Pelo Brasileirão, São Paulo vai a Campinas e perde para a Ponte Preta

Edgardo Bauza, técnico do São Paulo, optou por escalar um time reserva no jogo contra a Ponte Preta, neste domingo (03) no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. O Tricolor Paulista sofreu a maior parte do jogo, por conta da expulsão de Matheus Reis, que levou o cartão vermelho aos sete minutos do primeiro tempo. Clayson, aos 12 minutos do segundo tempo, foi o autor do gol da Ponte, que deu números finais ao jogo.

 

Durante o jogo, o técnico do São Paulo ficou revoltado após o árbitro Vinicius Furlan, voltar atrás no lance de falta, em jogada envolvendo o lateral Matheus Reis em Matheus Jesus, da Ponte Preta. Inicialmente, o árbitro advertiu o lateral são-paulino como cartão amarelo, mas ao se aproximar do jogador da Ponte Preta, voltou atrás e expulsou o são-paulino. A decisão revoltou o técnico Edgardo Bauza que também acabou expulso.

O resultado deixou a Ponte com 20 pontos ganhos na oitava posição do Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo estacionou na décima posição, com 18 pontos. Agora, o São Paulo muda a chave, para pegar o Atlético Nacional de Medellin, em jogo válido pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, no estádio do Morumbi. No Campeonato Brasileiro, o Tricolor pegará o América Mineiro, também em seu estádio. Já a Ponte Preta jogará novamente em casa, no próximo sábado receberá o Sport, pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:
PONTE PRETA 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 3 de julho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Furlan (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Fabrício Porfírio de Moura (ambos de SP)
Cartões amarelos: Matheus Jesus, Fábio Ferreira e Renê Júnior (Ponte Preta); Wesley e Ytalo (São Paulo)
Cartão vermelho: Matheus Reis (São Paulo)

GOL:
PONTE PRETA: Clayson, aos 12 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Douglas Grolli e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Thiago Galhardo) e Matheus Jesus (Ravanelli); Wellington Paulista, Clayson e William Pottker (Roger)
Técnico: Eduardo Baptista

SÃO PAULO: Denis; Caramelo (Calleri), Lugano, Lyanco e Matheus Reis; Artur, Wesley e Cueva; Centurión (Ytalo), Luiz Araújo (Carlinhos) e Alan Kardec
Técnico: Edgardo Bauza

Por Ivan Marconato para o site Jogo em Pauta (www.jogoempauta.com)
Anúncios

Ponte Preta faz grande primeiro tempo e derrota Santos em Campinas

Foto: Marcos Ribolli / globoesporte.globo.com

Foto: Marcos Ribolli / globoesporte.globo.com

No duelo entre os alvi-negros em Campinas quem se deu melhor foi a Ponte Preta que começou a partida pressionando o Santos de todas as formas possíveis. O goleiro do Peixe, Vanderlei foi bem exigido no inicio da partida.

Renato Cajá, Biro Biro e Rildo criaram oportunidades, mas somente aos 29 minutos após belo cruzamento da direita, de Cajá, Biro Biro dominou no costado da defesa e sem marcação chutou para anotar Ponte Preta 1 x 0. O Peixe teve a oportunidade de empatar mas Gabriel acabou desperdiçando a oportunidade e no minutos seguinte, novamente Renato Cajá levantou bola na área santista, Bruno Silva apareceu sozinho para finalizar, na primeira o goleiro Vanderlei defendeu, mas não segurou a bola e o próprio Bruno Silva empurrou para as redes, Ponte Preta 2 x 0 aos 36 minutos na primeira etapa.

Logo no inicio do segundo tempo o Santos descontou com Gabriel que aproveitou cruzamento vindo da esquerda em rebote dado pelo goleiro João Carlos que fez uma grande defesa no lance anterior na cabeçada de Ricardo Oliveira, Ponte Preta 2 x 1 Santos com menos de um minuto da segunda etapa.

Mas não demorou muito para a Macaca mostrar que mandava na partida e aos cinco minutos, Rildo recebeu a bola na entrada da área, dominou e teve tempo de olhar e escolher o canto para finalizar e fazer Ponte Preta 3 x 1.

Com esse resultado a Ponte Preta dá um passo importante para a classificação a próxima fase do Paulistão 2015 uma vez que a Macaca chega aos aos 24 pontos em 12 partidas e esta em segundo lugar no grupo B atrás do Corinthians, já o Santos é líder absoluto do grupo D com 29 pontos em 12 jogos e esta mais do que classificado.

Confira os resultados da 12° rodada do estadual paulista:

terça feira, 24:

Botafogo 0 x 0 Ituano (12° rodada)

Rio Claro 1 x 1 XV de Piracicaba (12° rodada)

quarta feira, 25:

Marília 0 x 2 Red Bull Brasil

Audax 3 x 0 Capivariano

Linense 1 x 0 Mogi Mirim

Palmeiras 3 x 0 São Paulo

quinta feira, 26:

São Bento 0 x 0 Bragantino

Corinthians 5 x 3 Penapolense

Ponte Preta 3 x 1 Santos

Portuguesa x São Bernardo, adiado para o dia 31/3.

A próxima rodada do estadual já começa no próximo sábado e com as equipes grandes do estado praticamente classificadas a pergunta que fica é, quem serão os seus adversários na próxima fase do Paulistão 2015?

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Palmeiras perde para Ponte Preta no Paulistão 2015

Foto: Marcos Ribolli / globoesporte.globo.com

Foto: Marcos Ribolli / globoesporte.globo.com

Na noite desta quinta feria, o Palmeiras recebeu a Ponte Preta no Allianz Parque e com um time bem menos criativo do que contra o Red Bull Brasil, acabou derrotado pela equipe campineira por 1 x 0.

A partida começou bem para abas as equipe e o Verdão até chegou a abrir o placar, mas o tento foi anulado pela arbitragem após a marcação de falta dentro da pequena área, onde o jogador Leandro Pereira do Palmeiras desloca o jogador da Ponte.

A partida ganhou emoção e ambas as equipes tiveram oportunidades de abrir  o placar, mas foi a Macaca que conseguiu inaugurar o marcador. Roni fez boa jogada pela direita e finalizou, Prass defendeu e a bola sobrou para Wanderson que sem goleiro abriu o placar, Ponte Preta 1 x 0.

A equipe visitante teve oportunidade de ampliar, Roni dentro da pequena área acertou o travessão, mas a bola não entrou. Alan Patrick e Dudu tiveram oportunidades de empatar a partida, mas o jogo ficou no 1 x 0 para a Ponte Preta.

Confira os resultados da segunda rodada do Paulistão 2015:

São Bernardo 2 x 1 XV de Piracicaba

Botafogo-SP 1 x 1 Audax-SP

Ituano 1 x 0 Bragantino

Portuguesa 2 x 2 São Bento

São Paulo 4 x 2 Capivariano

Marília 1 x 2 Rio Claro

Red Bull Brasil 1 x 1 Penapolense

Mogi Mirim 0 x 0 Santos

Palmeiras 0 x 1 Ponte Preta

Em razão de estar disputando a primeira fase da Libertadores da América 2015,  o jogo do Corinthians que seria diante do Linense no interior paulista foi adiado para o dia 26 de fevereiro às 21 horas em Lins.

O Paulistão volta a campo neste final de semana com a rodada completa e destaque para o clássico entre Palmeiras x Corinthians que acontece no domingo, às 17 horas.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Portuguesa vence, Ponte Preta volta a elite

Muito ainda questionam como a Portuguesa conseguiu ir tão mal da disputa da Série B do Brasileirão. A equipe que já esta matematicamente rebaixada para a Série C teve pouquíssimo resultados positivos, tanto que a sua quarta vitória na competição aconteceu neste sábado diante do Luverdense no Canindé, 1 x 0, gol de Luan de cabeça no início da segunda etapa.

 

A vitória é uma tentativa da Lusa encerrar a sua participação na segundona de forma honrada, mas acima de tudo pensando já em voltar a divisão de acesso a elite do futebol nacional. Os paulistas somam 24 pontos em 34 jogos com apenas 4 vitórias, 12 empates e 18 derrotas, já o Luverdense aparece em 11° lugar com 46 pontos conquistados.

Ponte Preta volta a Série A

Depois do Joinville, a Ponte Preta também garantiu a sua vaga na Série A do Brasileirão 2015. O acesse veio após a Macaca derrotar o Bragantino fora de casa por 2 x 0, Alexandro em cobrança de pênalti e Roni marcaram para os campineiros que festejaram muito.

 

O confronto contra o Braga foi bem movimentado e os donos da casa foram os primeiros a criar as oportunidades de marcar, e há quem diga que a penalidade que originou o primeiro gol da Ponte Preta não existiu, mas o fato é que depois de uma grande companha, o estado de São Paulo volta a ter cinco representantes na elite do futebol nacional.

