500 Milhas de Indianapolis terá nome patrocinado pela primeira vez

Foto: indycar.com

Foto: indycar.com

Pela primeira vez na história as 500 Milhas de Indianapolis terá o seu nome patrocinado. Na maioria das etapas esse fato já é comum, mas na mais popular etapa do calendário da categoria, não. O fato de na temporada de 2016, a disputa chegar a sua 100° edição a empresa PennGrade Motor Oil entrou em acordo com a organização da Indy e de acordo com o jornal USA Today e o site Indy Star,  o contrato é de três anos e os valores giram próximo de 4,5 milhões de dólares.

A etapa a partir de agora se chama The Indianapolis 500 presented by PennGrade Motor Oil.

A empresa PennGrade Motor Oil pertence a D-A Lubricants que já patrocinou carros da categoria na década de 50 e na temporada passada teve sua marca associada a equipe de Bobby Rahal.

A 100° edição das 500 Milhas de Indianapolis está marcada para o dia 29 de maio.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Anúncios

Timão segue imbatível na Libertadores 2015

Foto: AP / globoesporte.globo.com

Foto: AP / globoesporte.globo.com

Nesta terça feira, 17, o Corinthians enfrentou o Danúbio do Uruguai pela terceira rodada da primeira fase da Copa Libertadores  da América 2015.

Jogando em uma estádio acanhado e diga-se de passagem nem um pouco digno de receber uma jogo de Libertadores, o Timão encontrou dificuldades no primeiro tempo para superar a forte marcação e a catimba uruguaia. Poucas oportunidades significativas foram criadas na primeira etapa, mais uma penalidade sofrida por Guerrero não marcada pela arbitragem gerou muita discussão.

O atacante corinthiano foi agarrado dentro da área uruguaia e a arbitragem mandou seguir para desespero do atacante, 0 x 0 no primeiro tempo.

No segundo tempo os donos da casa começaram a gostar mais da partida, mas aos 17 minutos boa jogada do Timão e Elias foi derrubado dentro da área, pênalti assinalado pela arbitragem, Renato Augusto foi para a cobrança e acabou chutando por cima do gol adversário.

O time se abateu, mas aos 24 minutos, Fagner cruzou da direita e de primeira Guerrero abriu o placar, 1 x 0 Corinthians. O Danúbio sentou o golpe, Renato Augusto também. Abatido pelo erro o meio campo deu lugar a Danilo e pouco tempo depois após cobrança de falta da esquerda efetuada por Jadson, Felipe de cabeça se adiantou a marcação e anotou Corinthians 2 x 0 aos 34 minutos.

O time uruguaio se lançou ao ataque pois a derrota significaria a eliminação precoce da equipe na competição,  mas não tinha mais jeito, mesmo o gol de Barreto aos 47 minutos de jogo após passar por vários defensores corinthianos  tirou a vitória do time brasileiro que segue 100% na competição Sul-americana.

O Corinthians chega a nove pontos em três jogos na competição e praticamente se encaminha na classificação enquanto o Danúbio acumula três derrotas em três jogos.

A próxima partida dos brasileiros na competição acontece no dia 1 de abril na capital paulista e o jogo será contra os próprios uruguaios.

A outra partida do grupo acontece nesta quarta feira, 18, entre São Paulo x San Lorenzo, no Morumbi. Ambas as equipes somam três pontos em dois jogos e uma vitória pode significar um grande avanço na classificação.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Phelps fica em segundo na sua volta as piscinas

foto crédito: AFP/gazetaesportiva.net

Foto crédito: AFP/gazetaesportiva.net

A lenda da natação Michael Phelps voltou as piscinas nesta semana no Grand Prix de Mesa no estado do Arizona, Estados Unidos. A expectativa é muito grande sobre o nadador, afinal ele conquistou nada mais nada menos que 22 medalhas olímpicas, sendo 18 de ouro.

Phelps que ficou quase dois anos aposentado voltou a competir na prova dos 100 metros borboleta, que é a sua especialidade, e ele foi muito bem nas eliminatórias se classificando com o melhor tempo, 52.84 segundos.

Na final Phelps foi ovacionado pela torcida na hora que seu nome foi anunciado pelo auto falante, e na hora da grande disputa Michael Phelps estava na raia 4 e ao seu lado, na raia 5, Ryan Lochte, o grande nadador dos Estados Unidos desde a aposentadoria de Michael.

Na final,  Lochte foi melhor e marcou o tempo de 51.93 conquistando o ouro, contra 52.13 de Phelps que ficou com a prata em seu retorno. O nadador falou sobre sua volta logo após a prova “Eu queria muito mesmo chegar às finais. Lochte e eu gostamos muito de competir um contra o outro. Não torcemos pelo outro na piscina, é claro, mas o legal é que deixamos toda a rivalidade lá dentro”. Veja a prova:

 

Um grande retorno de Phelps, que demonstra que não perdeu a não e nem o jeito para o esporte. Com treino ele vai dar trabalho, muito trabalho nas próximas competições.

Curta: http://www.facebook.com/templodosesportes

por: Matheus Furlan

Arthur Zanetti encerra temporada com mais um ouro

Foto: Ricardo Bufolin / CBG (esportes.terra.com.br)

Foto: Ricardo Bufolin / CBG (esportes.terra.com.br)

O ano de 2013 está marcado na vida de Arthur Zanetti. O brasileiro foi perfeito nas argolas, conquistou tudo o que competiu. Isso mesmo, 100% de aproveitamento.

A última competição do ano foi a Copa Toyota e mais uma vez Arthur conquistou o ouro, desta vez com 15.875 pontos. Na segunda colocação ficou o japonês Koji Yamamuro, com 15.625 e na terceira, o alemão Marcel Nguyen, com 15.375.

O brasileiro também competiu no solo, mas acabou na quarta colocação, há 275 pontos do pódio.

“Nas argolas, que era o mais importante, eu tirei 15.875. Ganhei e fiquei muito feliz com isso. A temporada foi pesada e eu sabia que seria difícil. Mas deu tudo certo e acabei o ano com 100% de aproveitamento nas argolas. Agora, quero minhas férias merecidas”, disse o ginasta verde e amarelo.

Agora Zanetti volta para São Paulo, onde receberá o prêmio de melhor ginasta e brigará ainda pelo de melhor atleta masculino do ano, em que depende da votação do público pela internet, no site do COB.

Este ano foi vitorioso e ele terá um descanso merecido no final, mas em janeiro ele já estará de volta aos treinos, visando os Jogos Sul-Americanos, em março, e o Mundial da China (por seleções), em agosto.

Bom lembrar que este ano foi de muita briga com o Flamengo e com a Confederação Brasileira do esporte, exigindo local de treinamento. Mesmo assim, ele superou as dificuldades e brilhou.

por: Rodrigo Bitar

adaptação: Matheus Furlan

Série B: no sufoco Palmeiras vence o Guará

foto fonte: dicasgratisnanet.blogspot.com

foto fonte: dicasgratisnanet.blogspot.com

Na última partida de suspensão do Verdão, os paulistas tiveram um adversário complicado pela frente em Londrina no Paraná. O Guaratinguetá que esta mo meio da tabela não tinha nada a perder e os visitantes foram os primeiros a levar perigo com Rodrigo de cabeça após cobrança de falta de Coelho. Logo depois foi a vez de Wendel cabeçar direto para fora.

O Verdão apareceu no jogo com Luiz Felipe que cobrou falta e obrigou o goleiro do time do interior fazer a defesa e dar rebote, que caiu no pé de Leandro, mas o atacante acabou mandando para fora. O Verdão continuou a levar perigo desta vez Mendieta acertou a trave após bola espirrada da cobrança de falta.  Até que veio o gol dos paulistas, Juninho cobrou falta da esquerda, André Luiz escorou e Vilson completou para as redes, 1 x 0 para o Palmeiras aos 44 minutos da etapa inicial.

 

No segundo tempo o jogo perdeu em emoção. O Guaratinguetá tentou sufocar o Palmeiras no ataque mas o time mandante soube se segurar e quase chegou ao segundo gols em dois chutes de Charles que passaram bem perto. Outro motivo que ocasionou na queda do rendimento do jogo foram as lesões de Coelho do Guaratinguetá e Márcio Araújo no Palmeiras, os treinadores tentaram com substituições mas nada adiantou. 1 x 0 para o  líder que chega aos 65 pontos enquanto o Guaratinguetá soma 35 pontos e esta em 13° lugar na classificação.

100° gol

Ainda sem saber se continuará no Palmeiras em 2014, Gilson Kleina vem fazendo um grande trabalho na equipe, e gol marcado diante do Guaratinguetá foi o 100° do time na temporada 2013. Uma grande marca, de uma equipe que foi muito contestada no inicio do ano e oscila demais em algumas partidas.

Foto: jovempan.uol.com.br

Foto: jovempan.uol.com.br

O autor do gol, o zagueiro Vilson afirmou que o mérito do gol é do treinador, “Fiquei feliz pela marca, porque é importante também ajudar o Palmeiras a fazer gols. É mérito de todo mundo e do Gilson, porque nós trabalhamos isso e ele bate nessa tecla com o André Luiz”.

A Série B teve mais duas partidas além deste Palmeiras 1 x 0 Guaratinguetá,

Joinville 0 x 0 Icasa

América-MG x 0 x 0 BOA Esporte

A disputa da segundona segue neste sábado:

às 16:20

Oeste x Sport

Avaí x Chapecoense

Ceará x Paraná

América-RN x Atlético-GO

às 21:00

São Caetano x Figueirense

Bragantino x ASA

Terça Feira, 15/10, às 19:30:

Paysandu x ABC

Deixe a sua opinião, teremos o maior prazer em responde-los.

por: Matheus Furlan