Tony Kanaan renova com a Ganassi para 2017

kanaan

Foto: Reprodução / Mike Finnegan / Indy Car

O baiano Tony Kanaan renovou seu contrato com a equipe Ganassi da Fórmula Indy para  a temporada de 2017 da categoria, e seguirá pelo quarto ano consecutivo na equipe, a sua 20° temporada no certame.

Após terminar em sétimo a temporada de 2016 com 461 pontos, Kanaan que seguirá no carro #10 afirmou que busca terminar alguns trabalhos que não foram concluídos esse ano. “Eu estou muito feliz por ter mais uma temporada com Chip e a NTT Data, é uma das maiores parcerias da minha carreira. Eles me ajudaram muito nesses últimos anos e acho que o crescimento do carro na pista é a prova da evolução. Nossa temporada 2016 foi forte, mas nossos resultados não refletiram sempre nossa performance, então temos alguns trabalhos para terminar em 2017”.

O brasileiro também seguirá com seu patrocinador que renovou o contrato com o time Ganassi, a NTT Data. O mandatário da equipe Chip Ganassi destacou a importância da renovação de Kanaan e afirmou que o brasileiro exerce uma liderança dentro e foradas pista.

Lembrando que a Ganassi voltará a utilizar motores Honda a partir de 2017, parceira que já rendeu 77 vitórias e 9 títulos ao time na Fórmula Indy.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Anúncios

Soberano, Power vence em Road America

Ninguém foi melhor neste domingo (26), que Will Power e a sua Penske #12 em Road America. O piloto que já havia marcado a pole position no dia anterior liderou por 48 voltas teve problemas para segurar Tony Kanaan nos giros finais, mas com um carro equilibrado e ótima pericia conquistou a vitória.

indy power

Foto: Chris Owens/IndyCar

A disputa por muitos momentos ficou monótona, tanto que apenas dois carro ficaram pelo caminho: Scott Dixon com seis voltas quando seu motor explodiu e Conor Daly, que a 10 voltas do final acabou por bater seu carro #18 e ocasionou uma bandeira amarela que deu a oportunidade de Kanaan e Rahal irem para cima do ponteiro da disputa, mas sem exito.

O brasileiro Helio Castroneves ficou durante toda a disputa entre os primeiros colocados e terminou a disputa na quinta colocação e graças ao desempenho de Kanaan que terminou em segundo lugar e a bandeira amarela ocasionada por Daly, assumiu a segunda colocação na tabela de classificação, isso porque, Pagenaud que vinha em segundo até o momento do acidente do carro #18 acabou perdendo diversas posições e terminou apenas da 13°  colocação.

Confira a classificação final do GP de Road America:

1. Will Power
2. Tony Kanaan
3. Graham Rahal
4. Ryan Hunter-Reay
5. Helio Castroneves
6. Charlie Kimball
7. Juan Pablo Montoya
8. Josef Newgarden
9. Spencer Pigot
10. Carlos Munoz
11. Jack Hawksworth
12. Marco Andretti
13. Simon Pagenaud
14. James Hinchcliffe
15. Alexander Rossi
16. Mikhail Aleshin
17. Takuma Sato
18. Sebastien Bourdais
19. Gabby Chaves
20. Max Chilton
21. Conor Daly  – não compeltou
22. Scott Dixon – não completou

Campeonato

Com o quinto lugar neste final de semana, Castroneves assumiu a segunda colocação da tabela com 301 pontos. Pagenaud ainda é o líder com 375, Power aparece em terceiro com 294. Dixon é o quarto com 285, Rahal o quinto com 283 e Kanaan o sexto com 280

A próxima etapa da Indy acontece no dia 10 de julho no oval de Iowa.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Rahal vence em Fontana. Kanaan é 2°.

