Warriors faz a lição de casa e vence a primeira partida na final da NBA

Foto: sports.inquirer.net

Foto: sports.inquirer.net

Começou! Depois de alguns dias de descanso e preparação começou a ser disputada a final da temporada 2014/2015 da NBA. Jogando em casa por ter feito melhor campanha na temporada regular, o Golden State Warriors  ficou em maus lençóis no primeiro quarto quando o Cleveland Cavaliers comando por LeBron James conseguiu tomar conta do jogo e anotar 29 x 19, abrindo assim 10 pontos de vantagem no primeiro quarto.

No segundo quarto os donos da casa começaram a reagir e com um jogo mais concentrado conseguiram diminuir o placar  após anotar 29 x 22 e a diferença de 10 pontos ficou em apenas três a favor dos visitantes e olha que o Golden State chegou a passar na frente do placar com uma vantagem de cinco pontos.

O terceiro quarto iniciou com o placar marcando 51 x 48 a favor dos Cavs, e ai o equilíbrio passou a tomar conta do jogo. Cada ataque era uma cesta e bola a bola os minutos foram passando e o placar se mantinha na diferença de três pontos a favor do Cleveland, mas no final da disputa, o Golden State em uma grande roubada de bola conseguiu empatar a partida, 73 x 73 após marcar 25 x 22 no quarto.

A partida foi então para a parte final. Ai a emoção tomou conta, cestas, defesas e um show a parte da torcida do Golden State que incentivou a equipe desde o primeiro minuto de jogo, e o placar do quarto quarto foi de 25 x 25 fechando a partida em 98 x 98 no tempo normal e levando a mesma para a prorrogação.

No tempo extra o Golden State sobrou em quadra, não deu chances ao Cleveland que marcou apenas dois pontos enquanto os donos da casa marcaram 10 e a partida terminou em 108 x 100 a favor do Warriors.

O grande cestinha do jogo foi LeBron James #23 do Cavaliers com 44 pontos marcados enquanto Curry #30 do Warriors marcou 26 pontos.

A próxima partida da série acontece no dia 7 de junho e ainda com mando de quadra do Golden State.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Anúncios

Flamengo é (tetra) campeão do NBB 7

Foto: Fotojump/LNB/lnb.com.br

Foto: Fotojump/LNB/lnb.com.br

Quem segura? Depois de um inicio complicado, o Flamengo sagrou-se tetra campeão do NBB, conquistando o terceiro título de forma consecutiva. No último final de semana o Paschoalotto/Bauru não conseguiu segurar os cariocas que mesmo jogando fora de casa, em Marília,  dominaram a partida desde o inicio.

O primeiro quarto foi mágico para o Flamengo que marcou 25 x 11 e conquistou uma bela vantagem logo de cara, deixando os paulistas sem nenhum tipo de reação. A segunda parte do jogo foi mais equilibrada, mas com o Flamengo a frente no placar pela diferença mínima, 15 x 14 e indo para o intervalo com 15 pontos de vantagem.

O terceiro quarto foi quase uma reprise do primeiro, com o Flamengo jogando muito e o Bauru não acertando nada, o placar de 22 x 14 a favor dos cariocas fez com que a diferença de 15 fosse para 23 pontos no inicio do quarto quarto.

Foto: Fotojump/LNB/lnb.com.br

Foto: Fotojump/LNB/lnb.com.br

Na tentativa de buscar o placar o Bauru se impôs em quadra, enquanto o Flamengo passou a administrar mais a posse de bola. Mesmo com o placar de 28 x 15 no quarto final a favor dos paulistas, a partida terminou em 77 x 67 a favor dos cariocas que fecharam a série e 2 – 0 e conquistaram o título da temporada 2014/2015 do basquete nacional.

O cestinha da partida foi Day #31 do Bauru com 23 pontos enquanto no Falmengo, Laprovittola #7 com 19 pontos foi o destaque.

O Flamengo se consolida como maior vencedor do NBB com quatro conquistas enquanto o Brasília possui três títulos. O basquete nacional faz um descanso para voltar com muito mais emoção em breve.

Esperamos que a modalidade siga com o bom desempenho na organização e nas disputas dentro de quadra.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Golden State Warriors está na final da NBA

Foto: Reuters /  globoesporte.globo.com

Foto: Reuters / globoesporte.globo.com

Sob o comando de Curry, o Golden State Warriors está na final da NBA 2014/2015. A equipe fechou a série diante do Houston Rockets por 4 – 1 após vencer o quinto jogo da disputa na noite desta quarta feira, 27, por 104 x 90 e sagrou-se campeão da Conferência Oeste

O visitantes comandados por Harden começaram bem a partida, abriram uma boa vantagem nos minutos iniciais e venceram a primeira parte do jogo por 22 x 17. Vendo o impeto do Houston, o Golden State se mexeu em quadra e passou a frente no placar na metade do segundo quarto e a partir daí a disputa ficou bem próxima mas sempre com os donos da casa a frente no placar. O resultado de 35 x 24 para o Warriors na segunda parte deixou os donos da casa com seis pontos a frente.

Após o descanso, o equilíbrio ficou nítido, era cesta para um lado e cesta para o outro, mas graças a vantagem adquirida antes do intervalo, o Golden State ficou a frente no placar após empate em 22 x 22 no terceiro quarto.  O quarto decisivo começou e o Houston precisava ir para cima e virar o placar caso quisesse continuar vivo na disputa, mas o que se viu foi o Golden State se acertar em quadra e vencer a parte final do jogo por 30 x 22 e fechou a partida em 104 x 90.

O cestinha da partida foi Curry #30 com 26 pontos anotados para o Warriors, Howard #12 com 18 pontos e 16 rebotes foi o melhor jogador do Rockets.

Confira os resultados da final da Conferência Oeste:

Golden State Warriors  110 x 106 Houston Rockets
Golden State Warriors  99 x 98 Houston Rockets
Houston Rockets 80 x 115 Golden State Warriors
Houston Rockets 128 x 115 Golden State Warriors
Golden State Warriors 104 x 90 Houston Rockets

Agora Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors fazem a grande final da temporada 2014/2015 e a primeira partida da série final começa no dia 4 de junho, confira as datas:

Jogo 1: 04/06 – 22h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
Jogo 2: 07/06 – 21h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
Jogo 3: 09/06 – 22h – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors
Jogo 4: 11/06 – 22h – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors
Jogo 5*: 14/06 – 21h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
Jogo 6*: 16/06 – 22h – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors
Jogo 7*: 19/06 – 22h – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
*se necessário

Quem será campeão da NBA? Duas grande equipes, apenas um campeão.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Warriors e Cavaliers abrem 2 – 0 nas finais da NBA

Foto: kilambanews.com

Foto: kilambanews.com

Tanto o Golden State Warriors quanto o Cleveland Cavaliers largaram com uma boa vantagem nas finais das conferências na NBA.

Na quinta feira, 21, O Golden State Warriors recebeu o Houston Rockets na segunda partida da final da Conferência Oeste e a partida foi extremamente equilibrada com ambas as equipes  tomando a frente do placar. O primeiro quarto a equipe da casa mostrou força e marcou 36 x 28 abrindo assim oito pontos de vantagem, mas no segundo quarto foram os visitantes que ficaram a frente no placar, 27 x 19 devolvendo a diferença no placar, oito pontos.

Após o descanso as defesas entraram em cena e o Golden State com o comando de Curry venceram o terceiro quarto por 22 x 20. Com o placar em aberto a partida ficou emocionante, e o Warriors chegaram a abrir uma boa vantagem no placar, mas o Rockets buscou a reverter a vantagem e tiveram a oportunidade de virar o placar, mas Harden acabou por ficar bem marcado e não conseguiu fazer o arremesso, o placar final do quarto quarto foi de  23 x 22 para o Houston, mas a vitória ficou com o Golden State por 99 x 98.

Com 2 – 0 na série, a decisão muda de cidade e agora é o Houston que jogará diante de sua torcida na obrigação de fazer a lição de casa da mesma forma que o Warriors fez para se manter vivo na disputa do  título da Conferência Oeste.

A próxima partida acontece no sábado, dia 23 de maio.

Conferência Leste

Já nesta sexta feira, 22, o Cleveland conquistou a seu segunda vitória, mas diferentemente do Golden State, foram ambas fora de casa, ou seja, o Hawks está em uma situação complicadíssima. Já no primeiro quarto James e companhia já mostraram como seria a partida, o primeiro quarto terminou com o placar de 26 x 21 a favor dos visitantes e o segundo na tentativa de equilibrar o jogo o Hawks foi para cima, mas o empate no quarto imperou, 28 x 28.

Após o descanso novamente os Cavs se acertaram e aumentaram significativamente no placar após anotar 30 x 17. Com 18 pontos de vantagem, o Cavaliers se postou bem na defesa no último quarto e esperou o Atlanta que não conseguiu fazer o placar necessário  apesar da vitória por 16 x 10. O placar final ficou em 94 x 82 a favor do Cleveland Cavaliers que agora faz duas partidas em casa e caso vença as duas pode sagrar-se campeão do Leste.

Apesar de Warriors e Cavaliers estarem com uma bela vantagem, não dá para afirmar que ambos conquistaram o título das conferências, muita coisa ainda pode acontecer.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Bauru é o adversário do Flamengo na final do NBB 7

Foto: João Pires /  LNB / lnb.com.br

Foto: João Pires / LNB / lnb.com.br

Foi difícil, mas o Paschoalotto/Bauru está na final do NBB 7 e vai enfrentar o Flamengo na grande decisão. A quinta partida da série diante do Mogi das Cruzes/Helbor não foi nada fácil, mas com a ajuda da torcida, a tarefa ficou mais branda.

O primeiro quarto foi de muito estudo e equilíbrio e que terminou com a vitória mo Mogi por 17 x 15. O segundo quarto foi bem mais solto e desta forma o Bauru sobre se aproveitar das vantagens e conseguiu anotar 19 x 11 e foi para o intervalo com uma dianteira de cinco pontos.

Após o descanso, nova fase de estudo no terceiro quarto, as defesas se mostraram sólidas e os donos da casa saíram com a vitória por 16 x 15. Com tudo para ser definido no quarto quarto, o Mogi das Cruzes precisou ir para cima do adversário, acabou dando brechas na defesa e com qualidade, o Bauru soube se aproveitar disso e conseguiu anotar 27 x 22 e fechou a partida em 77 x 65 finalizando a série em 3 – 2 e conquistando a vaga na final da competição nacional.

O cestinha da partida foi Fischer #5 do Bauru com 20 pontos anotados enquanto no Mogi das Cruzes o destaque ficou por conta de Prestes #15 com 14 pontos.

Flamengo e Bauru terão três duelos para mostrar qual é a melhor equipe do basquete nacional, confira locais e datas das partidas:

Jogo 1 – 26/05 (terça-feira), às 21h30 – HSBC Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Jogo 2 – 30/05 (sábado), às 10 horas – Ginásio Neusa Galetti, em Marília (SP)
Jogo 3* – 06/06 (sábado), às 10 horas – Ginásio Neusa Galetti, em Marília (SP)

*se necessário

Lembrando que a equipe que vencer duas partidas sagra-se campeão da temporada 2014/2015 do NBB.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Flamengo esta na final do NBB 7

Foto: Luiz Pires / LNB / lnb.com.br

Foto: Luiz Pires / LNB / lnb.com.br

O Flamengo está na final do NBB  7 após vencer o WInner/Limeira por 76 x 67 e fechar a série da semifinal em 3 – 0 . Jogando em casa o Flamengo começou bem a partida com o Limeira, o equilíbrio prevaleceu no primeiro quarto que terminou em 21 x 21, mas após a parte inicial os paulista se acertaram melhor em quadra e venceram o segundo quarto por 19 x 14.

Após o descanso e com cinco pontos de vantagem, o Limeira conseguiu segurar o Flamengo e venceu o terceiro quarto pela diferença mínima, 20 x 19, mas no quarto quarto tudo isso mudou. O Flamengo só não fez chover em quadra, sobrou e com 22 x 7na parte final, os cariocas venceram por 76 x 67 e se garantiram na terceira final consecutiva do NBB.

O cestinha da partida foi Meyinsse #55 com 17 pontos, Marcelinho #4 que foi ovacionado pela torcida saiu de quadra com 16 pontos.

Confira ops placares das partidas entre Flamengo e Limeira:

Limeira 78 x 85 Flamengo

Limeira 73 x 92 Flamengo

Flamengo 76 x 67 Limeira

O Flamengo espera agora o vencedor do duelo entre Bauru e Mogi das Cruzes, a série esta em 1 – 1 e o terceiro jogo acontece hoje, 15, em Mogi das Cruzes.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Brasil perde para a Colômbia e Argentina é campeão no Sub-20

Foto: Pablo Porciuncula / AFP /  ahebrasil.com.br

Foto: Pablo Porciuncula / AFP / ahebrasil.com.br

A participação do Brasil no Sul-americano Sub-20 ficou muito abaixo do esperado. Na última rodada do hexagonal final o Brasil acabou levando um vareio de bola da Colômbia que foi superior durante toda a partida e  ganhou o jogo por 3 x 0.

Depois de um primeiro tempo em branco, os colombianos abriram o placar aos 12 minutos da segunda etapa com Barrera que aproveitou a bola viva dentro da área brasileira e marcou, 1 x 0. O segundo gol saiu aos 28 minutos com Rodriguez que recebeu em profundidade e tocou entre as pernas do goleiro brasileiro, 2 x 0. Nos minutos finais da partida a defesa brasileira, já sem vontade e ânimo, não acompanhou o ataque colombiano, que com Rodriguez que recebeu novamente em profundidade e com a frieza tocou por cima do goleiro Marcos, Colômbia 3 x 0.

O Brasil terminou o Sul-americano Sub-20 na quarta colocação com a vaga para Mundial da categoria, vaga conquistada na rodada anterior e só estará presente nos Jogos Olímpicos pois é o pais sede, porque se fosse depender do desempenho da equipe para garantir a vaga teria ficado de fora dos Jogos.

Argentina é campeã

A decisão do título da competição estava na partida entre Uruguai x Argentina. Uma partida equilibrada, catimbada que teve o Uruguai inaugurando o placar com Gaston que se antecipou a defesa argentina e anotou, 1 x 0 aos oito minutos de jogo.

Apesar de estar sufocada com a torcida, a Argentina empatou a partida com Driussi ainda na primeira etapa após a bola sobrar e de primeira concluir para a meta, 1 x 1. No segundo tempo os argentinos foram superiores, tiveram a chance da virada logo no começo da partida mas a virada de verdade veio apenas aos 36 minutos com Angel Correa que driblou o defensor e deu números finais a partida, Argentina, campeã 2 x 1 Uruguai

.

Com a vitória da Argentina sobre o Uruguai e a da Colômbia sobre o Brasil, argentinos e colombianos se garantiram nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Confira os resultados da última rodada do Sul-americano Sub-20:

(6°) Paraguai 1 x 3 Peru (5°)

(4°) Brasil 0 x 3 Colômbia (2°)

(1°) Argentina 2 x 1 Uruguai (3°)

O Brasil tem que abrir os olhos pois o Mundial da categoria vai exigir muito mais dos jogadores brasileiros e pelo que se nota a seleção tem muito o que evoluir e desenvolver e não, mais uma vez, jogar apenas com nomes.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Austrália é campeã da Copa da Ásia

Foto: Getty Images / globoesporte.com

Foto: Getty Images / globoesporte.com

A Austrália venceu a Copa da Ásia 2015 ao bater a Coreia do Sul na prorrogação, pelo placar de 2 x 1, dando o troco no rival por conta da derrota na primeira fase do torneio. Mas espera. A Austrália não fica localizada na Oceania? Sim, geograficamente, porém na FIFA, os Socceroos fazem parte da Ásia, afinal tem um futebol extremamente superior ao seu continente original.

Os campeões ainda puderam comemorar muito com sua torcida, afinal a competição aconteceu na Austrália. A torcida explodiu, porque o título valeu muito mais do que uma taça, mas também a vaga para a Copa das Confederações de 2017.

Sobre a final, os australianos tiveram algumas oportunidades para abrirem o placar na primeira etapa e de fato fizeram 1 x 0 com Luongo, aos 44 minutos. O jogador recebeu um passe, girou e chutou sem dar chances ao goleiro rival.

Com o resultado favorável, os Socceroos diminuíram o ritmo na etapa final e quando a torcida já pensava em comemorar o título, Son Heung-Min recebeu a bola e encerrou a triangulação sul-coreana tirando a bola do goleiro Ryan.

A festa virou praticamente uma frustração, mas nada estava definidos. As equipes teriam de jogar mais 30 minutos para decidirem o campeão e quem levou a melhor foi o time da casa. Juric recebeu a bola do lado direito e tinha a presença de dois marcadores, mas soube se livrar muito bem ao dar uma caneta no adversário e cruzar, o goleiro rebateu e no rebote Troisi bateu para fazer  seu país comemorar na terceira vez que disputou a competição.

Agora a Austrália focará nas Eliminatórias para a Copa de 2018. Vale lembrar que o país disputará novamente a competição asiática.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Corinthians é campeão da Copa São Paulo 2015

Foto: placar.abril.com.br

Foto: placar.abril.com.br

O Corinthians alcançou seu 9º título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste domingo, ao vencer o Botafogo, de Ribeirão Preto, pelo placar de 1 x 0, com gol de Maycon, que contou com uma boa ajuda do goleiro Talles. A taça fez o Timão Sub-20 alcançar a Tríplice Coroa na temporada, com títulos no Paulista, no Brasileiro e na Copinha.

Sobre a final, a partida foi extremamente equilibrada. O Timão começou melhor, conseguindo impôr seu estilo de jogo, mas a equipe do Parque São Jorge sentiu muito as ausências de Matheus Cassini e Gustavo Tocantins. Com o passar do tempo o Bota foi se encaixando e equilibrou ainda mais o duelo.

O final do primeiro tempo marcava 0 x 0 no placar e a cada segundo que passava na etapa final, ficava claro que a partida seria decidida por uma jogada individual ou então uma falha do adversário. Infelizmente o que aconteceu foi uma falha do goleiro Talles, o melhor goleiro da competição, em um chute de Maycon.

O gol desequilibrou o time de Ribeirão Preto, que até conseguiu criar algumas oportunidades no final do jogo, mas tinha dificuldades na hora de finalizar, sorte do Corinthians, que voltou a vencer a Copinha após dois títulos do Santos.

Após a Copinha os jogadores ficam esperançosos para saber se subirão ao profissional, pelo menos para integrar o grupo. No Timão, um bom número deve ser integrado ao time de Tite, são eles Caíque França, Léo Príncipe, Rafael Augusto, Guilherme Arana, Marciel, Matheus Cassini, Gustavo Tocantins e Gabriel Vasconcelos.

Do outro lado, o trabalho do Botafogo será para manter os atletas, afinal quando um time de menor expressão no cenário nacional faz uma boa Copinha, os clubes grandes querem contratar os jogadores que fizeram a boa campanha. O trabalho será intenso, mas o Bota com certeza colherá frutos ainda maiores se mantiver os jogadores

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Final definida: Botafogo-SP x Coirinthians

 

Foto: Levi Bianco / Agência Estado / globoesporte.com

Foto: Levi Bianco / Agência Estado / globoesporte.com

A decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2015 foi conhecida após as semifinais disputadas nesta quinta-feira. Botafogo, de Ribeirão Preto, e Corinthians venceram Palmeiras e São Paulo, respectivamente, e garantiram as vagas pra grande decisão, que acontecerá no próximo domingo, às 10:45h, à princípio no Pacaembu. À princípio, porque o Timão poderá pedir à Federação Paulista de Futebol para o duelo acontecer em sua Arena, em Itaquera.

No primeiro duelo do dia, o Botafogo-SP mostrou toda a sua força ao bater o Palmeiras por 2 x 1. Depois de eliminar o xará Botafogo, o Fluminense e o Grêmio, os interioranos começaram o duelo contra o Verdão confiantes, tanto que abriram o placar aos 15 minutos da primeira etapa com Mayc, de cabeça.

O Palmeiras não esperava levar o gol tão cedo, por isso pareceu assustado por alguns minutos. O time da capital até atacou na primeira etapa, mas o Botafogo conseguiu segurar Gabriel Jesus e companhia.

Na segunda etapa, o Bota voltou a aprontar, contando com a fragilidade defensiva demonstrada pelo Verdão no duelo. Depois de um tiro de meta e de um cruzamento que fez a bola passar de um lado ao outro da área, Willian fez o segundo do time de Ribeirão, aos 7 do segundo tempo.

O gol, por um lado, fez bem ao Palmeiras, que teve que pressionar o rival, principalmente no final do duelo e com o garoto Jesus. Promessa da base alviverde, ele foi o jogador mais perigoso para a defesa interiorana, tanto que conseguiu diminuir o prejuízo aos 44. O gol incendiou o jogo e aumentou a pressão do Verdão, mas ninguém conseguiu mudar o resultado.

São Paulo 0 x 3 Corinthians 

Foto: Luciano Claudino / Agência Estado / globoesporte.com

Foto: Luciano Claudino / Agência Estado / globoesporte.com

Se o time de Ribeirão Preto tem apenas duas participações na decisão, o seu adversário é bem experiente, o Corinthians, que já chegou na final em 16 oportunidades e é o maior campeão da disputa com oito taças.

O Timão fez um clássico contra o São Paulo na semi, um jogo que prometia um nível altíssimo e grande disputa por ambas as partes. Raça, realmente não faltou, mas o futebol de Tricolor esteve em baixa no duelo.

Na primeira etapa o Timão foi muito bem, aproveitando as chances que criou. Aos 21 minutos, Matheus Vargas recebeu a bola, tirou do zagueiro rival e bateu no canto, sem dar chances ao goleiro Lucas. Pouco tempo depois, aos 31, Marciel cobrou uma falta rapidamente e Léo Príncipe apareceu bem, bateu cruzado, forte, no alto, mais uma vez indefensável para Lucas.

O placar de 2 x 0 já estava relativamente tranquilo para o Timão e melhorou mais ainda quando o São Paulo perdeu as oportunidade que criou no segundo tempo. Do outro lado, a pontaria do Timão seguiu afiada e Gabriel Vasconcelos, aos 26, marcou o terceiro do alvinegro, fechando a semifinal em 3 x 0.

A grande perda do Corinthians para a final ficou por conta de Matheus Cassini, que levou um cartão amarelo aos 17 minutos do primeiro tempo, após dar uma forte entrada em Luiz Araújo. Porém, o alvinegro tem uma equipe muito forte e capaz de vencer o bom time do Botafogo. Essa partida, aliás, promete ser bem equilibrada, porque são dois times que procuram o ataque e têm boas defesas. Um duelo, pelo menos no papel, muito interessante.

Lembrando que a grande final esta marcada para o próximo domingo, dia 25 de janeiro às 10:45 da manhã, a principio no Estádio do Pacaembu e a partida faz parte das comemorações do aniversário da capital paulistana.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan