André Marques vence a primeira na Fórmula Truck

Neste final de semana a Fórmula Truck  esteve em Cascavel para a disputa da oitava etapa da temporada 2016 e pela primeira vez André Marques venceu na categoria que disputa a seis temporadas.

Na primeira parte da corrida, Marques largou na pole e segurou Giaffone e Pachenki que passaram a lutar pela segunda colocação sendo que Pachenki levou a melhor. Mais atrás  diversas ultrapassagens, mas quem acabou pelo caminho foi Leandro Totti com problemas de motor, mas o grande ponto da primeira parte da corrida foi o acidente de Débora Rodrigues que acabou por capotar seu Volkswagen/MAN após ser por Raijan Mascarello. Tudo bem com a piloto do caminhão #7 e de acordo com a direção de prova a disputa foi normal.

A entrada do caminhão de segurança praticamente decretou o final da primeira parte da corrida que teve a seguinte classificação:

1) André Marques (RM Competições), 19 voltas em 25min19s482
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 2s222
3) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), a 5s451
4) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 11s179
5) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 11s362
6) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 13s789
7) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 39s518
8) David Muffato (MAN TGX), a 40s092
9) Régis Boessio (Boessio Competições), a 59s510
10) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 1min13s837
11) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), a 1 volta
12) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), a 6 voltas
13) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 9 voltas
14) Jansen Bueno (Muffatão Racing), a 11 voltas
15) Pedro Muffato (Muffatão Racing), a 14 voltas
16) Fábio Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), a 14 voltas
17) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 17 voltas

Já na segunda parte da corrida Giaffone e Pachenki seguiram na disputa pelo segundo posto e enquanto isso Marques seguia firme e forte na ponta da disputa. Mais atrás uma bela disputa entre Roberval Andrade, Paulo Salustiano, Raijan Mascarello e Wellington Cirino esquentou as coisas na luta pelo quinto posto, que ficou com Salustiano enquanto Andrade viu seu Iveco ficar pelo caminho.

No final, um escorregada, mas tudo certo para a primeira vitória de André Marques, Diogo Pachenki em segundo, Felipe Giaffone em terceiro, Adalberto Jardim em quarto e fechando o pódio, Paulo Salustiano.

Confira a classificação final da segunda disputa em Cascavel:

1) André Marques (RM Competições), 13 voltas em 17min42s069
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 2s310
3) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), a 2s466
4) Adalberto Jardim (RM Competições), a 13s341
5) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 14s576
6) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 16s019
7) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 16s506
8) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 27s313
9) Régis Boessio (Boessio Competições), a 39s790
10) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 46s987
11) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 1min09s621
12) David Muffato (MAN TGX), a 1 volta
13) Fábio Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), a 5 voltas

Campeonato

Com os resultados deste final de semana Felipe Giaffone chegou a 322 pontos, Paulo Salustiano é o segundo com 280, Diogo Pachenki é o terceiro com 275, André Marques agora é o quarto colocado com 221 e David Muffato é o quinto com 207.

Lembrando que todos os pilotos terão que fazer um descarte de resultado ao final da temporada na disputa do título.

A penúltima etapa da temporada da Fórmula Truck acontece no dia 6 de novembro em Guaporé, Rio Grande do Sul.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Anúncios

Rosberg vence na Áustria, Massa fica em 3°

Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

Na manhã deste domingo foi realizada a oitava etapa do Mundial de F1, o GP da Áustria. Hamilton largou na pole position mas acabou surpreendido por Rosberg na largada e caiu para o segundo posto. Vettel e Massa que largaram na segunda fila também foram bem e o alemão da Ferrari fechou a porta para o brasileiro da Williams.

Na metade do peliotão Ericsson queimou a largada e foi punido, mas logo na segunda curva um acidente onde Raikkonen da Ferrari perdeu o controle de seu modelo e acertou Alonso da McLaren fez com que o safety car entrasse na pista e ficou por quase cinco voltas.  Após a relargada nenhuma mudança no pelotão da frente.

Foto: Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

Foto: Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

As voltas foram se passando e poucas alterações aconteceram e foi somente nas paradas dos boxes que elas aconteceram. Rosberg e Hamilton pararam mas o inglês acabou por tocar na faixa branca na saída dos pits o que culminou em uma punição para o atual campeão, nada que o fizesse perder o seu lugar na corrida, mas tirou dele a chance de vitória.

Vettel parou primeiro que Massa e teve um problema com isso o brasileiro que teve um trabalho de feito voltou a frente do alemão e a batalha mais interessante da prova começou ai. Bottas fazia o podia, estava na quinta colocação, Nasr a essa altura figurava entre os 10 primeiros mas com pneus desgastados acabou ultrapassado por Ricciardo e terminou a disputa em 11°, uma pena para o piloto da Sauber que mostrou muita qualidade.

Massa passou a perder terremo para Vettel e faltando cinco voltas os ataques passaram a ser incisivos, carro para lá e para cá mas nada de passar. A Williams se mostrava consistente a Ferrari se aproximava mas não conseguia ter força para ultrapassar e foi assim que terminou, Rosberg em primeiro, Hamilton em segundo, Massa em terceiro, Vettel em quarto e Bottas em quinto.

Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

Foto: AP / grandepremio.uol.com.br

Confira a classificação final do GP da Áustria:

1: Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
2: Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
3: Felipe Massa (BRA/Williams)
4: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
5: Valtteri Bottas (FIN/Williams)
6: Nico Hulkenberg (ALE/Force India)
7: Pastor Maldonado (VEN/Lotus)
8: Max Verstappen (HOL/Toro Rosso)
9: Sergio Pérez (MEX/Force India)
10: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull)
11: Felipe Nasr (BRA/Sauber)
12: Daniil Kvyat (RUS/Red Bull)
13: Marcus Ericsson (SUE/Sauber)
14: Roberto Merhi (ESP/Manor Marussia)

Não completaram:
Romain Grosjean (FRA/Lotus)
Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso)
Jenson Button (ING/McLaren)
Will Stevens (ING/Manor Marussia)
Fernando Alonso (ESP/McLaren)
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)

Foto: AFP / globoesporte.globo.com

Foto: AFP / globoesporte.globo.com

Felipe Massa

O pódio do brasileiro Felipe Massa #19 da Williams foi o 40° do piloto na carreira e de quebra ele foi o primeiro brasileiro a romper a barreira dos  mil pontos na F1 uma marca história para uma grande carreira do paulista.

Campeonato

Nico Rosberg vem se aproximando de Hamilton no campeonato e agora a diferença entre eles é de 10 pontos, confira:

1° Lewis Hamilton 169 pontos

Nico Rosberg 159 pontos

Sebastian Vettel 120 pontos

Kimi Raikkonen 72 pontos

Valtteri Bottas 67 pontos

6° Felipe Massa 62 pontos

11° Felipe Nasr 16 pontos

A próxima etapa do Mundial de F1 acontece no dia 5 de julho em Silvertone na Inglaterra.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Mesmo com erros na última volta, Mercedes larga na primeira fila com Hamilton na pole. Massa é 4°. Nasr é 8°.

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1/photos

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1/photos

Na manhã deste sábado foi disputado o treino classificatório para o GP da Áustria. Após o terceiro treino livre onde Vettel #5 foi o mais rápido como aconteceu na sexta feira, o pilotos foram para a pista com o asfalto úmido e o que dificultou e muito o trabalho dos pilotos.

A disputa do Q1 muita disputa. Após os carros entrarem na pista com pneus intermediários a pista foi secando e aos poucos  compostos secos dominaram e ai virou festa de tempos baixos e os eliminados foi Perez 16°, Button 17°, Raikkonen 18°, Merhi 19° e Stevens em 20°. A decepção ficou por conta de Raikkonen da Ferrari que ficou de fora enquanto Vettel se classificou em terceiro. Button que da mesma foram que Alonso tempo uma punição com a perda de 25 posições., Alonso tem 20°. Ricciardo e Kvyat são outros que também tem punições devido a troca de motores.

Na definição do Q2 os dois brasileiros passaram para a super pole com Nasr em sétimo e Massa em oitavo e o s eliminados foram Maldonado 11°, Ericsson 12°, Sainz 13°, Ricciardo 14° e Alonso 15°. O mais rápido foi Rosberg da Mercedes.

Na definição da pole poucas surpresas com exceção de que Hamilton que ficou com a pole position com  o tempo de 1.08.455 errou na sua ultima tentativa e teve que assistir a Rorberg fazer uma grande volta, mas o que o alemão não contava que erraria na última curva e jogaria fora a chance de fazer a primeira posição e desta forma Rosberg ficou com o segundo lugar ao anotar o tempo de 1.08.655.

A cena que ficou marcada foi a de Hamilton e Vettel conversando nos pits enquanto Rosberg voltava andando. O alemão da Ferrari ficou com o terceiro posto ao anotar  o tempo de 1.08.810 e Felipe Massa da Williams mostrou todo o potencial e marcou o quarto posto com o tempo de 1.09.192.

Felipe Nasr da Sauber conquistou a nona colocação na pista ao anotar o tempo de 1.09.713, mas largará do oitavo posto devido a punição de Kvyat da RBR pela utilização do quinto motor

Confira o grid de largada do GP da Áustria:

1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min08s455
2: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min08s655
3: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min08s810
4: Felipe Massa (BRA/Williams) – 1min09s192
5: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – 1min09s278
6: Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min09s319
7: Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) – 1min09s612
8: Felipe Nasr (BRA/Sauber) – 1min09s713
9: Romain Grosjean (FRA/Lotus) – sem tempo no Q3
10: Pastor Maldonado (VEN/Lotus) – 1min10s374
11: Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – 1min10s426
12: Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) – 1min10s465
13: Sergio Pérez (MEX/Force India) – 1min12s522
14: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min12s867
15: Roberto Merhi (ESP/Manor Marussia) – 1min14s071
16: Will Stevens (ING/Manor Marussia) – 1min15s368
17: Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) – 1min09s694*
18: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1min10s482*
19: Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min10s736*
20: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min12s632*

A largada para as 71 voltas da etapa austríaca da F1 acontece às 9 horas da manhã, horário de Brasília.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan