuca

ATLÉTICO-PR

Weverton; Léo, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Jadson (Hernani), Otávio, Vinícius (Pablo) e Nikão; Ewandro e Walter. Técnico: Paulo Autuori

Por Ivan Marconato via site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)

Confira os resultados e a classificação do Brasileirão

Foto: facebook.com/saopaulofc

Foto:
facebook.com/saopaulofc

O Campeonato Brasileiro teve a sua sua 31° rodada finalizada neste final de semana, e os resultados foram favoráveis ao Corinthians que venceu o Atlético Parananense por 4 x 1 no Paraná e contou com as derrotas do Atlético Mineiro por 4 x 1 para o Sport e a derrota do Grêmio de 3 x 2 para a Chapecoense.

Desta forma a vantagem do Timão saltou de cinco para oito pontos faltando seis rodada para o término do campeonato. Se a disputa pelo título tem os paulistas isolados, a disputa pelo rebaixamento mais acirrada do que nunca, São Paulo e Vasco da Gama empataram em 2 x 2 no Morumbi e voltou a lanterna graças a vitória do Joinville sobre o Figueirense por 1 x o.

Coritiba e Goiás que perderam respectivamente para Ponte Preta e Santos na rodada são as outras duas equipes no Z4.

Confira os resultados da 32° rodada:

Avaí 1 x 3 Palmeiras

Joinville 1 x 0 Figueirense

Ponte Preta 3 x 0 Coritiba

Cruzeiro 2 x 0 Fluminense

São Paulo 2 x 2 Vasco da Gama

Atlético-PR 1 x 4 Corinthians

Flamengo 0 x 1 Internacional

Santos 3 x 1 Goiás

Grêmio 2 x 3 Chapecoense

Sport 4 x 1 Atlético-MG

Classificação

P J V E D GP GC SG %
1 Corinthians 67 31 20 7 4 57 25 32 72
2 Atlético-MG 59 31 18 5 8 54 35 19 63
3 Grêmio 55 31 16 7 8 45 29 16 59
4 Santos 49 31 14 7 10 52 37 15 52
5 Palmeiras 48 31 14 6 11 53 38 15 51
6 São Paulo 47 31 13 8 10 38 34 4 50
7 Internacional 47 31 13 8 10 32 34 -2 50
8 Ponte Preta 47 31 12 11 8 38 33 5 50
9 Sport 46 31 11 13 7 47 32 15 49
10 Flamengo 44 31 14 2 15 39 43 -4 47
11 Cruzeiro 41 31 11 8 12 33 30 3 44
12 Fluminense 40 31 12 4 15 33 41 -8 43
13 Atlético-PR 39 31 11 6 14 33 39 -6 41
14 Chapecoense 38 31 10 8 13 29 36 -7 40
15 Figueirense 34 31 9 7 15 31 45 -14 36
16 Avaí 33 31 9 6 16 31 52 -21 35
17 Coritiba 33 31 8 9 14 22 36 -14 35
18 Goiás 31 31 8 7 16 30 36 -6 33
19 Joinville 30 31 7 9 15 24 37 -13 32
20 Vasco 29 31 7 8 16 22 51 -29 31

A 32° rodada do Brasileirão acontece no final de semana con destaque para o duelo entre Corinthians x Flamengo em São Paulo, no domingo e  Palmeiras  x Sport, também em São Paulo, mas no sábado.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / corinthians.com.br

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / corinthians.com.br

O Campeonato Brasileiro teve a realização da sua 28° rodada no último final de semana e o Corinthians conseguiu ampliar a sua vantagem na liderança, isso porque o time paulista venceu o Figueirense em Santa Catarina por 3 x 1 e o Atlético-MG  empatou com o Joinville em 2 x 2, também em solo catarinense. Desta forma os paulista abriu sete pontos de vantagem sobre os mineiros.

Em São Paulo, Tricolor e Verdão ficaram no 1 x 1 após falha na saída de bola de Ceni no final da partida que culminou no empate através de Robinho. No Rio de Janeiro o Vasco da Gama venceu mais uma, 2 x 1de virada sobre o Flamengo e mantém a esperança de deixar a zona de rebaixamento.

Confira os resultados da 28° rodada:

Fluminense 2 x 0 Goiás

Grêmio 3 x 1 Avaí

Santos 3 x 1 Internacional

Atlético-PR 1 x 2 Ponte Preta

São Paulo 1 x 1 Palmeiras

Figueirense 1 x 3 Corinthians

Joinville 2 x 2 Atlético-MG

Flamengo 1 x 2 Vasco da Gama

Cruzeiro 2 x 0 Coritiba

Classificação

P J V E D GP GC SG %
1 Corinthians 60 28 18 6 4 48 22 26 71
2 Atlético-MG 53 28 16 5 7 48 30 18 63
3 Grêmio 51 28 15 6 7 42 26 16 60
4 Palmeiras 45 28 13 6 9 49 31 18 53
5 Santos 43 28 12 7 9 46 34 12 51
6 São Paulo 43 28 12 7 9 35 30 5 51
7 Flamengo 41 28 13 2 13 37 39 -2 48
8 Internacional 41 28 11 8 9 28 31 -3 48
9 Ponte Preta 40 28 10 10 8 32 31 1 47
10 Sport-PE 40 28 9 13 6 39 29 10 47
11 Atlético-PR 38 28 11 5 12 30 32 -2 45
12 Fluminense 37 28 11 4 13 30 36 -6 44
13 Cruzeiro 36 28 10 6 12 29 28 1 42
14 Coritiba 33 28 8 9 11 21 27 -6 39
15 Avaí 32 28 9 5 14 29 45 -16 38
16 Goiás 31 28 8 7 13 27 27 0 36
17 Chapecoense 31 28 8 7 13 20 32 -12 36
18 Figueirense 28 28 7 7 14 25 42 -17 33
19 Vasco 26 28 7 5 16 18 47 -29 30
20 Joinville 24 28 5 9 14 20 34 -14 28

A próxima rodada do nacional acontece no final de semana com destaque para os duelos entre Internacional x Sport e Cruzeiro x Grêmio.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan