O Tricolor Paulista tenta sair da crise no Morumbi!

fonte foto: espn.com.br

fonte foto: espn.com.br

O São Paulo, para fugir desta crise que o persegue, terá pela frente, hoje, às 19h30, no Morumbi, o Atlético-PR, adversário que já frequentou a zona do rebaixamento, mas que agora sonha com o G-4 depois de seis rodadas de invencibilidade.

Com três empates e sete derrotas, a última delas por 2 a 1 para a Portuguesa, o clube paulista está na penúltima colocação, com apenas nove pontos. Piorando cada vez mais, o tricolor não ganha em casa faz tempo. Já são seis derrotas seguidas no Morumbi. Para tentar acabar com isso, a diretoria anunciou uma promoção de ingressos para atrair a torcida, começando a R$ 2,00 para o sócio-torcedor.

O técnico Paulo Autuori fará duas mudança na equipe. O argentino Clemente Rodríguez treinou na lateral direita para substituir Douglas e, o atacante Luis Fabiano, com inflamação na região lombar, foi cortado de última hora e não jogará, mesmo relacionado. A provável formação é a seguinte: Rogério Ceni, Clemente Rodríguez, Rodrigo Caio, Rafael Toloi e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Lucas Evangelista e Jadson; Osvaldo e Aloísio. Os pendurados para esta partida são Rodrigo Caio e Ganso, que estará no banco de reservas.

Paulo Autuori completou ontem um mês desde que estreou no São Paulo. Os números, porém, não são nada favoráveis: uma vitória, um empate e nada menos que oito derrotas. Em entrevista coletiva no CT da Barra Funda, nesta quarta-feira, o treinador chamou para si a culpa pela fase ruim ainda não ter acabado.

“Fizemos apenas três treinos. Temos de analisar os resultados, eles estão aí. Encaro isso com muita tranquilidade. Não posso ficar divagando sobre coisas que não têm a mínima sustentação. Eu sou o responsável por tudo. Eu assumo”, disse.

Apesar da fase ruim, o treinador vê o São Paulo evoluindo nas últimas partidas.

“Uma coisa que tenho sentido é a capacidade que o grupo está tendo de reagir a esse momento difícil. O jogo contra a Portuguesa foi claro. Uma vitória representaria várias vitórias. Alguns grupos transformam isso (reação) em realidade e outros não. O desafio é mostrar que tipo de grupo nós somos” completou.

Ele também, disse que Rogério Ceni continuará como o cobrador de pênaltis do São Paulo. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda, o técnico Paulo Autuori revelou que foi buscar o histórico do jogador para decidir mantê-lo na função nas próximas partidas do Tricolor na temporada.

Ceni passou a ser questionado depois de perder dois pênaltis consecutivos em pouco mais de uma semana. O jogador errou o primeiro contra o Bayern de Munique, pela Copa Audi, e o segundo diante da Portuguesa, no Canindé, pelo Brasileirão.

Rogério Ceni conivda todos a irem ao Morumbi hoje (assistam abaixo). Como não estou na capital não poderei ir, Mito! Uma pena…

Aposto em uma vitória tricolor para sair da crise. Um 2 a 1, chorado com gols de Jadson e Rogério Ceni de pênalti para calar a boca de todos os que ainda duvidam do camisa 01 do Tricolô! Apostem também no ApostasOnline.com.

REFORÇO NA ZAGA!

fonte foto: br.esporteinterativo.yahoo.com

fonte foto: br.esporteinterativo.yahoo.com

O zagueiro Antônio Carlos irá assinar com o São Paulo nos próximos dias, com a possibilidade inclusive de o clube anunciá-lo até amanhã. Na manhã desta quinta, o jogador viajou à capital paulista, fez exames médicos e foi aprovado. No São Paulo, o jogador é visto como boa opção para suprir uma carência na posição. O time conta no momento com Rafael Tolói, Edson Silva e Paulo Miranda, os dois últimos estão lesionados, além de revelações do clube. Rhodolfo foi emprestado para o Grêmio, e Lúcio está afastado e será negociado.

Uma dúvida: ele está meio fora de forma nesta foto ou é impressão minha? Espero que seja um “grande” impressão!

O São Paulo também fez contatos por Roger Carvalho, que também trabalha com o empresário Eduardo Uram. Mas, por enquanto, a negociação está em um ritmo muito mais lento.

Deixe seus comentários que responderemos em breve.

por: Guilherme Fenelon

Anúncios

Paulo Autuori voltou! Mas será que o campeão também?

fonte foto: spfc.terra.com.br

fonte foto: spfc.terra.com.br

O São Paulo, nesta quinta a tarde, apresentou oficialmente o novo e, conhecido por todos, técnico Paulo Autuori. Acompanhado de toda a cúpula tricolor, o treinador, que assinou contrato até o fim de 2014, agradeceu o convite e demonstrou, logo de cara, aos torcedores e aos novos chefes que está confiante no seu trabalho e na recuperação do time, que perdeu as últimas quatro partidas em casa.

