Campeã brasileira de ciclismo é pega no doping

Foto: Divulgação / folhavitoria.com.br

Foto: Divulgação / folhavitoria.com.br

Não é de agora que doping vem assombrando o ciclismo. Depois de muitos casos ao redor do mundo, o ciclismo nacional também foi afetado. A campeã brasileira de ciclismo de estrada, Marcia Fernandes de 23 anos foi pega no doping no dia 28 de junho deste ano, data em que a mesma conquistou conquistou o título nacional.

O teste da atleta atestou positivo para o uso de EPO (eritropoietina), um hormônio que é produzido pelos rins e  que estimula o aumento da produção de células vermelhas do sangue e consequentemente aumenta a resistência da atleta.

No ultimo dia 15 de outubro a Comissão Anti-Doping  da Confederação Brasileira de Ciclismo suspendeu Fernandes por 2 anos, o que a deixa fora do ciclo olímpico do Rio 2016. A atleta não recorreu da decisão e informou a Confederação que não faria o exame de contra prova.

Mas não para por ai, a também campeã brasileira sub 23 do ciclismo feminino brasileiro, Nayara Gomes Ramos também foi pega no doping pelo uso da mesma substância, EPO, e da mesma forma que Marcia acabou suspensa por 2 anos, Nayara também decidiu não realizar o exame de contra prova, o que significa de certa forma que  as atletas fizeram uso da substância.

Doping na natação

Não é apenas no ciclismo que o doping está presente. O nadador Evandro Vinicius dos Santos Silva foi pego no exame anti-doping na disputa do Troféu José Finkel. Evandro que conquistou a medalha de bronze na disputa dos 400 metros medley na competição foi pego pela utilização de dois esteróides o metiltestosterona e clortalidona.

Da mesma forma que as ciclistas o nadador se recusou a fazer o exame de contra prova, mas solicitou fazer sua defesa por escrito juntamente a Federação Internacional de Natação. O atleta está suspenso por 2 anos a partir do dia 14 de outubro de 2014, ou seja, é mais um que perderá a disputa do ciclo olímpico, caso não consiga comprovar sua inocência.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Ciclista é pego no doping por ingerir carne contaminada

O mundo co ciclismo foi assolado com a quantidade de atletas pegos no doping a algum tempo, mas a noticia de que o australiano Michael Rogers tinha sido pego no final do ano passado desanimou de vez os amantes do esporte.

Foto crédito: Eurosport/AFP/es.eurosport.yahoo.com

Foto crédito: Eurosport/AFP/es.eurosport.yahoo.com

Acontece que Rogers, foi pego no doping pela utilização de  clembuterol, substância que aumenta os músculos e queima gordura, na Volta do Japão em 2013, competição que ele venceu. A UCI (União Ciclista Internacional), chegou a suspender o ciclista que entrou com um recurso alegando sua inocência, e provou que competiu na China antes de ir para o Japão em outubro do ano passado.

 Segundo o ciclista, ele ingeriu carne contaminada no país asiático e por isso atestou no doping. A entidade máxima do ciclismo divulgou uma nota liberando o atleta de qualquer suspensão, “A UCI procedeu à desqualificação automática dos resultados obtidos por Rogers na Japan Cup Cycle Road Race 2013 (a corrida em que a amostra positiva foi recolhida), mas depois de consultar a AMA [Agência Mundial Antidopagem] nenhuma sanção adicional será aplicada”.

 

Michael Rogers é tricampeão mundial de ciclismo de estrada, na modalidade contra o relógio, tendo conquistado os títulos em 2003, 2004 e 2005.

Essa é uma grande noticia para o esporte.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Horner vence a 68° volta da Espanha

Nos últimos meses quando ouvimos falar em ciclismo ou em volta da França o que nos vem a mente é Lance Armstrong e  todo o escândalo envolvendo o doping no ciclismo, mas o esporte sobrevive, não existem apenas competidores que utilizam substancias proibidas, e neste final de semana tivemos a decisão da 68° edição de um dos circuitos mais difíceis do mundo para as bikes.

Campeão

Neste final de semana Christopher Horner de 41 anos conquistou o título da Volta da Espanha de ciclismo aos chegar em 20° lugar na etapa entre Avilés e Anto de L’Angliru, uma etapa de serras, montanhas e muita, mas muita subida com neblina.

foto fonte: telegraph.co.uk

foto fonte: telegraph.co.uk

O norte americano que completará 42 anos no próximo mês venceu duas etapa da disputa, mas o que marcou o seu título foi a grande regularidade durante toda as disputa. O italiano Vicenzo Nibali até que tentou  e muito, mas não conseguiu e deve ficar com o segundo lugar, pois chegou em quarto na etapa deste final de semana.

Neste domingo a última e simbólica etapa será disputa em Madri e serão divulgados os tempo corrigidos e teremos o premiação dos vencedores, completando assim a distância de 3.319 mil km de distância.

Parabéns a todos os competidores que estão buscando colocar o ciclismo de volta em seu lugar de honra, lugar da onde ele foi arrancado.

Deixe a sua opinião, teremos o maior prazer em responde-lo.

por: Matheus Furlan

Brasileiro bem na Argentina

O brasileiro Alex Diniz foi muito bem no Tour de San Luis na Argentina. O brasileiro completou a prova a 39 segundos do lider e conquistou a terceira posição no geral ficando a frente de uma grande nome do ciclismo mundial, o espanhol Alberto Contador que ficou em quarto lugar.

foto fonte: praquempedala.com.br

foto fonte: praquempedala.com.br

O ganahdor foi o argetino Daniel Diaz com 24 horas 03 minutos e 16 segundos, o segundo colocado foi Tejay Van Garderen dos Estados Unidos a 33 segundos do lider e o brsileiro Diniz a6 segundos do americano.

Muito bem garoto…

Deixe a sua opinião. Teremos o maior prazer em responde-lo.

por: Matheus Furlan

Morre ciclista brasileiro

É com grande pesar que informamos a morte do ciclista brasileiro João Schwindt de 35 anos.

Brasileiro conquistou a medalaha de ouro no para-panamericano no México

Brasileiro conquistou a medalaha de ouro no para-panamericano no México.

foto fonte: globoesporte.globo.com

O ciclista que ficou deficiente aos 14 anos após ser atropelado, faleceu em um acidente de moto em Corumbá(GO), nesta quinta feira.

João alberto Schwindt Filho teve várias conquistas durante a sua carreira,  mas a sua grande foi o exemplo de luta pela vida.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos.

por: Matheus Furlan e Guilherme Dorini