Sem dificuldades, Rosberg vence no Japão

rosberg

Foto: Reprodução/Facebook Mercedes AMG Petronas – oficial

O alemão largou vem e viu Hamilton partir mal e ser engolido pelo pelotão. Max Verstappen que está em uma crescente espetacular dominou osegundo posto e não o deixou, mesmo quando no final da disputa, depois que Hamilton escalou o pelotão novamente chegou no jovem holandês para brigar pelo segundo lugar. Por falar em Hamilton, com um carro bem mais acertado que os demais, o inglês fez uma prova de recuperação e fechou a disputa em terceiro

A parte intermediária também teve alguns bons momentos. A Ferrari bem que tentou mas nada de acompanhar as Mercedes e a RBR de Verstappen, a Williams mais uma vez pecou na estratégia. A ideia inicial rea de fazer apenas uma parada, mas com o desgaste excessivo dos compostos, Massa e Bottas foram obrigados a fazer mais uma parada nos pits e terminaram a disputa em nono e décimo respectivamente, mais uma vez atrás da Force India que ficou em sétimo com Pérez e oitavo com Hulkenberg.

Felipe Nasr mais uma vez teve trabalho com a Sauber e terminou a disputa em 19° lugar. Situação complicada para o brasileiro que está as vésperas de decidir deu futuro na categoria. Confira como ficou a classificação final do GP do Japão:

1 – Nico Rosberg – Mercedes – 53 voltas
2 – Max Verstappen – Red Bull-Tag Heuer – +4.978s
3 – Lewis Hamilton – Mercedes – +5.776s
4 – Sebastian Vettel – Ferrari – +20.269s
5 – Kimi Raikkonen – Ferrari – +28.370s
6 – Daniel Ricciardo – Red Bull-Tag Heuer – +33.941s
7 – Sérgio Perez – Force India-Mercedes – +57.495s
8 – Nico Hulkenberg – Force India-Mercedes – +59.177s
9 – Felipe Massa – Williams-Mercedes – +1:37.763
10 – Valtteri Bottas – Williams-Mercedes – +1:38.323
11 – Romain Grosjean – Haas-Ferrari – +1:39.254
12 – Jolyon Palmer – Renault – +1 volta
13 – Daniil Kvyat – Toro Rosso-Ferrari – +1 volta
14 – Kevin Magnussen – Renault – +1 volta
15 – Marcus Ericsson – Sauber-Ferrari – +1 volta
16 – Fernando Alonso – McLaren-Honda – +1 volta
17 – Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso-Ferrari – +1 volta
18 – Jenson Button – McLaren-Honda – +1 volta
19 – Felipe Nasr – Sauber-Ferrari – +1 volta
20 – Esteban Gutierrez – Haas-Ferrari – +1 volta
21 – Esteban Ocon – Manor-Mercedes – +1 volta
22 – Pascal Wehrlein – Manor-Mercedes – +1 volta

Campeonato

Com os resultados deste final de semana, Nico Rosberg chegou a 313 pontos contra 280 de Lewis Hamilton. Agora são 33 tentos de vantagem para o alemão que está se aproximando de conquistar seu primeiro título na carreira. Felipe Massa subiu para o 10° lugar no Mundial de Pilotos com 43 pontos.

A próxima etapa da F1 acontece no dia 23 de outubro, nos Estados Unidos.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

Por Matheus Furlan

Anúncios

Hamilton vence no Japão

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1

A Fórmula 1 esteve no Japão no último final de semana para a realização da sua 14° etapa. A vitória ficou com Lewis Hamilton da Mercedes que largou no segundo posto  e assumiu a ponta ainda na largada quando deixou Nico Rosberg que partiu da posição de honra.

Hamilton liderou de ponta a ponta e conquistou a sua 41° vitória na carreira, igualando a Senna neste quesito. Nico Rosberg terminou no segundo posto após cair para o quarto lugar e fazer um bom trabalho de recuperação. Vettel ficou com o terceiro posto.

O final de semana não foi dos brasileiros. Felipe Massa partiu do quinto posto mas ainda na partida acabou se tocando com Daniel Ricciardo da RBR e ambos tiveram um pneu furado cada. A corrida dos dois foi de recuperação mas acabaram ficando para trás. Felipe Nasr andou bem, chegou a figurar entre os 10 primeiros mas abandou o  disputa nipônica.

Confira a classificação final do GP do Japão:

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1

Foto: facebook.com/MercedesAMGF1

1: Lewis Hamilton (ING/ Mercedes)
2: Nico Rosberg (ALE/ Mercedes)
3: Sebastian Vettel (ALE/ Ferrari)
4: Kimi Raikkonen (FIN/ Ferrari)
5: Valtteri Bottas (FIN/ Williams)
6: Nico Hulkenberg (ALE/ Force India)
7: Romain Grosjean (FRA/ Lotus)
8: Pastor Maldonado (VEN/ Lotus)
9: Max Verstappen (HOL/ Toro Rosso)
10: Carlos Sainz Jr. (ESP/ Toro Rosso)
11: Fernando Alonso (ESP/ McLaren)
12: Sergio Pérez (MEX/ Force India)
13: Daniil Kvyat (RUS/ Red Bull)
14: Marcus Ericsson (SUE/ Sauber)
15: Daniel Ricciardo (AUS/ Red Bull)
16: Jenson Button (ING/ McLaren)
17: Felipe Massa (BRA/ Williams)
18: Alexander Rossi (EUA/ Manor)
19: Will Stevens (ING/ Manor)

Não completou

Felipe Nasr (BRA/ Sauber)

Campeonato

A vitória voltou a deixar Hamilton com folga no campeonato agora o inglês soma 277 pontos contra 229 de Rosberg.

1° Lewis Hamilton 277 pontos

2° Nico Rosberg 229 pontos

3° Sebastian Vettel 218 pontos

6° Felipe Massa 97 pontos

13° Felipe Nasr 17 pontos

A próxima etapa da categoria acontece no dia 11 de outubro em Sochi na Rússia.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

 

Falece Jules Bianchi

Foto: mirror.co.uk

Foto: mirror.co.uk

Foram nove meses em coma e na madrugada de sábado, 18,  na França, noite de sexta feira, 17, no Brasil veio a triste noticia do falecimento do piloto de Fórmula 1, Jules Bianchi.

O jovem de 25 anos se acidentou na curva sete da volta 43 do GP de Suzuka na temporada passada. Bianchi perdeu o controle de sua Marussia e bateu em um trator de serviço que estava retirando o carro de Adrian Sutil de uma área de risco. O impacto foi muito forte, o francês passou por uma longa cirurgia, mas Bianchi sofreu uma lesão axonal difusa, que na maioria das vezes deixa o individuo em coma permanente.

O piloto que pertencia a escola da Ferrari, guiava pela Marussia para ganhar experiencia e foi transferido para a França algum tempo depois  onde seguiu o tratamento. O comunicado do falecimento veio através de uma nota da família:

Foto: Getty/express.co.uk

Foto: Getty/express.co.uk

“É com grande tristeza que os pais de Jules Bianchi, Philip e Christine, seu irmão Tom e sua
irmã Melanie, anunciam a morte de Jules, ocorrida ontem à noite no Hospital Universitário
Nice, na França, onde havia dado entrada após sofrer um acidente no circuito de Suzuka, no Grande Prêmio do Japão, em 5 de outubro de 2014”.

“Jules lutou até o fim, como sempre o fez, mas ontem sua batalha terminou”. “Sentimos uma tristeza imensa e indescritível. Queremos agradecer a equipe médica no Hospital Universitário de Nice, que o tratou com amor e dedicação.”

“Nós também queremos agradecer a equipe do Geral Centro Médico no Japão, que levou
e cuidou imediatamente de Jules após o acidente, bem como todos os outros médicos que
envolvidos na luta que ele travou nos últimos meses.”

“Gostaríamos também de agradecer aos colegas de Jules, seus amigos, seus fãs e todos aqueles que demonstraram seu afeto por ele durante este período. Isso nos deu a força para resistir nestes tempos terríveis. O ouvir, ler as suas inúmeras mensagens nos mostrou como Jules tinha despertado tanto carinho profundo com tantas pessoas ao redor do mundo.”

“Nós pedimos que respeitem nossa privacidade durante este momento muito difícil, durante o qual
tentamos enfrentar a perda de Jules.”

 

Foto: foxsports.com

Foto: foxsports.com

Jules Bianchi nasceu em 3 de agosto de 1989, 25 anos, em Nice na França. Realizou 34 corridas na F1 tendo como melhor resultado um nono lugar na disputa do GP de Mônaco de 2014, conquistando assim dois pontos, os únicos dois pontos da histórias da equipe Marussia. Bianchi foi campeão da Fórmula Renault 2.0 francesa em 2007. Foi campeão da Fórmula Europeia em 2009 conquistando nove vitórias e venceu o Desafio das Estrelas de Kart em 2013 que é realizado em Santa Catarina.

O falecimento de Bianchi é o primeiro na Fórmula 1 após aquele tenebroso final de semana em Imola na Itália na temporada de 194,  onde perdemos Ayrton Senna e o austríaco Roland Ratzenberger.

Um piloto que tinha um  grande futuro no automobilismo mundial. Fica aqui nossos sentimentos a amigos, fãs e familiares.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Bianchi tinha contrato com a Sauber

Foto: telegraph.co.uk

Foto: telegraph.co.uk

No último dia 5 de outubro, Jules Bianchi sofreu um sério acidente durante a realização do GP do Japão de F1, quando a sua Marussia colidiu contra um trator de serviço. O piloto francês entrou em coma, estado que permanece até os dias atuais em um hospital na França, onde segue em tratamento.

Seu pai, Philippe Bianchi quebrou o silêncio e falou ao jornal francês Nice-Martin. Ele disse que o filho esta em condições estáveis e e fala de uma tortura diária pela qual o jovem de 25 anos passa. Ainda firmou que o filho faz uma maratona todos os dias. Bianchi tem todas as funções corporais sendo realizadas sem a ajuda de aparelhos, mas o quando sairá da condição do coma é impossível dizer.

Mas de acordo com o empresário Colin Kolles que em entrevista a TV Servus, Bianchi teria assinado um contrato com a equipe Sauber para disputar a temporada de 2015 poucas horas antes de disputar o GP do Japão naquele mesmo dia. O empresário falou ainda mais, que a equipe suíça tinha contrato com diversos pilotos, além de Bianchi tinha Van der Garde, Sutil e Gutierrez sem contar que assinaria no mês seguinte com Nasr e Ericsson, atuais titulares da equipe.

Esperamos receber boas noticias sobre Jules Bianchi em breve. A próxima etapa da F1 acontece no próximo final de semana no Bahrein.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Bianchi segue inconsciente

Foto: f1team.leiaja.com

Foto: f1team.leiaja.com

Enquanto a Manor/Marussia segue fazendo de tudo para estar no grid da F1 em 2015, o francês Jules Bianchi segue com seus estado inalterado.

Com poucas informações, o ex-piloto da Marussia que se acidentou durante a disputa do GP do Japão de 2014 foi transferido do país oriental para  Centro Hospital Universitário de Nice, na França onde os seus pais mantem o maior sigilo possível.

Bianchi está fora do coma e respira sem a ajuda de aparelhos, mas esta inconsciente. O trabalho dos médicos é para que o corpo do francês não atrofie. Somente a partir do sexto mês após o acidente os médicos vão poder dizer realmente quais a chances de Bianchi se recuperar.

Estamos na torcida pela recuperação. Go #17.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan 

Bianchi segue em estado crítico

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

Depois de vários dias sem noticias sobre o estado de saúde do piloto da Marussia, Jules Bianchi #17, a família do francês emitiu um comunicado no meio desta semana. Neste resume-se que o quadro clinico de F1 que acidentou no Japão continua crítico mas esta estável.

Alguns rumores afirmaram que Bianchi poderia ser transferido para o Hospital de Grenóble na França onde Michael Schumacher ficou internado após seu grave acidente de esqui no final do ano passado, mas essa informação não foi confirmada e os parente do piloto confirmaram que ele permanece no Japão. Os familiares também agradecem o apoio dos fãs de todo o mundo.

Confira o comunicado:

“No próximo domingo serão completadas quatro semanas desde o acidente de Jules e ele permanece no Centro Geral de Mie, em Yokkaichi. Seu estado continua sendo classificado pelos médicos daqui como crítico, mas estável. Embora não tenhamos nenhuma informação nova para dar, nós reconhecemos que há um grande número de pessoas de todo o mundo apoiando Jules em sua luta. Devemos aos seus muitos fãs o reconhecimento ao envio contínuo de mensagens e o fornecimento de alguma informação, por mais breve que seja.

Jules, de fato, continua a lutar. Embora tenha havido alguns relatos sugestivos de planos de tratamento para Jules, nesse momento, a luta dele continuará em Yokkaichi. Estamos levando as coisas passo a passo.

Mais uma vez, gostaríamos de oferecer nossos sinceros agradecimentos pela paciência e compreensão demonstrada à nossa família nesse momento muito difícil. Estamos confortados por saber que Jules está recebendo o melhor cuidado possível, com os médicos permanecendo em constante contato com neurocirurgições da Universidade La Sapienza, de Roma, e o Professor Gerard Saillant, presidente da Comissão Médica da FIA.

Vamos fornecer uma nova atualização quando for apropriado. Enquanto isso, obrigado a todos que continuam a manter Jules nos pensamentos e orações”

A Fórmula 1 continua a disputa da temporada 2014 neste final de semana com o GP dos Estados Unidos em Austin.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Com 4 gols de Neymar, Brasil vence o Japão

Seleção Brasileira goleou o Japão, no começo da manhã de hoje, por 4 x 0, em um amistoso disputado em Singapura, contando com um verdadeiro show de Neymar, que fez os 4 gols do confronto. Nos tentos o atacante mostrou todo seu repertório, com direito a velocidade e oportunismo. E mais, o jogador chegou aos 40 gols pelo Brasil, sendo o 7° maior artilheiro ao lado de Rivelino e atrás de Pelé (95), Ronaldo (62), Romário (55), Bebeto (52), Zico (48) e Jairzinho (44). Neymar tem grande potencial para subir mais ainda neste ranking. Bom lembrar que o craque tem apenas 22 anos.

Para fazer uma grande partida, o camisa 10 e capitão contou com uma boa apresentação do time brasileiro. A zaga funcionou bem, assim como nos outros 3 amistosos, e o meio, ao lado do ataque, está criando boas chances à seleção de Dunga. Apesar disso, a dupla Willian e Oscar não deve continuar muito tempo unida como titular, porque Philippe Coutinho continua entrando muito bem nos jogos e sendo decisivo. Hoje, o camisa 10 do Liverpool entrou eno intervalo e com poucos minutos em campo deu um belíssimo passe para Neymar marcar seu segundo gol.

 

Outro atleta que vem se destacando na equipe é Diego Tardelli, que usa a camisa 9, mas não está atuando de centroavante fixo. O jogador do Atlético Mineiro continua se movimentando bem e está cada dia mais afiado com Neymar. A demonstração disso foi o primeiro gol brasileiro, no qual Tardelli saiu da área e deu um belo toque por trás da defesa japonesa, facilitando tudo para o atacante do Barcelona.

Foto: AFP / globoesporte.com

Foto: AFP / globoesporte.com

Na parte final do jogo, Dunga colocou Robinho e Kaká em campo, o que está sendo muito bom ao Brasil, por conta da experiência e liderança dos atletas dentro e fora de campo.

O fato é que o Brasil venceu muito bem, mas é fato que o time verde e amarelo tem a chamada “Neymardependência”, ou então, a dependência excessiva de Neymar. Se Dunga conseguir corrigir esse erro, a seleção ficará cada vez mais forte e será a grande favorita para conquistar a Copa América de 2015, no Chile.

Os próximos desafios do Brasil serão no mês de novembro, mais precisamente nos dias 12 e 18, contra Turquia e Áustria, respectivamente, ambos fora de casa. A próxima convocação do treinador brasileiro acontecerá no dia 23 deste mês, ou seja, na próxima quinta-feira.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Pai de Bianchi confira que estado de piloto é crítico, Marussia terá apenas um carro no GP da Rússia

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

O pai de Jules Biachi, Philippe Bianchi confirmou nesta sexta feira que o estado de saúde do piloto da Marussia é crítico. Bianchi que sofreu um grave acidente durante a realização do GP do Japão de F1, após colidir com um trator de serviço segue internado na UTI no Hospital Geral de Mie no Japão.

Segundo o pai do piloto eles esta lutando, “Jules está lutando como sempre fez. Da mesma forma como ele corre. Ele é forte”.

O estado de saúde de Bianchi que sofreu uma forte pancada na cabeça não é dos mais animadores, sendo que existem 90% de chances do piloto ficar em coma definitivamente e caso saia do coma, e esperamos que saía, ele pode ter grande sequelas.

Neste final de semana esta sendo realizado o GP da Rússia de F1, pela primeira vez na história e a equipe Marussia optou por colocar apenas um carro na pista em Sochi.

A equipe decidiu correr com apenas um modelo mesmo com a inscrição do piloto americano Alexander Rossi, mas os mecânicos da Marussia montaram o carro #17 de Bianchi e ele ficará o final de semana interior dentro da garagem, como se estivesse a espera de seu piloto. a equipe emitiu um comunicado a respeito da decisão:

Foto: Getty Images / globoesporte.globo.com

Foto: Getty Images / globoesporte.globo.com

” A Marussia correrá apenas com um carro durante o fim de semana de GP em Sochi por respeito ao piloto Jules Bianchi, que permanece em um hospital em Yokkaichi, Japão, em estado crítico, mas estável.

O time escreveu para os comissários desportivos para informá-los que desejavam retirar o seu segundo carro. Não obstante a presença em Sochi de Alexander Rossi, reserva oficial nomeado para o GP da Rússia, a equipe sente que, correr com um único carro – o número 4 de Max Chilton – é o curso apropriado em razão das circunstâncias difíceis do fim de semana.

Os mecânicos montaram o segundo carro, que está pronto para correr, e este permanecerá dentro da garagem durante todo o fim de semana. Em apoio a Jules e sua família, o time e os carros carregarão o familiar adesivo #JB17, para garantir que, apesar de Jules não estar conosco em Sochi neste fim de semana, de alguma forma ele estará correndo com a Marussia”.

Estamos todos torcendo pela recuperação do jovem piloto francês.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Estado de Bianchi é grave

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

Foto: formule1.blog.lemonde.fr

Na manhã desta terça feira, a equipe Marussia divulgou uma nota sobre o estado de saúde do piloto Jules Bianchi que sofreu um grave acidente da disputa do GP do Japão no último final de semana após colidir com um trator de serviço que estava retirando o carro de Adrin Sutil de Sauber a mais de 200km/h.

No comunicado, a família do francês agradece o apoio de todos ao redor do globo, mas afirmam que Bianchi teve uma grave lesão na região axonal difusa, que faz com que os a função dos neurônios fique desligada. O estado de saúde dele é critico.

Confira o comunicado oficial:

Um comunicado da família de Jules Bianchi

Yokkaichi, Japão
7 de outubro de 2014

O comunicado a seguir foi fornecido pela família de Jules Bianchi, em conjunto com o Centro Médico Geral Mie, e é distribuído em seu nome pela escuderia Marussia.

“Este é um momento muito difícil para nossa família, mas as mensagens de apoio e carinho por Jules vindas de todo o mundo têm sido uma fonte de grande conforto para nós. Nós gostaríamos de expressar nossos sinceros agradecimentos

Jules permanece na Unidade de Terapia Intensiva do Centro Médico Geral de Mie, em Yokkaichi. Ele sofreu uma lesão axonal difusa e está em uma condição crítica, mas estável. Os médicos do hospital estão providenciando o melhor tratamento e atenção e nós estamos gratos por tudo o que eles têm feito por Jules desde seu acidente.

Nós também estamos gratos com a presença do professor Gerard Saillant, presidente da Comissão Médica da FIA, e do professor Alessandro Frati, neurocirurgião da Universidade de Roma La Sapienza, que viajou ao Japão a pedido da Escuderia Ferrari. Eles chegaram ao hospital hoje e se encontraram com a equipe médica responsável pelo tratamento de Jules, de forma a serem totalmente informados de seu estado clínico para estarem aptos a aconselharem a família. Os professores Saillant e Frati reconhecem o excelente atendimento prestado pelo Hospital Geral de Mie e gostariam de agradecer aos seus colegas japoneses.

O hospital continuará a monitorar e tratar Jules, e mais atualizações médicas serão fornecidas quando adequado“.

Jules Bianchi tem 25 anos e esta internado na UTI do Hospital Universitário de Mie na cidade de Yokkaichi no Japão. Vamos continuar acompanhando e torcendo para a recuperação.

Siga nossa página no Twitter: https://twitter.com/esportetemplo

por: Matheus Furlan

Acidente de Jules Bianchi

O acidente de Jules Bianchi no GP do Japão de Fórmula 1 chamou a atenção de todos do mundo esportivo. A gravidade da situação após o piloto da Marussia bater em um trator de serviço é enorme ainda mais que o jovem francês de 25 anos teve que fazer uma cirurgia devido a uma grave lesão na cabeça

O caso é que nenhum vídeo havia sido apresentado com o momento do acidente até esta manhã, essas imagens foram feitas por torcedores que estavam próximos ao local da ocorrência, vejam as imagens, a batida acontece no minuto 1.10 do vídeo:

 

Jules Bianchi que faz parte da escola de pilotos da Ferrari segue em estado grave em um hospital no Japão, ele soma dois pontos do campeonato de F1, os dois primeiros pontos da equipe Marussia na história.

Vamos continuar torcendo pela recuperação do jovem piloto.

por: Matheus Furlan