“Com muita satisfação que abraço essa instituição, com o grande objetivo de contribuir, como da última vez. Situações diferentes, em comum apenas a grandeza do São Paulo. Confio na minha capacidade como líder e nos jogadores, para recuperar tanto no Campeonato Brasileiro quanto na Recopa”, disse o novo comandante do time.

Autuori já teve uma passagem de sucesso no time, quando conquistou o título mundial de 2005. Desde, então, outros sete técnicos e mais o interino Milton Cruz se alternaram no comando técnico do clube. O presidente Juvenal Juvêncio reiterou que já havia convidado o profissional antes para retornar. O mandatário espera que com sua vinda, o troca-troca de técnicos acabe no clube tricolor.

Talvez se ele pudesse ter aceito naquelas oportunidades, talvez eu não tivesse sofrido tanta crítica em relação a substituição permanente de técnicos. Mas ele não pode nos atender, até porque o mundo no Qatar difere do nosso, é estrangeiro, não pode se locomover a bel-prazer. Mas o que quero reiterar é que ele já havia recebido convites antes. Agora ele pode aceitar. Então temos uma grande alegria de comunicar que Paulo Autuori, grande vencedor, volta ao Morumbi. E oxalá agora possamos ter uma vinda longa e alvissareira”, disse.

Ele ainda disse sobre o meia Paulo Henrique Ganso, contratado por R$ 24 milhões do Santos, em 2012, e se ele renderá com o novo treinador conforme o esperado.

“A essência do futebol em relação ao jogador é a qualidade técnica. Ganso já mostrou que tem isso de sobra. O jogador tem que ser também um competidor, tem que associar para poder render. Esse é o desafio” e completou: “Acho que é um desafio muito bom. Pior é quando você tem alguém sem qualidade. Nós temos que dar uma resposta positiva o mais rápido possível, para regressar ao caminho que o clube está acostumado. Quando se ganha muito, os momentos difíceis são mais ressaltados”

Autuori chega para substituir Ney Franco, demitido na sexta-feira após a derrota para o Corinthians no jogo de ida da Recopa Sul-Americana. O treinador comentou também que retorna ao São Paulo para ter uma passagem ainda mais vitoriosa do que em 2005, quando sagrou-se campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa.

“Eu tenho que provar muita coisa a mim mesmo. Não quero ser melhor do que ninguém, quero ser melhor do que eu sou. É um desafio e estou pronto para dar uma resposta positiva junto com os verdadeiros protagonistas, que são os jogadores e a torcida. Isso só é possível com a equipe fazendo o que tem que fazer e trazendo a torcida junto. Não vim para ser amado, vim para ser campeão”, finalizou.

O treinador traz com ele o preparador físico Gilvan Santos, que na primeira passagem, em 2005, foi auxiliar, já que Carlinhos Neves era o preparador da equipe. Sérgio Rocha também faz a função e é parte do grupo permanente de funcionários do clube. Com isso, Alexandre Lopes, que havia sido mantido no cargo após a demissão de Ney Franco, será demitido.

Paulo Autuori traz também Rene Weber para o cargo de auxiliar técnico. Os dois se conhecem e trabalham juntos há mais de 30 anos, mas Weber não passou pelo São Paulo na primeira vez que o time foi comandado por Autuori. Milton Cruz, que foi o treinador interino nas duas últimas partidas do São Paulo, volta ao cargo de coordenador técnico. Ele também faz parte da comissão fixa do clube.

 

Fabrício

A chegada do técnico Paulo Autuori, apresentado hoje, deu vida nova ao meio-campista Fabrício. Afastado pelo ex-treinador do Tricolor, Ney Franco, o volante teve o primeiro contato com o restante do elenco após dois meses treinando afastado. Nesta tarde, já sob os cuidados do novo comandante, o camisa 25 pôde matar a saudade da bola e dividir o campo com os companheiros.

“Foi bom rever o pessoal. Tem algumas caras novas, como os garotos que subiram da base e a rapaziada que chegou do interior, e eu ainda não tinha convivido com eles. Foi legal reencontrar os mais velhos e contar com o carinho de todos”, revelou o jogador, de 31 anos, que não esconde a ansiedade de poder vestir a camisa tricolor novamente.

“A minha motivação é a de sempre e quero ajudar o time. A equipe passa por uma situação difícil e precisamos estar sempre preparados. Jamais podemos aceitar essa situação, porque um clube grande como o São Paulo tem que estar sempre ponta da tabela”, completou o marcador.

 

Muricy Ramalho

fonte foto: foxsports.com.br

fonte foto: foxsports.com.br

Ciente de que não era o nome preferido pela torcida para assumir o comando do São Paulo, o técnico Paulo Autuori foi apresentado nesta quinta-feira, no Centro de Treinamento da Barra Funda, com um discurso conciliador.

Ao citar Muricy Ramalho, pedido pela arquibancada no Morumbi nos últimos jogos, Autuori o elogiou e lembrou do ciclo de vitória tricolores na década passada como exemplo para o fim da crise atual do time.

“Para o nosso grupo de hoje é muito importante entender que aquele grupo de 2005 foi liderado por pessoas distintas. Tive a oportunidade de estar aqui, depois veio Muricy, que fez uma grande obra. Se tivesse nessa enquete – da torcida – também colocaria o nome do Muricy, que foi um grande técnico, vencedor”, disse o novo técnico.

Em entrevista exclusiva aos canais ESPN, Muricy Ramalho falou sobre todas as questões que envolviam o seu nome no São Paulo. Identificado com o clube, Muricy agradeceu todo o apoio e afirmou um dia que pretende voltar a treinar o clube. Assista abaixo.

 

 

 

Deixe seu comentário que responderemos com o maior prazer.

por: Guilherme Fenelon

Confronto entre Tricolores no Brasileirão

fonte foto: foxsports.com.br

fonte foto: foxsports.com.br

 

Nesta quarta-feira, às 21h, no Morumbi, os times tentam reagir imediatamente para não se complicarem. A partida é válida pela 11ª rodada e foi antecipada para o clube paulista disputar a Copa Audi, na Alemanha, e a Copa Suruga, no Japão. Será que Luis Fabiano desencatará de uma vez?

Mas o time inteiro do São Paulo vive, além dos goleadores fazerem gols, também a expectativa de ter um novo treinador. Paulo Autuori é o mais cotado para assumir o lugar de Ney Franco. Mas, Cuca, caso o Galo for eliminado hoje, poderá assumir no lugar de Autuori o clube do Morumbi. Muricy Ramalho, por motivos políticos, não foi nem procurado pelo clube.

fonte foto: spfc.web

fonte foto: spfc.web

 

Enquanto isso não acontece, Milton Cruz continua interinamente na função, agora com a missão de fazer o time responder à derrota para o Santos. O São Paulo está com oito pontos, na nona colocação.

Milton Cruz não revelou a formação. Rodrigo Caio e Maicon serão os volantes, enquanto o garoto Lucas Farias ganhará uma oportunidade na lateral direita. Já na lateral esquerda, Juan deve perder o lugar para Clemente Rodríguez. O time deve ter: Rogério Ceni, Lucas Farias, Lúcio, Rhodolfo e Clemente Rodríguez; Rodrigo Caio, Maicon e Jadson; Aloísio, Luis Fabiano e Osvaldo.

Sem Wellington e Denilson, suspensos, o time perde muito em roubadas de bola e na possibilidade de surpreender o adversário saindo para o ataque. Wellington é o segundo maior ladrão da equipe com 11 roubadas, e Denilson tem cinco ao todo. Rodrigo Caio é o que mais rouba bolas, com 12. A equipe vai depender da inspiração dos armadores Ganso e Jadson para conseguir furar a defesa do Bahia.

E o atacante Osvaldo, Sem marcar desde o dia 28 de fevereiro (último gol foi contra o The Stongest (BOL) pela Libertadores), o atacante Osvaldo tem a chance de findar o jejum contra o Bahia, hoje no Morumbi. Além de acabar com a incômoda marca, ele pode fazer o milésimo gol do São Paulo em casa nas partidas pelo Campeonato Brasileiro.

Aposto em uma vitória do Tricolor Paulista por 2×0. Milton Cruz no comando vai conseguir mudar o time. Mas aposto que, caso o Galo caia hoje, Cuca assuma o clube do Morumbi. E vocês, apostam em qual resultado na partida de hoje? Apostem no ApostasOnline.com.

por: Guilherme Fenelon

Autuori no Mercado!

fonte foto: lancenet.com.br

fonte foto: lancenet.com.br

Paulo Autuori não é mais técnico da seleção do Qatar!

Realizada nesta segunda, uma reunião foi decidido que o contrato com o técnico brasileiro não será renovado. O acordo termina em fevereiro deste ano. O treinador decidiu deixar o Qatar para tratar de assuntos familiares no  Brasil.

“Estou no Qatar há cinco anos e sete meses e acredito ter encerrado este  ciclo no país. Conversei com os dirigentes, mostrei a eles o que eu pensava para  a continuidade da minha carreira e chegamos a um acordo para não iniciarmos a  segunda parte deste contrato. Estou há muito tempo afastado do Brasil e minha  família está precisando de mim no momento”, disse o técnico, que completou: “Sempre tive uma ótima relação com a Federação e desejo muita sorte a eles  no futuro. Infelizmente as coisas não aconteceram como esperávamos na Copa do  Golfo mas confio de que podem se classificar para a Copa do Mundo de 2014, já  que estão a apenas um ponto do líder Uzbequistão no Grupo A”.

Paulo Autuori deve chegar no Brasil depois do acordo com a seleção já estiver finalizado. Muitos clubes brasileiros já demonstrarão interesse no técnico a partir desta semana. Vamos aguardar!

Deixe o seu comentário que teremos o maior prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Dorini