Confira os resultados da 34° rodada da Série B:

Avaí 0 x 0 Oeste

Sampaio Corrêa 1 x 2 Joinville

América-RN 1 x 3 Boa Esporte

Ceará 0 x 0 Atlético-GO

Bragantino 0 x 2 Ponte Preta

Vasco da Gama 1 x 0 ABC

Náutico 0 x 0 Santa Cruz

América-MG 1 x 1 Icasa

Portuguesa 1 x 0 Luverdense

Vila Nova 2 x 0  Paraná

CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG %
1 Ponte Preta* 67 34 19 10 5 57 31 26 65
2 Joinville* 66 34 20 6 8 50 29 21 64
3 Vasco 59 34 15 14 5 46 31 15 57
4 Boa Esporte 53 34 16 5 13 47 42 5 51
5 Atlético-GO 53 34 15 8 11 49 43 6 51
6 Avaí 53 34 15 8 11 43 37 6 51
7 Santa Cruz-PE 52 34 13 13 8 47 31 16 50
8 Ceará 51 34 14 9 11 54 50 4 50
9 América-MG 49 34 16 7 11 49 38 11 53
10 Sampaio Corrêa-MA 47 34 11 14 9 48 40 8 46
11 Luverdense-MT 46 34 14 4 16 37 42 -5 45
12 Náutico 46 34 13 7 14 38 43 -5 45
13 ABC-RN 41 34 12 5 17 28 35 -7 40
14 Paraná 41 34 10 11 13 36 40 -4 40
15 Bragantino 39 34 11 6 17 40 52 -12 38
16 Icasa 39 34 10 9 15 29 36 -7 38
17 Oeste 39 34 9 12 13 35 47 -12 38
18 América-RN 36 34 10 6 18 38 47 -9 35
19 Vila Nova-GO 29 34 9 2 23 28 59 -31 28
20 Portuguesa* 24 34 4 12 18 26 52 -26 23

Restam apenas duas vagas para a elite do futebol nacional, quem será que vai se classificar?

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

 

 

 

Portuguesa leva três da Ponte Preta e demite treinador

A situação da Portuguesa estra pior a cada rodada que se passa. Na última sexta feira, a Portuguesa recebeu a Ponte Preta no Canindé e não viu a cor da bola e acabou derrotada por  3  x 0. Todos os gols da Macaca foram anotados noa segunda etapa sendo um de Rafael Costa e dois de Alexandro.

O detalhe é no primeiro tempo a Lusa jogou direito e segurou a Ponte Preta, não deu muitos espaços, mas o grande problemas de Portuguesa é a falta de criatividade da equipe que não cria e consequentemente acaba perdendo as poucas oportunidades que cria, com isso os adversários vão ganhando força e confiança e acabam derrotando o time da capital paulista.

 

Com mais essa derrota, a situação do treinador do Vagner Benazzi ficou insustentável e o treinador acabou demitido do cargo após oito partidas, sendo que foram quadro empates e quatro derrotas. Com a saída de Benazzi foram cinco treinadores que já passaram pelo comando da Lusa e agora quem assume o comando técnico é José Augusto que comanda o sub 20 da Lusa e que fica até o final da Série B.

Com esse resultado a Lusa soma apenas 21 pontos em 30 jogos, a equipe esta a 14 pontos do primeiro time que esta fora da zona de rebaixamento que é o Oeste que soma 35 pontos. A Ponte Preta segue na liderança da competição com 57 pontos e tem três pontos de vantagem para o segundo colocado que é o Vasco da Gama.

Confira os resultados da  30° rodada da Série B:

Boa Esporte 3 x 0 Vila Nova

Atlético-GO 2 x 0 Avaí

Icasa 0 x 0 Oeste

Portuguesa 0 x 3 Ponte Preta

Paraná 1 x 1 América-MG

Sampaio Corrêa 1 x 1 Náutico

Santa Cruz 1 x 0 Vasco da Gama

Joinville 3 x 0 Ceará

Bragantino 2 x 1 América-RN

ABC-RN 0 x 1 Luverdense

Classificação 

P J V E D GP GC SG %
1 Ponte Preta 57 30 16 9 5 50 29 21 63
2 Joinville 54 30 16 6 8 41 28 13 60
3 Vasco 54 30 14 12 4 43 27 16 60
4 Avaí 52 30 15 7 8 41 28 13 57
5 Ceará 50 30 14 8 8 52 43 9 55
6 Náutico 45 30 13 6 11 36 37 -1 50
7 Santa Cruz-PE 45 30 11 12 7 40 29 11 50
8 Boa Esporte 44 30 13 5 12 38 36 2 48
9 Sampaio Corrêa-MA 44 30 10 14 6 43 33 10 48
10 Atlético-GO 43 30 12 7 11 41 41 0 47
11 América-MG 42 30 14 6 10 43 34 9 53
12 Luverdense-MT 40 30 12 4 14 33 37 -4 44
13 Paraná 37 30 9 10 11 33 35 -2 41
14 Bragantino 36 30 10 6 14 36 44 -8 40
15 ABC-RN 35 30 10 5 15 25 30 -5 38
16 Oeste 35 30 8 11 11 31 43 -12 38
17 América-RN 30 30 8 6 16 33 42 -9 33
18 Icasa 29 30 7 8 15 21 32 -11 32
19 Vila Nova-GO 23 30 7 2 21 20 50 -30 25
20 Portuguesa 21 30 3 12 15 24 46 -22 23

 

A 31° rodada da Série B acontece nos dias 21 e 28 de outubro. A Portuguesa vai enfrentar o Paraná Clube no Paraná, já a Ponte Preta recebe o Avaí em Campinas.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Ponte Preta empata, Portuguesa perde mais uma

Dois times paulistas estão em situações extremamente opostas na Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto a Ponte Preta é líder, a Portuguesa figura na última colocação e vê a Série C ficar mais próxima a cada rodada.

Empate, mas liderança assegurada

A Ponte Preta recebeu o Santa Cruz no Moisés Lucarelli e apenas empatou com o time pernambucano. Vendo pela tabela, o resultado foi muito ruim, mas dentro de campo até que a situação não foi das piores, porque a Macaca começou perdendo e conseguiu empatar com Jonathan Cafu.

 

É verdade que o time campineiro jogou bem abaixo do que era esperado, principalmente na primeira etapa, quando levou o gol. O fato é que o resultado de 1 x 1 manteve a Ponte na primeira colocação da Série B, o que é de suma importância para um time que quer voltar à elite do futebol nacional.

Nova derrota e rebaixamento ainda mais próximo

A Portuguesa entrou em campo em uma situação muito complexa. Os lusitanos precisavam vencer para poder diminuir a diferença para sair da zona de rebaixamento, que era de 12 pontos. Mesmo assim, a pressionada Lusa perdeu para o América Mineiro por 3 x 1, fora de casa, e continuou na lanterna.

 

A sorte dos paulistanos é que algumas equipes da parte de baixo da tabela não venceram também, como o Bragantino, que agora é o 16º colocado.

Resultados da rodada

Sexta-feira

(15°) Oeste 1 x 2 Atlético-GO (10°)
(2°) Vasco 2 x 0 Boa Esporte (9°)
(5°) Ceará 1 x 0 Bragantino (16°)
(19°) Vila Nova 0 x 1 Joinville (4°)

Sábado

(1°) Ponte Preta 1 x 1 Santa Cruz (11°)
(6°) Náutico 2 x 1 ABC (14°)
(8°) América-MG 3 x 1 Portuguesa (20°)
(17°) América-RN 2 x 2 Sampaio Corrêa (7°)
(12°) Luverdense 0 x 2 Paraná (13°)
(3°) Avaí 1 x 0 Icasa (18°)

A próxima rodada da Série B acontecerá de maneira bem separada, com jogos na terça-feira, na sexta-feira e no sábado. Isso acontecerá por conta da Copa do Brasil, que será disputada no meio desta semana, contando com times da competição, como ABC e América-RN.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Ponte Preta vence Ceará e assume liderança na Série B

A Ponte Preta assumiu a liderança na Série B após a 26ª rodada , que foi disputada neste final de semana. O time campineiro recebeu o Ceará, que foi líder por muitas rodadas na competição, e venceu por 3 x 1 com gols de Adrianinho, Wellington Carvalho (contra) e João Paulo. Os cearenses diminuíram com Sandro já nos acréscimos do 2° tempo.

O resultado fez com que a Ponte Preta alcançasse 49 pontos e ficasse empatado com o Avaí, que venceu o Boa Esporte por 2 x 0. O empate das equipes não ficou apenas na pontuação, mas no número de vitórias (14), empates (7), derrotas (5) e de saldo de gols (17). Com isso a decisão da liderança ficou nos gols feitos, quesito em que os paulistas têm 43, contra 39 dos catarinenses.

 

Jogando o futebol que está, a Ponte passa a ser uma das grandes favoritas a voltar à Série A em 2015. Bom lembrar que em 2013 os campineiros viram que a situação estava difícil no Brasileirão e “deixaram” o torneio de lado, concentrando-se na Copa Sul-Americana, que a equipe chegou na decisão e perdeu nos detalhes para o Lanús. Mais do que merecida a volta da Macaca à elite do futebol nacional.

Resultados da 26ª rodada

Sexta-feira

(8°) Náutico 3 x 1 Paraná (14°)
(10°) Luverdense 0 x 1 Sampaio Corrêa (7°)
(16°) América-RN 0 x 1 Vila Nova (18°)
(4°) Vasco 2 x 0 Joinville (3°)

Sábado

(15°) Oeste 4 x 1 Bragantino (13°)
(1°) Ponte Preta 3 x 1 Ceará (5°)
(2°) Avaí 2 x 0 Boa Esporte (6°)
(20°) América-MG 1 x 0 Santa Cruz (11°)
(17°) Icasa 1 x 0 ABC (12°)
(9°) Atlético-GO 2 x 1 Portuguesa (19°)

A próxima rodada da Série B acontecerá em 3 dias diferentes, terça-feira, sexta-feira e sábado, afinal o meio de semana será de disputa de quartas de final da Copa do Brasil.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Lusa retorna à Série B com um empate contra a Ponte Preta

Com o final da Copa do Mundo, o Campeonato Brasileiro voltou com tudo. Nessa terça-feira, a Série B teve uma rodada cheia (a 11ª), com 10 jogos, um deles o confronte de paulistas entre Ponte Preta e Portuguesa, em Campinas.

Foto: Rodrigo Villalba/Futura Press/globoesporte.com

Foto crédito: Rodrigo Villalba/Futura Press/globoesporte.com

Obviamente que o nível da partida não passou perto do que vimos na Copa (sim, estamos mal-acostumados), mas a disputa foi grande, até porque os ponte pretanos queriam alcançar o G-4 e os lusitanos, sair da zona de rebaixamento. No final, as duas equipes se frustaram com o 0 x 0, que foi ruim para ambos.

Pelas circunstâncias, o resultado não foi tão ruim para a Lusa, porque o goleiro Rafael Santos, que estreou no gol da equipe, teve uma ótima atuação, salvando três bolas importantes, duas de Alexandro e uma de Daniel Borges, que tentou surpreender o arqueiro com um gol olímpico.

Com o placar, a Ponte Preta caiu para o 8° lugar, com 17 pontos. Já a Portuguesa continuou na 18ª posição, com 10.

Resultados da rodada

(8°) Ponte Preta 0 x 0 Portuguesa (18°)
(12°) Náutico 1 x 0 Sampaio Corrêa (10°)
(6°) Avaí 2 x 1 Atlético-GO (16°)
(20°) Vila Nova 0 x 2 Boa Esporte (14°)
(4°) América-MG 1 x 0 Paraná (19°)
(15°) Oeste 0 x 0 Icasa (13°)
(7°) Vasco 4 x 1 Santa Cruz (11°)
(2°) Luverdense 3 x 1 ABC (5°)
(3°) Ceará 1 x 3 Joinville (1°)
(9°) América-RN 4 x 2 Bragantino (17°)

A próxima rodada começa na sexta-feira com 4 jogos e termina no sábado com os outros 6. O destaque fica por conta do Vasco, que poderá voltara atuar em São Januário contando com torcida, após a punição por conta da briga entre torcidas do clube carioca e do Atlético Paranaense na última rodada do Brasileirão 2013. Isso será um grande reforço para os vascaínos, que chagarão embalados pela goleada, de virada, em cima do Santa Cruz.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Paulistão: hoje Verdão x Macaca

Imagem: esportejundiai.com

Imagem: esportejundiai.com

A 14° rodada do Paulistão Chevrolet 2014 começa neste sábado com grande destaque para a duelo entre Palmeiras x Ponte Preta, às 16 horas no estádio do Pacaembu em São Paulo.

O Verdão já esta classificado a muito tempo e não conseguiu eliminar o jogo de volta da Copa do Brasil no meio de semana diante do Vilhena, mas Gilson Kleina esta de olho na partida de hoje e faz mistério para a equipe titular que entrará em campo hoje.

Com Wesley praticamente fora da partida, muitas são as opções do treinador para esta partida e por isso de olho no departamento médico Kleina não divulgou nem uma prévia para a partida, o fato certeiro é que Fernando Prass estará na meta e Marcelo Oliveira esta suspenso por ter sido expulso na partida diante do Paulista na última rodada.

Mas dá para ariscar uma provável equipe com Fernando Prass, Wendel, Lucio, Wellington, Juninho; França, Eguren, Patrick Vieira, Váldivia; Leandro e Alan Kardec.

Imagem crédito: culturalgame.com.br

Imagem crédito: culturalgame.com.br

Enquanto um esta classificado a Ponte Preta busca a conformação da sua classificação. Segunda colocada no grupo C com 24, a Macaca precisa de um empate para se garantir e torce para que o São Bernardo não vence sua partida diante do Bragantino. Caso a Ponte seja derrotada e o time do ABC também a vaga fica com os campineiros, um quadro bem favorável.

A Macaca se garantiu na próxima fase da Copa do Brasil ao derrotar o Náutico-RR coma equipe reserva e terá força máxima e descansada para a partida de logo mais, com isso o técnico Vadão deve mandar a campo: Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva, Fernando Bob e Adrianinho; Silvinho, Antônio Flávio e Alemão.

Um duelo que promete ser bem interessante no Pacaembu.

Confira os jogos deste sábado:

Palmeiras x Ponte Preta, às 16 horas em São Paulo;

Bragantino x São Bernardo, às 18:30 em Bragança Paulista

Linense x Botafogo, às 18:30 em Lins

Atlético Sorocaba x XV de Piracicaba, às 18:30  em Sorocaba;

Curta nossa página no Facebook. http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Lanús passa pela Ponte e chega à Libertadores

imagem fonte: www.foxsports.com.br

imagem fonte: foxsports.com.br

A segunda partida da grande decisão da Copa Sul-Americana aconteceu ontem, na Argentina. Para levantar a taça, as equipes precisavam vencer, afinal qualquer empate levava à prorrogação (a primeira partida terminou com o placar de 1 x 1  e os gols fora de casa não fazem parte dos critérios da decisão).

A Ponte Preta começou bem e teve a primeira chance do jogo em uma falta de Fellipe Bastos, mas foi só isso na primeira etapa. Daí em diante a equipe sentiu a ausência do suspenso Uendell, que foi muito importante durante todo o torneio continental.

Sem muitas dificuldades, o Lanús abriu o placar com Victor Ayala, que roubou a bola no meio, tocou para Blanco, que devolveu para o volante dentro da área completar para as redes.

Parecia ruim, mas piorou, e muito. Perto do final da primeira etapa, o técnico Jorginho reclamou de uma falta de Baraka assinalada pelo árbitro, que realmente não foi, e acabou expulso.

O técnico foi para o vestiário e nem assistiu o segundo gol dos argentinos, feito por Blanco. O resultado abalou bastante a Macaca em sua primeira decisão continental.

 

Na segunda etapa a equipe chegou apenas uma vez, em um cruzamento que Rildo não alcançou. Muito pouco para quem precisava pelo menos do empate para levar a partida à prorrogação.

Se a Ponte não chegou, o Lanús teve grandes chances, mas todas pararam em Roberto, que fez uma grande partida.

A derrota foi um placar comum, por ser um time argentino e fora de casa. Mesmo assim, os campineiros saíram de campo muito abalados, afinal o título salvaria a temporada. Bom lembrar que a Ponte Preta caiu para a segunda divisão no campeonato brasileiro e até abriu mão do torneio nacional para vencer a Sul-Americana.

Infelizmente o título não veio, mas a atuação da equipe foi maravilhosa, afinal eliminou os multi-campeões Vélez Sarsfield e São Paulo.

Parabéns para a Ponte Preta! O importante foi ter chegado à decisão e representado o país com muita garra e vontade. O próximo ano será bem melhor, mesmo com as dificuldades que a equipe sofrerá, pois muitos jogadores devem sair.

Foto: veja.abril.com.br

Foto: veja.abril.com.br

O placar faz com que o estado de São Paulo fique sem representantes na Libertadores da América após 15 anos. A última vez foi em 1998.

Quem se deu bem foi o Botafogo, que herdou a última vaga de time brasileiro, pelo 4º lugar conquistado no Brasileirão. Com isso, os representantes verde e amarelos na maior competição do continente são Atlético Mineiro (campeão da Libertadores 2013), Flamengo (campeão da Copa do Brasil), Cruzeiro (campeão brasileiro), Grêmio (2ª colocado), Atlético Paranaense (3º colocado) e Botafogo (4º colocado).

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan