Copa BR: sem dificuldades São Paulo vence CSA com gol de Pato

Imagem: guiaavare.com

Imagem: guiaavare.com

O duelo entre São Paulo e CSA já tinha um favorito, o Tricolor, muito superior tecnicamente, e desde o começo do jogo demonstrou isso e aos 19 minutos da etapa inicial, Pato recebeu passe em profundidade de Lus Fabiano,  e o camisa #11 marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor, 1 x 0.

O São Paulo continuou bem no jogo, mas precisando do resultado o CSA até que tentou ir ao ataque e criou mas desperdiçou sua oportunidades. Na segunda etapa o São Paulo começou a administrar o jogo, mas aos 32 minutos, Pato cobrou falta e Luis Fabiano desviou de cabeça, 2 x 0.

 

Estava tranquilo e o São Paulo não demorou a marcar o terceiro, aos 37 minutos,  novamente Luis Fabiano de cabeça, aproveitando cruzamento e uma falha bisonha do goleiro do CSA. 3 x 0 e classificação garantida para a próxima fase da competição.

O próximo adversário do São Paulo é o CRB que se garantiu na próxima fase ao derrotar o Rondonópolis por 2 x 0.

Confira os resultados da Copa do Brasil:

Treze 2 x 1 Tombense (Treze classificado)

Novo Hamburgo  1 x  o Joinville (partida de volta acontece dia 22-4 em Joinville)

Atlético-GO  2 x 2 Flamengo-PI(Atlético-GO classificado, venceu a partida de ida)

Barueri 0 x 0 Goianésia (Barueri classificado por ter marcado gols fora de casa)

Sampaio Correa 3 x 1 Interporto-TO (Sampaio Correa classificado)

Náutico 1 x 0  Sergipe (Náutico classificado nos pênaltis, 3 x 1)

Nacional-AM  2 x 1 São Luiz-RS (Nacional-AM classificado)

Figueirense 3 x 1 Plácido de Castro (Figueirense classificado)

Portuguesa 2 x 1 Potiguar-RN (Potiguar classificado por marcar o gol fora de casa)

Guarani 1 x 2 Santa Rita-AL (Santa Rita-AL)

CRB 2 x0 Rondonópolis-MT (CRB classificado)

Bragantino 1 x 0 Lajeadense (Bragantino classificado)

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Anúncios

Sul-americana: São Paulo joga primeira em casa

Último paulista remanescente em competições  com exceção do Brasileirão, o São Paulo tem uma parada difícil diante do Nacional da Colômbia  em partida válida pela Copa Sul-americana.

Para essa partida o técnico Muricy Ramalho não contará com Rafael Toloi com dores no tornozelo e com PH Ganso que foi expulso na partida diante da Universidad Católica. Outra novidade é Luis Fabiano, o atacante é a novidade no ataque Tricolor nesta partida colocando Ademílson no banco de reservas. Isso o próprio atacante revelou, “Eu não sei. Só sei que eu estou escalado”.

Foto: planetaesporte.correio.com.br

Foto: planetaesporte.correio.com.br

Outro que pode figurar entre os 11 titulares é o zagueiro Antonio Carlos, este estava lesionado mas foi liberado pelo departamento médico e foi relacionado para a partida diante dos colombianos, e com a saída por lesão de Toloi ele pode ser titular.

Com isso o provável São Paulo deve ter Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Antonio Carlos e Reinaldo; Denílson, Rodrigo Caio, Maicon, Jadson; Aloísio e Luis Fabiano.

Uma partida complicada, mas acredito na vitória do São Paulo por 3 x 1 e vou apostar no ApostasOnLine.com.

Confrontos das oitavas de final da Sul-americana:

terça feira, 29:

Lanús (ARG) x River Plate (ARG)

quarta feira, 30:

São Paulo x Atlético Nacional (COL)

quinta feira, 31:

Libertad (PAR) x Itaguí (COL)

Ponte Preta x Vélez Sarsfield (ARG)

Curta nossa página no Facebook. http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Brasileirão: Enfim São Paulo vence…

imagem fonte: campeonatobrasileiro2013.org

imagem fonte: campeonatobrasileiro2013.org

São Paulo 2 x 1 Fluminense

Após 12 jogos sem vencer, o São Paulo finalmente conseguiu sair do estádio comemorando.

O Morumbi estava lotado, tanto de pessoas como de sal grosso. Alguns acreditam em superstição e a do sal parece ter dado certo.

As 55.256 pessoas apoiaram o tricolor desde a entrada no estádio e isso foi o diferencial para o time diante do Fluminense.

Mostrando um futebol eficiente, diferente dos últimos jogos, o São Paulo fez um bom primeiro tempo. Aos 27 minutos, Paulo Henrique Ganso tocou para Luis Fabiano que, caindo, conseguiu finalizar no canto para fazer 1×0. Na comemoração, o camisa 9 ameaçou tirar a camisa, mas desistiu, pois lembrou que já estava com cartão amarelo e seria expulso.

foto fonte: Fonte: Marcos Ribolli / globoesporte.com

foto fonte: Marcos Ribolli / globoesporte.com

O tricolor continuou melhor na partida e ampliou o marcador quando o cronômetro marcava 45 minutos, com Reinaldo. O lateral esquerdo tentou cruzar, mas a zaga carioca afastou. A bola voltou no pé do camisa 38, que invadiu a área e chutou cruzado, para fazer 2×0 São Paulo.

O segundo tempo foi bastante parecido com o primeiro. O time são paulino ficou bem postado na zaga e apostava nos contra-ataques. Já o Fluminense até tentava, mas não estava com a pontaria em dia.

As duas equipes tiveram chances de balanças as redes e quem fez isso de fato foi o time carioca, com Eduardo, que deu um lindo chute, indefensável, mas isso foi aos 47 minutos, o que não tirou a vitória do São Paulo.

Com o resultado, o São Paulo subiu uma posição e está a três pontos de sair da zona de rebaixamento. Bom lembrar, que a equipe do Morumbi tem um jogo a menos, contra o Náutico, que será disputado dia 03/09, na Arena Pernambuco.

O tricolor volta à campo no próximo domingo, 01/09, às 16h, contra o Botafogo, no Maracanã.

Vasco 1 x 1 Corinthians

O clássico entre os alvinegros aconteceu em Brasília e foi um confronto bem morno. Momentos quentes foram poucos, basicamente os gols, um para cada lado.

A equipe paulista começou a partida muito bem e, logo aos 3 minutos, abriu o placar com Guerrero, que desviou o cruzamento de Edenílson. A blitz corintiana não parou por aí. Poucos minutos depois, Douglas chegou muito bem de cabeça e acertou o travessão, uma jogada de muito perigo para o gol vascaíno.

Depois disso, o jogo ficou muito preso no meio do campo e não teve grandes jogadas de perigo para ambos os lados.

No intervalo aconteceu a parte lamentável do espetáculo. A ideia nas novas arenas era unir as torcidas, com exceção das organizadas, mas, este jogo, comprovou que essa atitude está cada vez mais difícil de ser conseguida. As torcidas alvinegras começaram um momento ridículo de agressões e o pior, não era só entre eles, mas com os policiais também.

Voltando ao jogo, que é a parte interessante, o técnico Dorival Júnior fez uma substituição que mudou a atitude do Vasco, colocando o garoto Willie, no lugar de Wendel, o que deu mais velocidade à equipe carioca.

Aos 9 minutos, a zaga corintiana bobeou na saída e a bola sobrou para Juninho Pernambucano, que, mesmo caído, serviu André. O camisa 9 somente tirou de Cássio e partiu para o abraço, 1×1.

As equipes até tentaram desempatar o marcador, a melhor chance foi com Romarinho, que recebeu livre e chutou em cima do goleiro Diogo Silva, mas todas as tentativas foram em vão.

O Corinthians muda o foco e pensa na Copa do Brasil, onde enfrenta o Luverdense, quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu. No próximo domingo, o alvinegro do Parque São Jorge recebe o Flamengo, no Pacaembu, às 16h.

Confira os resultados da 16° rodada do Brasileirão:

Flamengo 0 x 1 Grêmio

Ponte Preta 0 x 2 Cruzeiro

Santos 2 x 0 Vitória

Criciúma 2 x 1 Coritiba

Atlético-MG 2 x 1 Portuguesa

Vasco 1 x 1 Corinthians

São Paulo 2 x 1 Fluminense

Bahia 2 x 0 Náutico

Internacional 3 x 3 Goiás

Atlético-PR 2 x 0 Botafogo

Com esses resultados o Cruzeiro é o líder com 31 pontos, o Botafogo é o segundo 29, o Grêmio é o terceiro com Atlético-PR é o quarto com 27. Na zona de rebaixamento a Ponte Preta é a 17° com 15 pontos, o São Paulo o 18° com 14, a Portuguesa a 19° com 13 e o Náutico é o lanterna com apenas 8 pontos conquistados.

Deixe a sua opinião, teremos o maior prazer em responde-lo.

por:Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Recopa 2013: São Paulo x Corinthians

O clássico entre São Paulo e Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h50, no Morumbi, será a primeira partida da decisão da Recopa Sul-Americana de 2013.

E agora falaremos primeiramente sobre o visitante, o Timão, com Matheus Furlan.

Corinthians

fonte foto: folhaz.com.br

fonte foto: folhaz.com.br

O Timão trabalhou esta semana de olho na transferência de Paulinho e como é um jogador chave do elenco corinthiano, o técnico Tite sabe que remontar a equipe sem o volante será bem complicado.

Guilherme  e Edenílson são os favoritos para a a vaga, mas um jogados chamado Renato Augusto, que já herdou a camisa 8 de Paulinho corre por fora. Ele joga no meio e tambem faz a função de segundo volante e pode muito bem ser títular da equipe, mas Tite não abre mão de dois volantes então vamos aguardar para ver  o que o Timão terá de diferente no meio campo, ponto forte da equipe do Parque São Jorge.

No ataque o ttreinador corinthiano não tem duvidas, Emerson, Guerrero e Romarinho vão para o jogo , mas como ja conhecemos o estilo de jogar da equipe sabemos que Emersom e Romarinho terão muito mais função de marcar do que de atacar própriamete dito, e o Pato? Bem o Alexandre Pato parece viver uminferno astral pessoal, depois de ter varias chances de marcar nas últimas partidas, o atacante volta para o banco de reservas e terá que começar a remar tudo de novo para adquirir a vaga de títular na equipe.

Para o atacate Guerrero jogar no Morumbi é muito bom, pois na entrada do estádio o ônibus é alvejado  e isso deixa os jogaddores com muito mais vontade de mostrar um grande futebol. A gente gosta de jogar no Morumbi, mesmo contra a torcida deles. A torcida deles fica esperando a gente na chegada e jogando cerveja, garrafas… A gente entra em campo com raiva para ganhar deles.”

A provavél escalação do Timão deverá ter Cássio, Alessandro, Paulo André, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme (Edenilson) e Danilo; Emerson, Romarinho e Guerrero.

E agora o adversário, o Tricolor Paulista, com Guilherme Fenelon.

São Paulo

fonte foto: gazetaesportiva.net

fonte foto: gazetaesportiva.net

Ney Franco está na corda bamba e espera um sucesso nesta disputa para seguir no cargo. Sua situação não é confortável após ter sido eliminado nas oitavas de final da Libertadores e na semifinal do Paulista. A diretoria garante respaldo ao treinador, mas uma derrota diante do Corinthians pode complicar a situação. Nem mesmo a conquista da Copa Sul-Americana, no ano passado, serviu para acalmar os ânimos e trazer paz ao trabalho do comandante.

Desde a saída de Lucas, o técnico testou várias formações táticas. Insistiu no 4-2-3-1, mesmo sem ter um substituto para o atacante, e demorou a dar oportunidades para Ganso. Além disso, entrou em conflito com alguns atletas, casos de Lúcio, Ganso e Fabrício. O resultado disso tudo foi manifestação da torcida, que pediu a volta de Muricy Ramalho ao clube.

Apesar dos momentos conturbados vividos nos últimos meses, Ney Franco não vê os clássicos da Recopa Sul-Americana como decisivos para seu futuro no Tricolor: “Não me sinto pressionado. Trabalho da mesma forma de quando eu cheguei. O treinador do clube grande sempre é pressionado para vencer. É uma pressão normal de cargo de treinador do São Paulo. Coisa que você controla por já ter passado por outros lugares”. Será?!!

fonte foto: lancenet.com.br

fonte foto: lancenet.com.br

E para o atacante Luis Fabiano, somente a tática e a técnica não farão a diferença no clássico. Para ele, o time que tiver mais espírito de luta levará a melhor: “Tivemos um exemplo bem claro disso no último domingo. Todo mundo falava que a Espanha era o bicho-papão, era a favorita, com os melhores jogadores do mundo. E o que aconteceu? Eles foram atropelados. Isso aconteceu porque o Brasil teve um espírito diferente. Todos lutaram do primeiro ao último minuto. Espero que possamos fazer isso contra um adversário bastante qualificado”.

Com os treinos fechados, Ney Franco não revela o time. Mas, caso a opção seja pelo 4-2-3-1, Aloísio seguirá no ataque ao lado de Luis Fabiano e Osvaldo. Caso seja no 4-4-2, Ganso formará dupla de armadores com Jadson, que entraria na vaga de Aloísio.

O time provável terá: Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Juan; Denilson, Rodrigo Caio e Jadson; Aloísio (Paulo Henrique Ganso), Luís Fabiano e Osvaldo.

A expectativa de hoje é que tenha entre 35 mil a 40 mil torcedores no Morumbi.

Vamos para as apostas?! Opa, eu aposto em 2×0 para o Tricolor Paulista. Uma boa vantagem em casa. Já, meu parceiro e grande irmão aposta  em uma vitória do Corinthians de 2×1. Nós já apostamos no ApostasOnLine.com e você, mande o seu palpite e aposte também para já arrecadar na cerveja de hoje!

por: Matheus Furlan (Corinthians) e Guilherme Fenelon (São Paulo).

São Paulo em busca da classificação em Minas!

fonte foto: foxsports.com.br

fonte foto: foxsports.com.br

Hoje, com o caldeirão lotado, o Atlético-MG recebe o São Paulo. O time da casa não perde há mais de um ano. Mas o São Paulo conta com o retorno do artilheiro Luis Fabiano, que volta após quatro jogos de suspensão.

Hoje, Minas irá tremer às 21h50, no estádio Independência, em busca da vaga nas quartas de final. No jogo de ida, os mineiros começaram com a vantagem de 2×1.

OGalo poderá perder até por 1×0, que, mesmo assim, estará nas quartas de final da Libertadores. Caso o São Paulo vença por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis. Vitória são-paulina por diferença de um gol, desde que marque três ou mais, dará a vaga ao Tricolor.

Como a escalação de Osvaldo, destaque do São Paulo na temporada, ainda é incerta, por conta de uma lesão no quadril, a expectativa em torno de Luis Fabiano só aumenta, ainda mais depois de ele ter perdido um pênalti na semifinal do Paulistão contra o Corinthians, domingo passado.

fonte foto: foxsports.com.br

fonte foto: foxsports.com.br

“Tive uma conversa com o Luis Fabiano e quis lembrá-lo de alguns feitos dele no clube, os momentos de alegria com a torcida. O que é negativo está à tona. Ele tem um índice de gols muito alto vestindo a camisa do São Paulo. É a nossa grande esperança de gols para esse jogo e vai ter que assumir essa responsabilidade com todo o grupo. A conversa foi muito boa, e ele está disposto a dar uma guinada”, disse o técnico Ney Franco.

Mas, do outro lado, temos uma invencibilidade grandiosa. No estádio Independência, o Galo, contabiliza 26 vitórias e sete empates. Além disso, não sabe o que é perder como mandante desde agosto de 2011 (46 jogos).

Caso o zagueiro Leonardo Silva não tenha condições de jogo, Gilberto Silva, que atuou no jogo da ida, fará companhia a Réver. O Galo deverá entrar em campo com: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Gilberto Silva), Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Bernard, Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli; Jô.

Já, pelo lado do Tricolor, Osvaldo se recuperou de dores no quadril e deve jogar. O time é o seguinte: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.

Ao longo de toda a história, Atlético-MG e São Paulo já se enfrentaram 38 vezes em Belo Horizonte, com pequena vantagem do Galo. O Atlético-MG venceu 12 vezes, contra dez vitórias são-paulinas e 16 empates, com 48 gols marcados pelo São Paulo e 46 pelo Galo.

Eu aposto, como um bom torcedor, em 2×0 bem sofridos para o Tricolor Paulista! Quebrando com essa invencibilidade do Galo em seu estádio. Hoje nao teremos expulsões, pelo menos no lado paulista. Apostado no Tricolor! E vocês em quem apostam? Apostem no único site que você ganha alguma coisa de todo jeito, visite o ApostasOnline.com. Ah, os dois gols serão de Luis Fabiano.

Deixe seu comentário que teremos o prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon

Última chance tricolor na Libertadores!

fonte foto: saopaulofc.com.br

fonte foto: saopaulofc.com.br

Acho que muitos, como eu não irão concordar com o técnico Ney Franco quando ele diz que este jogo é apenas mais um jogo na Bolívia.

“Já passamos por alguns jogos importantes na era Ney Franco. Final de Sul-Americana, jogos que definiam a classificação no Brasileiro, o próprio confronto com o Bolívar (pela primeira fase da Libertadores). Esse é mais um jogo que qualquer treinador vai passar em algum momento. A equipe sempre participa de competições e atravessa fases decisivas”, disse o técnico.

Apesar da aparente tranquilidade, Ney Franco admitiu que a partida será decisiva para o destino do São Paulo no torneio. Segundo colocado do Grupo 3, com quatro pontos, o Tricolor sairia da zona de classificação em caso de derrota na Bolívia – preço que a equipe tem de pagar após os tropeços contra o Arsenal de Sarandí: empate em casa e derrota fora.

Com o novo esquema no 4-4-2, com Ganso e Jasdon no meio-de-campo, o São Paulo vem em uma nova fase, este novo esquema com Ganso em campo, melhorou bastante a qualidade do passe, mas piorou na raça e teve leve queda nas finalizações.

fonte foto: uol.com.br

fonte foto: uol.com.br

No 4-4-2, o São Paulo trocou 332 passes na média, sendo 140 deles no campo defensivo e 192 do lado ofensivo. Enquanto isso, a média dos outros jogos é de 286, sendo 122 na defesa e 164 na parte da frente. O erro de passe permanece quase que inalterado, com a média de 52 com Ganso em campo e 53 sem ele.

São 68 roubadas de bolas certas, com o ladrão saindo jogando, e 28 com bolas que são tiradas dos adversários, mas não seguem no domínio são-paulino. No sistema sem Ganso, o número sobe para 75 desarmes certos e 42 incompletos.

Na hora de finalizar, o São Paulo de Ganso apresenta uma leve queda, com 13 tentativas de furar a meta adversária contra 14 do time que tinha três atacantes. Outros dois fundamentos que não apresentam grandes mudanças são dribles e lançamentos.

Durante a semana, Ganso disse que se sente em constante evolução no São Paulo após ter achado o melhor jeito de jogar. Ele também admitiu que precisa pegar mais gosto pela finalização do que tem atualmente.

O São Paulo tem dois desfalques e uma boa notícia. A boa é que Rogério Ceni treinou normalmente nos últimos dias e viaja com a delegação mas, por precaução, Ney Franco relacionou também o terceiro goleiro, Léo. Por outro lado, Lúcio sentiu uma lesão e fica no Brasil. Assim como Luis Fabiano, suspenso para as três partidas seguidas na Libertadores por reclamação. Aloísio deve entrar em seu lugar.

O jogo contra o Strongest será em La Paz, a partir das 21h30, no estádio Hernando Siles.

A possível escalação do Tricolor será: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Tolói, Edson Silva (Rhodolfo) e Carleto (Cortez); Denílson (Maicon), Wellington, Ganso, Jadson, Osvaldo e Aloísio.

fonte foto: placar.abril.com.br

fonte foto: placar.abril.com.br

E aí quem ainda aposta em uma vitõria do tricolor paulista?? Bom, eu aposto e muito… e acho q o São Paulo ainda darã trabalho se for para as oitavas de final nesta Libertadores. Com Ganso se entrosando com Jadson e o ataque da equipe, o Ney terá um timaço em suas mãos, além de achar ele um grande técnico. Vai com tudo TRICOLOR! 2×0 pro time brasileiro, gols de Ganso e Carleto. Duvidam? Então façam suas apostas no ApostasOnline.com.

Deixe seu comentário e seu palpite para este jogão de hoje. Teremos o maior prezaer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon

Liberta 2013: São Paulo 1 X 1 Arsenal-ARG

fonte foto: globoesporte.com.br

fonte foto: globoesporte.com.br

Com o empate com o Arsenal-ARG, no Pacaembu, a situação complica para o São Paulo no Grupo 3 da Taça Libertadores. O tricolor está com apenas com quatro pontos, até se subiu para a vice-liderança com a derrota do Strongest para o Atlético-MG, mas as próximas duas partidas serão fora de casa e, além disso, terá que encerrar sua participação na fase de grupos contra o Galo de Ronaldinho Gaúcho, que está comendo a bola, no Morumbi.

O técnico Ney Franco até animou o grupo no vestiário depois do jogo, mas alertou para a necessidade de vencer o o mesmo adversário na próxima quinta-feira, na Argentina.

Ney, ainda para piorar, não poderá contar, na partida de volta contra o Arsenal, com Luis Fabiano, expulso, e Wellington, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate de ontem. Mas o meia P. H. Ganso pode ganhar uma chance entre os titulares.

Se o Tricolor continuar capengando desta forma, será complicado chegar nas finais da Libertadores. Além disso, Luis Fabiano precisa ser um pouco mais calmo ou, como é o caso, deixar outro cara mais calmo reclamar com a arbitragem para não correr o risco de acontecer o que aconeteceu ontem.

Apesar de ser muito fã dele e sempre torcer para que ele faça os seus gols e comemorações, eu espero que ele mantenha a cabeça no lugar, coisa que ele já prometeu. Apesar de acreditar que ele não falou nada demais para o juiz, ele já tem fama de nervoso e não precisa se sujeitar a isso. É um cara que é experiente, mas na hora de deixar quieto ele não deixa. O que podemos fazer, o cara é um torcedor em campo! Temos que sempre ter fé em nosso elenco.

Até mesmo o capitão tricolor ficou irritado com a arbitragem e lembrou que o vilão, Wilmar Roldan, é o mesmo árbitro que apitou a derrota do São Paulo por 2 a 0 para o Libertad, no Paraguai, na Sul-americana de 2011.

“O goleiro deles trabalhou bem, várias bolas bateram na trave, mas o problema foi o pênalti. A bola pode até ter pego, mas o braço (de Cortez) estava junto ao corpo. Fora de casa, dar um pênalti como esse, o cara (árbitro) não tem que ter pulso, tem que ter muita vontade”, disse Rogério Ceni.

Apesar de eu achar a marcação de penalidade máxima para o time argentino com a bola na mão de Cortez, acho que não foi pênalti em Luis Fabiano. O placar de 1×0 seria justíssimo com um time que veio para o Brasil e jogar na formação 11-0-0.

Agora, mudando de assunto, para mim o melhor em campo do Tricolor foi, como está sendo em a maioria, o camisa 10 tricolor, Jadson.

Vejam alguns dos melhores momentos da partida:

Deixe o seu comentário que teremos o maior prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon

Tricolor vira no sufoco.

fonte foto: saopaulofc.net

fonte foto: saopaulofc.net

No jogo de ontem contra o o The Strongest-BOL, o São Paulo não demonstrou aquele futebol da pré-libertadores. O time de La Paz soube anular as principais jogadas paulistas e ficou com a vantagem com gol feito com uma falha da defesa.

O time boliviano quase conseguiu fazer o seu dever de casa bloqueando o São Paulo quase todo o o primeiro tempo, até Osvaldo de rebote em chute de Luis Fabiano empatar a partida e comemorar muito o gol feito.

No segundo tempo, Ney Franco arriscou ao tirar o volante Denilson para a entrada de Paulo Henrique Ganso e de Aloísio para a entrada do argentino Cañete, aumentando o poder de criação e velocidade, funcionando para virar o jogo.

Marcelo Cañete tocando para o meia Ganso na área que com um toque sútil para trás, achou o artilheiro Luis Fabiano que, tropeçando, desviou e acabou com o sufuco. Com o gol, Luis Fabiano se igualou a Rogério Ceni como o maior artilheiro do São Paulo na Copa Libertadores, com 12 gols e, como o goleiro e capitão disse, passará com facilidade essa artilharia.

Vejamos os gols do jogo:

 

O triunfo de 2×1, deixa o Tricolor em uma situação mais confortável no grupo 3 da  competição. Com o Atlético-MG na liderança isolada com seis pontos, a equipe  paulista igualou o próprio rival boliviano com três pontos.

Agora o time paulista volta à campo pela Libertadores na próxima quinta-feira, às 19h15, no Pacaembu, contra o  Arsenal-ARG.

 

Jogo feio. Feio, porém com sorte é bonito duas vezes! Só espero que não continue assim, né Luis Fabiano…

fonte foto: lancenet.com.br

fonte foto: lancenet.com.br

Deixe o seu comentário que teremos o maior prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon

 

São Caetano 2 x 4 São Paulo – 2a Rodada – Paulistão

fonte foto: lancenet.com.br

fonte foto: lancenet.com.br

O técnico Ney Franco deixou o volante Wellington no banco para escalar um trio de meias: Jadson, Maicon e Ganso. Sem o seu “cão de guarda”, a retaguarda tricolor ficou exposta. Não foram raras as vezes em que os zagueiros Lúcio e Toloi tiveram de sair da área para tentar matar jogadas nas laterais – falha típica de defesas que não têm cobertura.

Esse problema, porém, só ficou evidente depois dos 25 minutos. Antes, o jogo parecia sob o controle do São Paulo. Com Osvaldo inspirado, o time do Morumbi não demorou a abrir o placar. Aos 13, o rápido atacante desceu pela esquerda em velocidade. Deixou três marcadores para trás, invadiu a área e rolou para Luis Fabiano, que só teve o trabalho de empurrar para o gol. Dava a impressão que o Tricolor teria vida tranquila no Anacleto Campanella.

O São Caetano também apostou em velocidade.  Jobson infernizava a zaga adversária e aos 24 minutos, o atacante desceu pela esquerda, deixou zagueiro Lúcio para trás com facilidade e rolou para Danielzinho chutar no canto direito de Rogério Ceni. Golaço!

Aí o Azulão viu a deficiencia tricolor e não levou mais um no minuto para ampliar o placar. Em um lance que evidenciou a pane do seu setor defensivo: a bola foi esticada da lateral direita, ainda no campo de defesa do São Caetano. Jobson, sozinho, entrou pelo meio e só empurrou na saída de Ceni. Lúcio estava na intermediária e não conseguiu alcançar. Toloi só assistiu “de camarote”o lance.

Em desvantagem, sem muita coordenação o tricolor foi para cima do adversário. Ganso e Jadson não fizeram nada. O gol de empate sortudo saiu aos 45, Maicon arriscou o chute, a bola desviou na zaga e encobriu o goleiro.

Luis Fabiano garante o resultado!

No segundo tempo, Ney Franco tirou Maicon e colocou Wellington. Com o volante à frente, a zaga tricolor deixou de passar tantos apuros.

Com o sistema de defesa recomposto, o Tricolor ganhou tranquilidade para trocar passes e construir jogadas. No entanto, faltou ímpeto. Lento, o time demorava a chegar ao ataque. Osvaldo não tinha com quem tabelar, já que Cortez, que costuma chegar à frente para apoiar o ataque pelo lado esquerdo, foi sacado para a entrada de Carleto, que não chega tanto.

Então, aos 27 minutos, Fabuloso tentou tabelar com Douglas, perdeu a bola, mas conseguiu recuperar, ao seu estilo, e chutar rasteiro colocando o São Paulo à frente mais uma vez.

fonte foto: lancenet.com.br

fonte foto: lancenet.com.br

O jogador tirou um peso das costas e desabafou após o jogo, rebatendo aos gritos de “pipoqueiro” da torcida do Azulão.

“Eles tiveram a infelicidade de me incomodar. Apenas retribuí o carinho. Não estou preocupado com o que eles falam. Eu me preocupo com o são-paulino, que me apoia. A resposta aos torcedores do São Caetano está dentro da rede”, disse o camisa 9 tricolor.

Com os dois gols desta quarta-feira, Luis Fabiano reassumiu a artilharia do São Paulo no ano. Ele já deixou sua marca seis vezes e é seguido de perto por Jadson, com cinco. O que eu disse ontem antes do jogo?! Tem que ficar de olho nesse cara. MATADOR!

O clube do Morumbi ainda teve tempo de marcar mais um, nos acréscimos. Aloísio, que havia entrado no lugar de Ganso, completou de cabeça cruzamento de Carleto.

Vejam os gols logo abaixo:

 

No próximo sábado, o São Paulo recebe o Linense no Morumbi, às 18h30. P. H. Ganso não está confirmado entre os titulares!

 

Deixe o seu comentário que teremos o maior prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon

São Caetano X São Paulo – 2a Rodada do Paulistão

Hoje teremos a segunda rodada do Paulitão Chevrolet que foi adiada por conta da primeira partida da Pré-Libertadores que o Tricolor Paulista disputou contra o Bolívar-BOL.

fonte foto: forcatricolorspfc.blogspot.com

fonte foto: forcatricolorspfc.blogspot.com

Hoje o técnico Ney Franco dará mais uma chance para o meia Paulo Henrique Ganso. Ele ganhou a vaga de titular e a promessa do técnico Ney Franco de ter uma sequência à frente do São Paulo. Por isso, o confronto com o São Caetano, nesta quarta-feira, às 19h30m, no Anacleto Campanella, pelo Paulistão, é visto pelo jogador com muita importância.

Só que o adversário conta com outro maestro com passagens pela Seleção e pelo Tricolor. Rivaldo é a aposta do Azulão para encontrar seu rumo este ano. Além de Jobson, carrasco do tricolor do Morumbi em várias oportunidades.

fonte foto: esportes.r7.com

fonte foto: esportes.r7.com

O São Paulo tem o segundo melhor aproveitamento no Paulistão com 72,2% e fica atrás apenas da líder Ponte Preta, que somou 75% dos pontos disputados. Já o time do ABC ainda não se encontrou na temporada. Da vitória na estreia sobre o Atlético Sorocaba para cá, foram seis jogos sem vitórias. O meia Rivaldo, porém, deu novo ânimo ao Azulão. O pentacampeão mundial estreou com gol diante do Corinthians e ajudou o São Caetano a conquistar um empate diante dos atuais campeões mundiais. Ele também deixou sua marca diante do Bragantino, mas, foi mais uma derrota para o time. O Azulão segue na vice lanterna do Paulista com apenas cinco pontos conquistados. Mas uma vitória hoje tira o time dssa complicada situação.

O técnico Geninho fará quatro mudanças em relação à derrota para o Bragantino. O goleiro Fábio Costa está com uma lesão no dedo e será substituído por Fábio. Suspenso, o zagueiro Gabriel dá lugar ao estreante Jaime Bustamante. Ainda na defesa, Eli Sabiá retorna ao time no lugar de Adriano Alves. Por fim, Marcone entrará na vaga de Éder no meio-campo. Assim, a provável formação do Azulão é: Fábio, Samuel Xavier, Jaime Bustamante, Eli Sabiá e Pirão; Marcone, Moradei, Leandro Carvalho e Rivaldo; Danielzinho e Jobson.

Já o técnico tricolor, Ney Franco, além de dar uma nova chance a Ganso como titular, não antecipou quem será sacado do time titular. A melhor opção seria escalar Jadson juntamente com Ganso, deixando o atacante Aloísio na reserva. Na minha opinião ele sacará ellington do time titular, pois o técnico disse que ele já vem falhando algmas vezes nas derrotas do time na Libertadores. E, como Paulo Miranda passará por uma cirurgia no joelho esquerdo, Douglas assumirá o posto. O São Paulo deve entrar em campo com: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Toloi e Cortez; Denilson, Jadson (Wellington), Ganso, Aloísio; Osvaldo e Luis Fabiano.

Ficaremos de olho em Rivaldo e, além de Ganso, em Luis Fabiano que depois de uma boa arrancada, com quatro gols em três jogos, hoje ele amarga uma série de três partidas sem marcar.

fonte foto: uol.com.br

fonte foto: uol.com.br

Aposto em uma vitória Tricolor! 2×0 para os visitantes. Apostem também o ApostasOnline.com.

Deixe o seu comentário que teremos o maior prazer em respondê-lo.

por: Guilherme Fenelon