Foto: Chris Jones/indycar.com

Foto: Chris Jones/indycar.com

Espetacular! É assim que podemos definir o GP de Fontana da Fórmula Indy deste sábado, 27. Na pole position Pagenaud que não conseguiu segurar Andretti que largou em terceiro e superou além do pole também Castroneves que estava em segundo.

A disputa foi emocionante nas primeiras voltas com Montoya, Castroneves e Kanaan lado a lado, Briscoe, Dixon e Carpenter seguiam próximos. Na primeira parada de boxes quase uma lambança na equipe Penske, mas todos saíram inteiros e a partir daí a disputa que já estava boa melhorou muito.

Diversos pilotos passaram pela liderança, com isso a categoria tem um novo recorde de trocar de pilotos no primeiro posto, foram 80 ao todo em Fontana e para azar de Castroneves que estava entre os primeiros foi o seu acidente que ocasionou a primeira bandeira amarela da disputa. Helio foi fechado por Rahal e acabou tocando em Briscoe, fim de corrida para o brasileiro.

A partir daí foi um festival de fechadas, Kanaan  quase bateu com Carpenter, que  mais tarde se acidentou com Newgarden. Os carros fizeram as suas paradas e a menos de 25 voltas para o final tudo em aberto com Power e Pagenaud disputando a liderança.

A disputa não parava quando Sato, Dixon e Power se envolvendo em um acidente, pior para o primeiro e o terceiro que foram para o muro. A direção de prova aplicou a bandeira vermelha e a essa altura, Rahal é o líder, quando houve a relargada muita disputa e ai aconteceu o acidente mais feio da disputa.

Hunter-Reay vinha no meio do pelotão e acabou sendo fechado, com isso o piloto acabou batendo em  Briscoe, carro preto e dourado (veja o vídeo abaixo) que decolou, um acidente impressionante e a partir daí não tinha mais acordo a vitória ficou mesmo com Graham Rahal, Tony Kanaan terminou em segundo e Marco Andretti fechou na terceira posição.

Confira a classificação final do GP de Fontana:

1° Graham Rahal Honda

2° Tony Kanaan Chevrolet

3° Marco Andretti Honda

4° Juan Pablo Montoya Chevrolet

5° Sage Karam (R)Chevrolet

6° Scott Dixon Chevrolet

7° James Jakes Honda

8° Charlie Kimball Chevrolet

9° Simon Pagenaud Chevrolet

10° Jack Hawksworth Honda

11° Stefano Coletti (R)Chevrolet

12° Carlos Munoz Honda

13 ° Pippa Mann Honda

14° Sebastien Bourdais Chevrolet

15° Ryan Briscoe Honda

16° Ryan Hunter-Reay Honda

17° Tristan Vautier Honda

18° Takuma Sato Honda

19° Will Power Chevrolet

20° Gabby Chaves (R)Honda

21° Josef Newgarden Chevrolet

22° Ed Carpenter Chevrolet

23° Helio Castroneves Chevrolet

Campeonato

Montoya terminou a disputa em quarto lugar e ampliou a vantagem sobre os adversário Power e Castroneves que abandonaram e Dixon que chegou atrás do colombiano, confira:

1° Juan Pablo Montoya 407 pontos

2° Will Power 361 pontos

3°Scott Dixon 358 pontos

4° Graham Rahal 334 pontos

5° Helio Castroneves 330 pontos

9° Tony Kanaan 285 pontos

A próxima etapa da Fórmula Indy acontece no dia 12 de julho no Wisconsin.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

 

Newgarden contra com parada no momento certo e vence no Canadá

Foto: Chris Jones/.indycar.com/Photos

Foto: Chris Jones/.indycar.com/Photos

O GP de Toronto no Canadá foi repleto de emoções. Josef Newgarden ficou com a vitória, a segunda do piloto do carro #67 na temporada com Luca Filippi na segunda colocação fazendo assima dobradinha inédita para a equipe CHF.

Na prova Power largou na frente e protagonizou uma bela batalha com Montoya. O colombiano, líder da temporada, tentou de qualquer jeito a ultrapassagem mas não a conseguiu. As voltas foram se passando e muitas batalhas foram acontecendo, Sato estava bem mas não tinha o mesmo rendimento dos ponteiros, Castroneves era veloz mas sofria ataques constantemente dos adversários.

Foto: Shawn Gritzmacher/.indycar.com/Photos

Foto: Shawn Gritzmacher/.indycar.com/Photos

Diversas bandeiras amarelas aconteceram e em umas delas Newgarden contou em estar no momento certo e na hora certa nos boxes, o que fez com que o americano assumisse a primeira colocação. Castroneves também acertou na estratégia e ficou um pouco mais na pista e voltou na segunda colocação mas não conseguiu segura Filippi e acabou ultrapassado.

No final Filippi até que buscou, mas sem o mesmo desempenho não conseguiu lutar pela vitória com Newgarden e ficou com o segundo posto, Castroneves ficou com o terceiro lugar enquanto Tony Kanaan ficou com o sexto posto.

Confira a classificação final do GP de Toronto:

.indycar.com/Photos

.indycar.com/Photos

1: Josef Newgarden (EUA/CFH)
2: Luca Filippi (ITA/CFH)
3: Helio Castroneves (BRA/Penske)
4: Will Power (AUS/Penske)
5: Sébastien Bourdais (FRA/KV)
6: Tony Kanaan (BRA/Ganassi)
7: Juan Pablo Montoya (COL/Penske)
8: Scott Dixon (NZL/Ganassi)
9: Graham Rahal (EUA/RLL)
10: Takuma Sato (JAP/Foyt)
11: Simon Pagenaud (FRA/Penske)
12: Conor Daly (EUA/Schmidt Peterson)
13: Marco Andretti (EUA/Andretti)
14: Jack Hawksworth (ING/Foyt)
15: Gabby Chaves (COL/Bryan Herta)
16: Sebastián Saavedra (COL/Ganassi)
17: Tristan Vautier (FRA/Dale Coyne)
18: Rodolfo González (VEN/Dale Coyne)
19: Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti)
20: Charlie Kimball (EUA/Ganassi)
21: James Jakes (ING/Schmidt Peterson)

Não completaram

Carlos Muñoz (COL/Andretti)
Stefano Coletti (MCO/KV)

Campeonato

A disputa segue forte e com Montoya marcando menos pontos que os adversários neste final de semana a disputa ficou mais aberta, confira:

1° Juan Pablo Montoya 374 pontos

2° Will Power 347 pontos

3° Scott Dixon 329 pontos

4° Helio Castroneves 322 pontos

9° Tony Kanaan 244 pontos

A próxima etapa da categoria acontece no dia 27 de junho em Fontana.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan 

Dixon vence no Texas com Kanaan em 2° e Castroneves em 3°

Foto: Chris Jones / indycar.com/Photos

Foto: Chris Jones / indycar.com/Photos

A nona etapa da temporada 2015 da Fórmula Indy acontece no oval do Texas. Uma prova bem disputada que começou com Will Power e Juan Pablo Montoya lutando pela liderança.

Com muitas ultrapassagens a corrida foi ficando emocionante e com diversas trocas de líder. Kanaan, Dixon,. Montoya, Power, todos passaram pela ponta mas a vitória mesmo ficou co Scott Dixon que no final estava lutando mesmo pela vitória com Kanaan, eles são companheiros de equipe.

A equipe Penske que começou bem viu Helio Castroneves crescer no final da prova, mas não conseguir lutar efetivamente pela liderança. Dixon em primeiro, Kanaan em segundo, Castroneves em terceiro, Montoya em quarto e Andretti em quinto.

Confira a classificação final do GP do Texas:

1º Scott Dixon (NZL/Ganassi)
2º Tony Kanaan (BRA/Ganassi)
3º Helio Castroneves (BRA/Penske)
4º Juan Pablo Montoya (COL/Penske)
5º Marco Andretti (EUA/Andretti)
6º Carlos Munoz (COL/Andretti)
7º Charlie Kimball (EUA/Ganassi)
8º Ryan Briscoe (AUS/Schmidt Peterson)
9º James Jakes (ING/Schmidt Peterson)
10º Gabby Chaves (COL/Bryan Herta)
11º Simon Pagenaud (FRA/Penske)
12º Sage Karam (EUA/Ganassi)
13º Will Power (AUS/Penske)
14º Sebastien Bourdais (FRA/KV)
15º Graham Rahal (EUA/RLL)
16º Takuma Sato (JAP/Foyt)
17º Pippa Mann (ING/Dale Coyne)
18º Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti)
19º Stefano Coletti (MCO/KV)

Não completaram
Tristan Vautier (FRA/Dale Coyne)
Josef Newgarden (EUA/CFH)
Ed Carpenter (EUA/CFH)
Jack Hawksworth (ING/Foyt Enterprises)

Campeonato

A regularidade de Montoya faz com o piloto do carro #2 se mantenha na liderança do campeonato, confira os primeiros colocados:

1° Juan Pablo Montoya 348 pontos

Will Power 313 pontos

Scott Dixon 305 pontos

4° Helio Castroneves 286 pontos

9° Tony Kanaan 215 pontos

A próxima etapa da Fórmula Indy acontece em Toronto no Canadá, no dia 14 de junho.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Hinchcliffe vence na Indy. Castroneves é 2°

Foto: Joe Skibinski / indycar.com/Photos

Foto: Joe Skibinski / indycar.com/Photos

O GP da Louisiana da Fórmula Indy foi realizado no último domingo. Uma corrida que era repletas de expectativas por ser a estréia do circuito que não comportou a grande quantidade de água que caiu na região. Para se ter uma ideia o treino classificatório e o warm up foram cancelados devido  a grande quantidade de água.

Na corrida não foi diferente. Ao todo foram 47 de 75 voltas previstas, sendo que destas 47 apenas 18 com os pilotos liberados para correr, o restante todas sob bandeira amarela devido a acidentes. Muitos passaram pela liderança da prova, mas a vitória ficou com James Hinchcliffe #5 da equipe Schmidt Peterson, com o  brasileiro Helio Castroneves #3  da Penske em segundo lugar e James Jakes #7 da Schmidt Peterson na terceira posição.

Tony Kanaan #10 da Ganassi terminou a corrida na sexta colocação, Confira os 10 primeiros colocados do GP da Louisiana da Fórmula Indy:

1. James Hinchcliffe – Schmidt Peterson Motorsports, 47 voltas em 1h47min19s4896
2. Helio Castroneves – Team Penske
3. James Jakes – Schmidt Peterson Motorsports
4. Simona de Silvestro – Andretti Autosport
5. Juan Pablo Montoya – Team Penske
6. Tony Kanaan – Chip Ganassi Racing
7. Will Power – Team Penske
8. Graham Rahal – Rahal Letterman Lanigan
9. Josef Newgarden – CFH Racing
10. Luca Filippi – CFH Racing

Campeonato

A tabela de classificação da Fórmula Indy após duas provas é a seguinte: em 1° Montoya com 84 pontos, 2° Castroneves com 74 pontos, 3° Power com 70 pontos, 4° Hinchcliffe com 65 pontos, 5° Kanaan com 63 pontos e 6° Silvestro com 44 pontos.

A próxima etapa da categoria acontece no dia 19 de abril, o GP de Long Beach e a expectativa é para que tenhamos uma corrida completa e disputada.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Montoya vence etapa de abertura da Fórmula Indy 2015

Foto: John Cote / indycar.com

Foto: John Cote / indycar.com

Neste domingo foi disputada a primeira etapa da temporada 2015 da Fórmula Indy em São Petersburgo. Na pole position Will Power, o atual campeão mostrou que continuava forte desde o final da temporada passada, mas tinha ao se lado os companheiros de equipe, o que fazia com que todos os ponteiros tivessem um pouco mais de cuidado na hora de largar.

Em uma disputa repleta de ultrapassagens, Montoya e Power sempre estiveram entre os primeiros colocados, os carros da Ganassi apareciam na metade do pelotão sempre com Kanaan em melhores condições e os da Andretti com o próprio Andretti que fez uma corrida burocrática.

Mais uma vez a estratégia e as paradas nos boxes foram essenciais para definir o vencedor, e nessa Montoya conseguiu fazer uma parada mais limpa que Power e Castroneves. O primeiro ainda conseguiu lutar pela vitória, mas o colombiano sempre arrojado não deixou barato e se manteve na frente.

No final da prova apesar de muita disputa interna, a equipe Penske mostrou toda a sua força para a temporada de 2015, afinal Montoya venceu, com Power em segundo, Kanaan em uma grande corrida ficou em terceiro, Castroneves o quarto e Pagenaud ficou com o quinto lugar. Apenas Kanaan com o carro da Ganassi entre os cinco primeiros, os outros quatro todos da equipe de Roger Penske.

Confira a classificação final do GP de São Petersburg:

Foto: Chris Jones / indycar.com

Foto: Chris Jones / indycar.com

1º) Juan Pablo Montoya – Penske – 2h16min58s107
2º) Will Power – Penske – 2h16min59s100
3º) Tony Kanaan – Chip Ganassi – 2h17min09s276
4º) Helio Castroneves – Penske – 2h17min09s545
5º) Simon Pagenaud – Penske – 2h17min10s498
6º) Sebastien Bourdais – KV Racing – 2h17min14s600
7º) Ryan Hunter-Reay – Andretti Autosport – 2h17min25s818
8º) Jack Hawksworth – AJ Foyt – 2h17min33s028
9º) Luca Filippi – CFH Racing – 2h17min36s264
10º) Marco Andretti – Andretti Autosport – 2h17min36s798
11º) Graham Rahal – Rahal Letterman Lenigan Racing – 2h17min38s497
12º) Josef Newgarden – CFH Racing – 2h17min49s878
13º) Takuma Sato – AJ Foyt – 2h17min50s376
14º) Carlos Muñoz – Andretti Autosport – 2h17min54s828
15º) Scott Dixon – Chip Ganassi – 2h17min57s769
16º) James Hinchcliffe – Schmidt Peterson – 2h18min00s566
17º) Gabby Chaves – Bryan Herta Autosport – 2h18min01s174
18º) Simona de Silvestro – Andretti Autosport – 2h18min01s250
19º) Sage Karam – Chip Ganassi – 2h17min14s210
20º) Stefano Coletti – KV Racing – 2h17min47s855
21º) Charlie Kimball – Chip Ganassi – 2h18min05s817
22º) James Jakes – Schmidt Peterson – 2h17min18s930
23º) Francesco Dracone – Dale Coyne Racing – abandonou
24º) Carlos Huertas – Dale Coyne Racing – abandonou

A próxima etapa da Fórmula Indy acontece no dia 12 de abril na Louisiana e esperamos vem mais uma grande disputa pela vitória em uma das categorias mais equilibradas do automobilismo mundial.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Brasileiro larga na pole position nas 24 Horas de Daytona

Foto: reprodução / twitter.com

Foto: reprodução / twitter.com

Neste final de semana acontece a disputa das 24 Horas de Daytona nos Estados Unidos. A pole positon ficou com o Honda/Ligier #60 da equipe formada pelo brasileiro Oswaldo Negri, John Pew, AJ Allmendinger e Matt McMurry. Negri anotou o tempo de 1:39:194 e garantiu a primeira posição para a equipe que já vinha dominando os últimos treinos livres.

Na segunda posição o Ford #2 da equipe Ganassi do brasileiro Tony Kanaan, Scott Dixon, Tony Kanaan, Jamie McMurray e Kyle Larson, Dixon foi que marcou o tempo de 1:39:302 e ficou apenas à 0.108 de segundo atrás  da pole, na terceira posição o outro carro da Ganassi da equipe formada por Scott Dixon, Tony Kanaan, Jamie McMurray e Kyle Larson com o tempo de 1:39:309, ficando a apenas 0.115 de segundo atrás do primeiro posto com o Ford #1.

Os atuais vencedores das 24 Horas de Daytona, João Barbosa, Christian Fittipaldi e Sébastien Bourdais com o Corvette #5 largam na quarta colocação. Entre os brasileiros a equipe de Barrichello que estará no BMW #7 partirá da oitava posição, a equipe de Bruno Junqueira com o Oreca #11 na 26° posição, a equipe de Augusto Farfus com o BMW #25 na 27° colocação e na 38° colocação a equipe formada por Daniel Serra, Chico Longo, Marcos Gomes e o italiano Andrea Bertolini com a Ferrari #64.

A largada para as 24 Horas de Dayton está marcada para às 17 horas da tarde, horário de Brasília, e esperamos um grande desempenho dos brasileiros na disputa.

Curta: http://www.facebook.com/templodoseportes

por: Matheus Furlan

Kanaan vence, Power é campeão com Castroneves em 14°

Na noite deste sábado foi disputada a última da temporada 2014 da Fórmula Indy, as 500 milhas de Fontana. A pole position foi de Helio Castroneves que estava brigando pelo título, mas na largada o brasileiro teve muito trabalho com o companheiro de equipe, o colombiano Juan Pablo Montoya. No final do pelotão, tomando muita cautela, Will Power favorito a conquista da taça fez uma largada de lenta mas com um carro melhor que muitos adversários a frente não demorou muito para começar a fazer ultrapassagens.

Foto: IndyCar / grandepremio.com.br

Foto: IndyCar / grandepremio.com.br

A corrida em certos pontos ficou monótona com poucas ultrapassagens mas a liderança da disputa passou por vários pilotos. Castroneves #3, Montoya #2, Hunter-Reay #28, Kanaan #10, até mesmo Power #12 que largou no final do grid fez uma estratégia bem eficaz e chegou a liderar, a essa altura a disputa pelo título estava muito aberta e tudo poderia acontecer, como aconteceu com Pagenaud #77 que acabou tocando o muro e indo para os pits.

As voltas foram se passando e por alguns instantes Castroneves e Power brigaram por posições no Top 5, e na liderança o brasileiro Tony Kanaan que viu Hunter-Reay  rodar sozinho e sair do traçado após uma boa disputa entre os dois. Castroneves adiantou sua parada nos boxes (aquela altura era a quarta vez) e a equipe foi bem, mas o piloto do carro #3 acabou passando encima da faixa branca na entrada dos boxes e acabou penalizado, caindo assim para o pelotão intermediário de onde não saiu mais e chegou a corrida na 14° colocação. Com Castroneves fora das primeiras colocações, Power diminuiu o ritmo, perdeu algumas posições mas terminou a prova na 9° colocação.

 

O vencedor da última disputa do ano foi o brasileiro Tony Kanaan #10, sua primeira vitória com a equipe Ganassi, em segundo lugar seu companheiro de equipe, Scott Dixon #9 e na terceira posição Ed Carpenter #20 fechou o pódio. Confira a classificação final das 500 milhas de Fontana:

Foto: LAT / grandepremio.com.br

Foto: LAT / grandepremio.com.br

1 – Tony Kanaan

2 – Scott Dixon 

3 – Ed Carpenter             

4 – Juan Pablo Montoya

5 – James Hinchcliffe

6 -Takuma Sato

7 – Ryan Briscoe

8 -Carlos Munoz

9 -Will Power

10- Josef Newgarden

11 – Marco Andretti

12 – Charlie Kimball

13 – Justin Wilson

14 – Helio Castroneves 

15 -Jack Hawksworth

16 – Ryan Hunter-Reay

17 – Sebastian Saavedra

18 – Sebastien Bourdais

19 – Graham Rahal

20 – Simon Pagenaud

21 – Carlos Huertas

22 – Mikhail Aleshin

Foto: grandepremio.com.br

Foto: grandepremio.com.br

Campeonato

O favorito ao título, Will Power ficou com o mesmo desta vez, após tem uma grande maré de azar após chegar outras três vezes em primeiro na tabela e perder o campeonato na última prova, o australiano levantou o caneco pela primeira vez na carreia ao somar 671 pontos. O brasileiro Helio Castroneves amarga mais uma vez o vice-campeonato, pela quarta vez na carreira, ele somou 609 pontos, na terceira posição no campeonato ficou Scott Dixon com 604 pontos. Tony Kanaan que foi bem regular na segunda metade da temporada fechou esta edição da Indy na sétima colocação na tabela com 544 pontos conquistados.

Agora a categoria entra de férias e voltas as pistas apenas em 2015 e tudo leva a crer com muitas mudanças no calendário.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Power vence Milwaukee e abre vantagem no campeonato

No último final de semana foi disputada a etapa de Milwaukee da Fórmula Indy. A pole position foi de Will Power #12 que com um carro bem acertado não deu chances aos adversários e conquistou mais uma vitória na temporada 2014 da categoria. O brasileiro Tony Kanaan #10 que largou na segunda colocação fez uma boa corrida e fechou a disputa na terceira posição, em segundo lugar ficou o colombiano Juan Pablo Montoya #2.

 

O outro brasileiro na disputa, inclusive do título, Helio Castroneves #3, não foi nada bem, depois de largar apenas na oitava colocação não conseguiu ter o mesmo rendimento que seus companheiros de equipe, Power e Montoya, e acabou terminando a corrida apenas em 11° lugar.

Confira a classificação final do GP de Milwaukee:

Foto: AAP / sbs.com.au

Foto: AAP / sbs.com.au

1. Will Power (AUS)
2. Juan Pablo Montoya (COL)
3. Tony Kanaan (BRA)
4. Scott Dixon (NZL)
5. Josef Newgarden (EUA)
6. Ryan Briscoe (AUS)
7. Simon Pagenaud (FRA)
8. Mikhail Aleshin (RUS)
9. Ed Carpenter (EUA)
10. Jack Hawksworth (ING)
11. Hélio Castroneves (BRA)
12. Sébastien Bourdais (FRA)
13. Marco Andretti (EUA)
14. Graham Rahal (EUA)
15. Takuma Sato (JAP)
16. Charlie Kimball (EUA)
17. Justin Wilson (ING)
18. Sebastián Saavedra (COL)
19. James Hinchcliffe (CAN)
20. Carlos Huertas (COL)
21. Ryan Hunter-Reay (EUA) – Abandonou
22. Carlos Muñoz (COL) – Abandonou

Com a vitória Power abriu 39 pontos de vantagem para Helio Castroneves na disputa do campeonato, o que é agora é uma diferença significativa faltando apenas duas corridas para o término da temporada 2014 da Fórmula Indy. Apesar da distancia entre os dois na tabela de classificação e devido ao sistema de pontuação da categoria tem bem extenso, seis pilotos ainda podem conquistar o título da temporada, confira:

1° Will Power 602 pontos;

2° Helio Castroneves 563 pontos;

Simon Pagenaud 510 pontos;

Ryan Hunter-Reay 494 pontos;

Juan Pablo Montoya 488 pontos;

Scott Dixon 472 pontos;

7° Tony Kanaan 425 pontos;

A próxima corrida da categoria acontece no dia 24 de agosto, no circuito misto de  Sonoma, na Califórnia.

Curta: http://www.facebook.com/templodoesportes

por: Matheus Furlan